quarta-feira, 25 de junho de 2014

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALANDROAL

O Alandroalandia informa os munícipes Alandroalenses que se irá realizar uma REUNIÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL de Alandroal, na próxima sexta-feira.






José Narciso Marat Mendes, Presidente da Assembleia Municipal de Alandroal, faz público, que no próximo dia 27 de junho de 2014, pelas 20:30 horas, se realizará, no auditório do Edifício Sede da Câmara Municipal, uma Reunião da Assembleia Municipal de Alandroal, com a seguinte ordem do dia:

Período antes da Ordem do Dia, de acordo com o nº 1 do artigo 23º do Regimento da Assembleia Municipal de Alandroal. 

1. Apreciação da informação da Presidente da Câmara nos termos do disposto no artº 25º nº 2 al. c) do Regime Jurídico das Autarquias Locais. 

2. Apreciação da “Informação de Gestão”. 

3. Apreciação do Relatório Semestral do Plano de Saneamento Financeiro. 

4. Apreciação do Contrato de Prestação de Serviços de Cobrança de Débitos Diretos com a Caixa Geral de Depósitos. 

5. Ação desenvolvida pela” Oficina da Criança” no âmbito do Dia do Ambiente. 

6. Aprovação de alteração ao Mapa de Pessoal de 2014. 

7. Aprovação da Proposta de Recrutamento de Pessoal não Docente. 

8. Aprovação da proposta de “Assunção de Compromissos Plurianuais”, de acordo com a alínea c), do nº 1, do artº 6º, da Lei nº 8/2012, de 21 de Fevereiro. 

9. Aprovação da proposta de suspensão da vigência do Regulamento para atribuição de subsídios aos Organismos Associativos do Município de Alandroal. 

10. Aprovação da proposta de classificação como “sítio de interesse municipal” e fixação de uma “zona especial de proteção” do vale sagrado do Lucefecit. 

No final da sessão, de acordo com o artigo 25º do Regimento da Assembleia Municipal, haverá o período de “Intervenção do Público”. 

PARTICIPEM

16 comentários:

Anônimo disse...

Sr Administrador gostava de deixar aqui um assunto para discussão: estando a autarquia do Alandroal na falência é aceitável a mesma andar para cima e para baixo com os autocarros da autarquia a transportar os empregados da câmara de suas casas para o emprego?

Já nenhuma câmara faz isso, porque rasão esta continua a insistir em transportar os trabalhadores de uma forma gratuita para estes?

Anônimo disse...

e que tal ir fazer essa questao pessoalmente hoje na assembleia que é para isso que ela serve para o publico tambem intervir a questao é que so sabem falar aqui....a questao é que se a camara tira o transporte fica nos cornos do boi porque tirou o transporte atao mas voçes ou paga porque o que tem ou que nao tem oh povo que nao se contenta

Anônimo disse...

Vamos lá a ler nas entrelinhas.
Tirar os transportes aos trabalhadores.
Quem é que terá interesse em despoletar um assunto destes?
Penso que este comentário vem da própria Câmara.
Só pode ser.

Anônimo disse...

ou entao o do proprio do blog porque a camara discute na camara e na assembleia e que tal hoje irmos todos a assembleia viso que hoje é dia de folga do mundial e nao tem que ter desculpas

Anônimo disse...

hoje a maioria dos alandroalenses não se sente representado por ninguém na assembleia o que não dignifica aquele espaço nem o que lá se passa.

Anônimo disse...

Essa de transportar funcionários para o Emprego já devia ter ido á séculos! Ou melhor, nunca devia ter existido! Só no Alandroal, assim está ele como está. Eu trabalho em Évora e não tenho nem nunca tive um cêntimo pra gasolina e como eu milhares de cidadãos. Mal habituados..
Mas esta câmara tem muito dinheiro ainda. Pra se darem ao luxo e ainda falando de transportes de ir 1 autocarro com convidados e funcionários porque 1 deles foi concorrente ao Preço Certo.. Afinal á dinheiro, só não á pro que faz falta!

Anônimo disse...

Não se discute o imoortante só o acessório ... Não se discute o que realmente interessa para o concelho... Efetivamente as questões de fundo devem ser discutidas nos sitios próprios ... No local das decisões ... Infelizmente os 4 ultimos anos de governo muda esconderam os criticos os analistas os interessados na politica .. Ainda não nos libertámos deste diz que disse nem do anonimato ... Ainda temos medo de dar a cara porque ainda prevalece o "mudismo" no alandroal ...

Anônimo disse...

Eu tenho muita pena da camara coitadinha

dos trabalhadores não

Se alguns não têm dinheiro pro transporte que vão a pé.

Ou nem precisam de lá ir.
Há tantos que não fazem lá nada

Anônimo disse...

Os alandroalenses palpitam em tudo o que por aqui se posta. E os comentários são da mais diversa índole. O que só prova que a democracia está a funcionar.
Bem hajam!

Anônimo disse...

Pronto.
Eu sei que há gente que tem automóvel.
Mas eu não tenho.
Tenho é uma bicicleta e lá vou indo, vivendo na mesma.
Porque é que uns têm automóvel e outros não?
Eu entendo que quem tem automóvel não o devia ter.
Por uma questão de nivelamento, todos devíamos ter apenas uma bicicleta.
Todos deviam descer para a minha condição.
Eu trabalho longe de casa e vou de bicicleta.
Porque é que os outros são diferentes?
Isto é uma injustiça.
Nós não temos condições e nem direito a essa regalias.
Nós nascemos pobres e temos todo o direito de continuar a sê-lo.
Ou não será assim?
Ou há moralidade ou comem todos!
Este assunto precisa de ser bem discutido.
Mas, qual assunto?
Agora esqueci-me do que estávamos a tratar.
Ah! Parece-me que era qualquer coisa sobre transportes.
Áh pois. E quem não tem bicicleta que vá a pé. Ora essa!
Boa noite.

Anônimo disse...

Nós nascemos pobres e temos todo «o direito??? de continuar a sê-lo???».

Ler este lixo no décimo quarto ano do século vinte e um tem apenas uma leitura: INCONSCIÊNCIA...TOTAL.
Então não temos TODOS o direito de não ser pobres???
Porra...........

Agradecido ao Manel e a todos

Anônimo disse...

"INCONSCIÊNCIA...TOTAL."

Então a sua consciência não o deixa perceber que o comentário que escrevi é apenas uma sátira?...Que é ironia. Que foi a forma que escolhi para criticar as pessoas que não querem admitir que vários trabalhadores pobres que conheço, que ganham o ordenado mínimo ou perto disso, tenham direito ao transporte para o trabalho? E isto só porque não conseguem os mesmos direitos para si próprios…
Assim o amigo também é dos tais que não admite que os parceiros possuam “automóvel” e quer que eles voltem a usar a “bicicleta.”
Este é o caminho que temos à vista. Em vez de reivindicarem melhorias, os pobres colaboram e até acham bem a perda constante de direitos adquiridos de que já bem poucos desfrutam, e, isto só porque eles os não têm.
São assim alguns pobres uns para os outros.
O capitalismo adora isso.
Continuem e verão o resultado.
Sabe quantos anos eu tenho? Eu digo: 80 anos.
O amigo dirá: 80 anos?... Já está senil...
Engana-se! O amigo é que tem ainda muito que aprender, se for capaz!
Boa tarde.

Anônimo disse...

Há certas forças que vivem bem é com a pobreza...dos outros!!!!

Varandas disse...

Boa noite,

Já lá está o comentário da "Inconsciência Total". Eu li, tenho a certeza que o publiquei, só não sei porque não estava a aparecer! Esse e mais meia dúzia deles que também não estavam a aparecer, não me pergunte porquê porque eu não lhe sei explicar. Quanto à ironia eu percebi-a logo no 1º comentário (sublime), o leitor que respondeu é que não entendeu logo.

Os meus comentários são sempre assinados, garantidamente.

Cumprimentos, Rosinha.

Anônimo disse...

Ter "o direito de continuar a ser pobre?"

É elementarmente errada a afirmação, meu caro.

Veja-se só como CRESCEU o número de milionários...em tempo de crise...ÓBVIAMENTE.

Fiz-me entender?

Agradecido ao Manel e a todos

Anônimo disse...

"Ainda temos medo de dar a cara porque ainda prevalece o "mudismo" no alandroal ..." que foi a continuação do "nabalismo" em muitos aspectos. Assim é que está certo, não é?

Loading...