quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

De Lacóbriga até ao Castelo de Alandroal (Parte II)



Tal como ontem prometi, segue hoje a parte II da tese do João Cardoso Justa sobre a "Cidade de Endovélico". Pode ver aqui a 1ª parte: Cidade do Endovélico - Parte I

... Continuação,

Assim, para quem tem acompanhado esta problemática, porque a sente, porque tem consciência da sua importância patrimonial/turística, e sobretudo genética, fica o Verbo destes historiadores a latejar nas paredes do incompreensível. Como é possível, tudo este manancial de questões, não ter sido acautelado quando da elaboração de tão fatídico projecto? Como, e por quem, foram feitas as sondagens arqueológicas de tão sensíveis terrenos? Com que sentido de responsabilidade, o ex-Igespar aprova uma barbaridade destas (uma carta, eminentemente corporativa, atabalhoada, dirigida pessoalmente a mim, com o endereço de minha casa, e publicada no blogue Al Tejo, não apaga tanta incompetência (espero que o moderador deste blogue explique, onde o publicou e com o mesmo destaque, este gravíssimo abuso). 

 Contudo, e infelizmente, existem mais responsáveis, de uma distinta responsabilidade é certo, mas não menos gravosa, e até, mesmo mais obscura. Existe sempre uma profunda falta de verticalidade, de carácter, um bafo a coisa desleal, em quem, sabendo a verdade, a cala. Passo a explicar – Onde fui eu recolher os extractos dos textos destes historiadores? Nenhuma investigação fiz (ainda) obectivamente sobre o Castelo.

 Pois, para minha surpresa, todos esses escritos constam do livro “Castelo do Alandroal, VII Séculos”, uma feliz publicação da Junta de Freguesia do Alandroal!!!

 Assim, é pois possível, e justo, perguntar ao Sr. António João Fontes Coelho, a quem se deve esta publicação enquanto presidente da Junta, e um curioso desde há muito pelo fenómeno histórico, se mandou elaborar o referido livro, e não o leu???...   
Enquanto andei por estes blogs a falar sozinho (!), porque não se dignou escrever uma única palavra sobre a evidente antiguidade (muito anterior ao D. Dinis) do nosso castelo e nem uma única acção esboçou para impedir o crime que praticavam ao destruir as provas desta evidência?? É pois, também possível, e justo, perguntar ao Dr. Luís Fernando Camões Galhardas, que, segundo creio, coordena um conjunto de personalidades que estudam os forais do concelho, se não sabia da existência do Foral Afonsino (D. Afonso Henriques), o que apenas pode provar a pré existência de um castelo mouro ( não vejo que outro assunto mais interessante possa suscitar o estudo dos forais). Porque não escreveu, o Dr. Luís Fernando, uma única palavra, nem esboçou um só gesto enquanto destruíam provas absolutamente decisivas para os estudos que dizem efectuar??... É pois possível, sabendo-se que tudo isto está escrito no citado livro dos VII séculos do Castelo, e justo, perguntar ao Dr. Domingos Boieiro, que nele colaborou, se não tinha uma palavra, um gesto, para denunciar tal situação. 

Contudo, talvez não seja possível, saber que pensamentos correram pelo historiador António Rei, que os técnicos que acompanharam a obra trouxeram ao local, ao olhar o enorme rasgão que as máquinas abriram num dos pisos de tijoleira, possivelmente a antiga mesquita. O que sente um cientista, ao ver perante os próprios olhos a destruição do seu elemento de estudo? Certamente não sentiu o silêncio a que se remeteu. E o Dr. Fernando Branco, que também, segundo creio, faz parte dessas personalidades estudiosas dos forais, o que sentiu? Nada??...
 
Pois aqui têm o resultado da ignorância de uns, da incompetência de outros, e do silêncio de todos :
Màrmore!!! O arquitecto, segundo parece muito em moda, “espetou” com uma escadaria de mármore (!) nesta entrada (sob a qual se prolonga o antigo (ou antigos) cemitério. Se não existia arte pimba, aqui está um autêntico pioneiro.


Nesta esquina, por teimosia dos técnicos (alegando servir para datação da torre sineira que, se sabe exactamente, quando foi construída, ficou mais uma estela funerária que poderia figurar entre a colecção das raríssimas estelas que o Alandroal agora dispõe. Ficou cimentada!!
Sob esta vala e este chão estão dois pisos em tijoleira (um destruído), variadíssimas campas, fundações de construções indeterminadas e um largo e forte muro em xisto que nunca foi explicado.
Degrau, modernista também…

Janela exterior (virada para o antigo Hospital), “entaipada” com uma chapa de mármore!!!
 Nova entrada do Castelo. Mármore!! Sob uma placa de cimento estão sepulturas antiquíssimas, de tal forma que os ossos estavam petrificados!
Segundo me informaram, o Castelo vai ficar fechado com portas. Contudo, não pude confirmar tal informação.

Desta porta, onde o historiador diz: «Porta da vila que devia ser reabilitada criando uma circulação pelo caminho de ronda do cerco, presentemente interrompida na zona da antiga porta e barbacã.»
 
O sr. arquitecto fez isto:
Seguindo o seu “magnífico” sentido estético e “preocupação” histórica, “entaipou-a” também com uma grossa placa de mármore e degrauzitos a condizer…
Outros exemplos desta “requalificação” do Castelo aqui poderia documentar, mas, estes, parecem-me ser suficientes para demonstrar aquilo que, desde o início da obra, resultava óbvio – Não houve a mínima preocupação, a mais elementar pesquisa, quanto àquilo que deveria ser absolutamente prioritário ao intervir no interior de um castelo – a sua História!!! O arquitecto decorou-o a seu belo prazer (felizmente não se lembrou de forrar a torre) com uns laivos de mármore, os responsáveis da autarquia acharam “girissimo”, interessantíssimo, futurista, “chiquérrimo” mesmo, e o o ex Igespar (que há poucos anos, e muito bem, não deixava colocar uma única pedra de mármore nas casas circundantes) aprovou esta vanguardista “obra de arte” que espezinhou, tudo assim o leva a deduzir, milhares de anos de uma história que, para além da antiguidade desta terra, será fundamental aquando da verdadeira localização da mítica Lusitânia (Lusos do Anas – Lusos do Guadiana), mas disso falaremos mais tarde.

Assim, meu amigo Castelo, lamento informar-te que essa “treta” ética que tens cravada nas tuas pedras – “Quem de ti se fiares, não o enganes. Lealdade sobre todas as coisas.” – está ultrapassada, e tu, nem nos netos daqueles a que tantas vezes guardaste as vidas, podes confiar. Sabes, com isto do “desenvolvimento”, os valores são outros, e a tua mensagem, meu velho, essa sim, não passa de conversa fiada.

Abraço a Todos
João Cardoso Justa

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

XVIII LIGA FANTASTICA AL-SPORT 2012/13

Classificação da 17ª jornada da XVIII Liga Fantástica Al-sport ´12/13, que se disputou à 20ª jornada da Liga Zon-Sagres.


Agora habituei-me aos considerandos do Provedor Gomes, é um descanso! E ele até nem escreve mal e depois também é muito assertivo, então, cá vai:

Realizada que foi a jornada do fim de semana, os seus resultados e pontuações aos atletas, ditaram a queda do n/ comandante ROSINHA, para 2º. lugar, queda essa operada pela prestação do treinador também ROSINHA, mas MIGUEL!!! Por um se ganha e também por um se perde... 

No meu entender continua a descarada protecção a algumas pseudo estrelas da nossa liga... Nesta semana consideram jogador da Jornada o J. Martinez ( estrangeiro) do FCP, que marcou um golo, e mais um de penalti, tendo falhado outro à PANENKADA... Deram-lhe 11 pontos... Já o EDER - PORTUGUÊS DESDE PEQUENINO, marca dois golos, normais, o seu clube ganha um derbi, e toma lá 9 pontos e cala-te!!! Dá-se mais valor aos de fora...

Vamos ao que interessa, para alguns...
 
Pódio semanal:
 
1º. MIGUEL - 58 pts
2º. P. T. - 57 pts 
3º. JORGE - 57 pts. 

GERAL TOP TEN:

1º.- MIGUEL - 787 pts. 
2º.- ROSINHA - 786 pts. 
3º.- P. FAUSTINO -784 pts.
4º.- JEREMIAS - 745 pts
5º.- NUNO MENDES - 732 pts.
6º. - A. BASTOS - 731 pts. 
7º. - P. T. 730 PTS.
8º. - MANGUITO - 727 PTS. 
9º. - JORGE  MARTINS - 718 PTS 
10º. N. COELHO - 684  PTS.

De Lacóbriga até ao Castelo de Alandroal (Parte I)

O Alandroalense João Cardoso Justa tem vindo a fazer um estudo sobre os primórdios do Alandroal, defendendo que a mítica cidade de Lacóbriga "jaz" sobre a atual Vila do Alandroal. O seu primeiro estudo culminou na publicação de " A Cidade do Endovélico", que o Alandroalandia irá aqui publicar em tempo oportuno.

Agora o Alandroalandia vai publicar  o seguimento desse estudo e as implicações e efeitos colaterais das atuais obras do castelo no património histórico do Alandroal, segundo defende o João Cardoso Justa.

Por uma questão editorial, o estudo vai ser publicado em dias diferentes. Aviso desde já e porque o defensor desta tese está identificado, o leitor que queira fazer contraditório terá de o fazer identificado.

A Cidade do Endovélico
 
Lisboa/Janeiro/2013
Caros alandroalenses:
Após a resumida publicação (o suporte/blog assim o exigiu) do estudo a que procedi sob as remotas origens desta surpreendente caixa de segredos, que a Vila do Alandroal e a região envolvente escondem, e nela defendi que parte da mítica cidade de Lacóbriga jaz sob os seus alicerces, passei os três meses deste último Verão a pretender confirmar no terreno o que os documentos indiciavam. Desta diferente forma de ler, deste olhar pelas evidências que, em abundância, continuam a pejar os nossos solos, assim como das surpreendentes descobertas que deles emanaram, vos quero dar conta, pois são vocês, para que tenham perfeita consciência de quem sois (somos), os primeiros destinatários das matérias que investigo.
Numa fase posterior, pelo interesse documental/científico e, portanto, pelas possibilidades argumentativas que encerram, aqui divulgarei os documentos e as ideias que não me foi possível incluir na referida publicação.


Alandroal, 10 de Fevereiro de 2013 / duas e meia da “matina”.
Leio o texto anterior (delineação de intenções) sem saber como lá incluir a perturbação que hoje, ao visitar o Castelo (não havia qualquer placa de proibição, senhores polícias do ex-IGESPAR e seus colaboradores) se apoderou de mim. Tenho, desde que na infância “trambolhei” das suas muralhas, uma especial ligação com a “alma” destas pedras, e dói-me particularmente, como coisa física, o “sacrilégio” com que o estão a mutilar, a adulteração criminosa, a descaracterização do seu misterioso corpo e da fantástica história que pulsa, esperando pela sua verdade, sob os ancestrais alicerces. Assim, agora com outro distanciamento, sem a paixão da surpresa de tão brutal acto, e sobretudo, com outros elementos de análise, vejo-me obrigado (sem prejuízo dos objectivos que havia delineado) a voltar a esta triste página, escrita por gente sem um mínimo de cultura ou sensibilidade, que conspurca o livro da nossa verdadeira história e destrói o que devíamos preservar, tirando paralelamente, proveito da sua divulgação.
Desta vez (para que não se repitam as alegações à minha fértil imaginação), fá-lo-ei pelas palavras de outros, estes sim, historiadores encartados.
ANTÓNIO REI
“Os castelos entre o Odialuiciez e o Odiana (713-1298)”
« É possivel, no entanto, que no local onde ele se ergue (o Castelo do Alandroal) ou nas suas proximidades, tenham existido previamente outras construções, das quais terão sido aproveitados alguns materiais, para a edificação do actual castelo, e que apresentam características morfológicas que remetem, um para o período islâmico; e outos dois para o período visigótico.»
«Este castelo continuará a ser, seguramente, um manancial de informação por explorar, ao nível, por exemplo, das estruturas construídas e da metrologia das mesmas»
FRANCISCO SOUSA LOBO
“Alandroal, Terena e Juromenha : três sistemas defensivos.”
Castelo do Alandroal
«Chegou aos nossos dias em razoável estado de conservação depois do restauro a que foi sujeito há umas dezenas de anos. A relação com a envolvente, no entanto, muito alterada, pois a Lagoa que existia a sul do castelo» ( Lacobriga – Lago+Castelo) «foi enxuta com o andar dos séculos e aterrada há muitos anos. Era uma situação inédita em Portugal esta, do castelo protegido parcialmente por um obstáculo aquático. Tinha por certo grande beleza aquele local, cujo encanto chegou até hoje, mesmo tendo perdido o lago que se desenvolvia na fachada Sul. Como memória dessa água abundante, que constituía quase um oásis no coração do Alentejo, permanece a fonte da vila, belíssima construção do sec. XVIII »
MANUEL INÁCIO PESTANA
Reflexões históricas sobre a sua importância e antiguidade”
“Alandroal, terra antiga desde quando?”
«Estas palavras escritas na informação do prior Bento Ferrão Castelo Branco para as Memórias Paroquiais de 1758 que confirmam o que ainda hoje se pode dizer, ou seja, QUE HOUVE UM ANTIGO ALANDROAL, ANTIGO DO TEMPO DOS ROMANOS, BÁRBAROS (Visigóticos/Alanos) E MOUROS. POVOAÇÃO EXISTENTE E REGIÃO HABITADA POR POVOS ANTIGOS, CUJAS MARCAS AINDA PERDURAM…»
«Provada a sua antiguidade medieval pelas referências que ao seu termo territorial se fazem no foral de V. Viçosa de 1270, no de Èvoramonte de 1271, considerado mesmo em tempos de idêntica qualidade de municípios, instituído e consagrado por seus vizinhos moradores, ACREDITAMOS QUE AINDA MAIS REMOTOS VENHAM AS SUAS ORIGENS. A propósito de um primeiro foral – Afonsino talvez (D. Afonso Henriques) – Fazemos mais adiante algumas considerações para sustentar tal hipótese. Lembramos aqui, para reforço dessa antiguidade do concelho alandroalense, as palavras do autor do desenvolvido artigo publicado na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira cujas reflexões se nos afiguram muito judiciosas :  ……….  Alandroal, que existia já em 1270 como povoação, que tinha termo próprio, era certamente já um concelho (sem foral ou com foral que se perdeu – não importa) concelho com que partiram ou foram partir os de Vila Viçosa, Juromenha, Terena, não um reguengo, até pelo senhorio da Ordem de Calatrava. »
« No enunciado do foral manuelino pode ler-se – Foral da villa do allãndroal dado por el Rey dom affonso o primeiro…
«As pesquisas arqueológicas, que muito se deseja venham a efectuar, confirmarão a existência anterior neste lugar de outra ou de outras edificações, casas, templos, ou fortaleza. Peças incrustadas já referidas por António Rei são sinais destas suspeitas (recordamos que Túlio Espanca também já havia referido a existência de vestígios visigóticos). »

 Continua... 

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

POSTAGEM DEPORTIVA - RESULTADOS

  OS ACONTECIMENTOS DESPORTIVOS DO FIM DE SEMANA

- FUTEBOL
A. F. Évora

Divisão de Honra
Lavre 1 – Sporting de Viana 0
Perolivense 1 – Bencatelense 1
Arraiolense 0 – Oriola 4
Portel 2 – Borbense 1
Redondense 8 – Santiago Maior 0
Calipolense 3 – Escouralense 0
Estremoz 1 – Cabrela 0.
1ª Divisão
Alcaçovense 1 – Luso Morense 0
Canaviais 1 – S. Bartolomeu Outeiro 0
Aldeense 2 – S. Romão 1
Brotense 5– Santana do Campo 1
Arcoense 3 – Corval 1
Fazendas Cortiço 2 – Giesteira 1
Lusitano 4 – Valenças 1.

TAÇA INATEL
Alandroal United 0- Sabugueiro 2.
Graça do Divor 8 - Rosário 2.
FUTEBOL JUVENIL 
Distrital de Juniores
Rosário 0– Est.  Vendas Novas 2.
Distrital de Iniciados
Terena 0 – Juventude 11. 
Distrital Benjamins Fut 7
Terena 4 – Borbense 5.
Distrital Infantis Fut 7
Borbense 12 – Terena 1.

Alandroal - Actividades Para Fim-de-Semana

Com mais um fim-de-semana à porta, chega a altura de ficar a conhecer as actividades que irão tornar os seus dias de descanso mais agradáveis. Já hoje, pelas 21:30h, no Fórum Cultural de Alandroal, não pode perder a exibição do filme “Django”, que conta a história de um escravo (Django) que, depois de se conseguir libertar da escravatura, se dedica a caçar bandidos, na esperança de que esse caminho o leve a Broomhilda, a mulher amada que perdeu no comércio de escravos há muitos anos atrás. 

Já no sábado, dia 23, tem a oportunidade de assistir a mais um jogo da Equipa de futebol sénior de Alandroal, Alandroal United, que nesta jornada enfrenta a equipa do Sabugueiro. O encontro tem lugar no Complexo Desportivo de Alandroal, pelas 15:00 horas.  

Também no sábado, o Fórum Cultural de Alandroal recebe a apresentação do livro “Do Japão Para o Alentejo”, da autoria de Tiago Salgueiro, pelas 16:00 horas. A obra tem por base pesquisas feitas pelo autor sobre a visita da Embaixada Tenshö ao Alentejo, no século XVI. 

 Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

Alandroal Promove visita à “VIII Feria Ibérica Del Toro” Para População Sénior do Concelho numa Parceria com Olivença

A Câmara Municipal de Alandroal, em parceria com o Ayuntamiento de Olivenza, promove no próximo dia 1 de Março uma visita à “VIII Feria Ibérica Del Toro”, em Olivença, para todos os reformados e pensionistas do concelho e alunos da Escola Popular Túlio Espanca, onde poderão assistir a uma demonstração de toureio “à espanhola” com o aclamado toureiro “El Juli” e participar na visita à Feira.   
O Município de Alandroal disponibiliza transporte, nos locais habituais, a partir das 09:00 horas e Olivença oferece os bilhetes para a demonstração de toureio com “El Juli”. O almoço ficará a cargo dos participantes na visita, que poderão levar a sua merenda. 

As inscrições para esta actividade, já estão abertas. Os interessados em participar na visita deverão inscrever-se no Balcão Único de Alandroal e Santiago Maior ou nas Juntas de Freguesia da área de residência.

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

XVIII LIGA FANTASTICA AL-SPORT 2012/13

Classificação da 16ª jornada da XVIII Liga Fantástica Al-sport ´12/13, que se disputou à 19ª jornada da Liga Zon-Sagres.  
Mais uma semana da Liga Fantástica e os (não) considerandos do Provedor Gomes em baixo:
 
TINHA ALGUNS CONSIDERANDOS A FAZER, MORMENTE SOBRE A CONTINUAÇÃO DA PALHAÇADA NA LUZ, DOS 11 PONTOS AO LIMA,ETC. ETC.ETC., 
MAS NÃO TENHO TEMPO PARA PERDER COM ESSA GENTE!!!   COLINHO É O QUE É...
 
Pódio semanal:

1º. NUNO MENDES - 59 pts 
2º. LOCA - 55 pts.
3º. JEREMIAS 54 pts.
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º. ROSINHA - 732 pts. (Mas o Paulo Faustino está a morder-lhe os calcanhares...) 
2º. P. FAUSTINO- 731 pts.
3º. MIGUEL  - 729 pts.
4º. NUNO MENDES - 690 pts. (Alguém desligue a corrente a este rapazinho...)
5º. JEREMIAS - 689 pts. 
6º. A. BASTOS - 684 pts. 
7º. MANGUITO - 681 PTS. 
8º. P. T. 661 PTS. 
9º. JORGE  MARTINS - 633 PTS 
10º. LOCA - 629  PTS.


Eu hoje tenho tempo, mas não tenho paciência!
Rosinha.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALANDROAL

O Alandroalandia informa os munícipes Alandroalenses que se irá realizar uma REUNIÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL do Município de Alandroal, na próxima sexta-feira.

EDITAL
José Inácio Martins Ramalho, Presidente da Assembleia Municipal de Alandroal, faz público, de acordo com o estabelecido no n.º 3 do art.º 84.º da Lei n.º 169/99 de 18 de Setembro, na redacção dada pela Lei n.º 5-N2002 de 11 de Janeiro, que no próximo dia 22 de Fevereiro de 2013, pelas 20:30 horas, se realizará, no Edifício Sede da Câmara Municipal, uma reunião ordinária desta Assembleia Municipal, com a seguinte ordem do dia:

1. Apreciação da informação do Presidente da CMA acerca da actividade do Municipio, bem como da situação financeira do mesmo.

2. Protocolos de Delegação de Competências com as Juntas de Freguesia para o ano de 2013.

3. Organização dos Serviços Municipais - Regulamento da estrutura orgânica das unidades flexiveis do Município de Alandroal.

4. Candidatura ao Programa de Modernização Administrativa - AlentejoCentral@2015. Por se tratar de uma Sessão Ordinária, no final, haverá lugar à intervenção dos cidadãos.

INTERVENÇÃO DOS CIDADÃOS: Por se tratar de uma REUNIÃO ORDINÁRIA, findos os trabalhos, qualquer cidadão pode pedir esclarecimentos ou fazer qualquer outro tipo de intervenção, dentro das normas claro!


PARTICIPEM

Tiago Salgueiro faz apresentação multimédia do livro “Do Japão para o Alentejo" no Alandroal

No seguimento das ações de divulgação do livro “Do Japão para o Alentejo – A Embaixada Japonesa Tenshö em Vila Viçosa no ano de 1584”, e respondendo ao amável convite da Câmara Municipal de Alandroal, informo que estarei no Fórum Cultural Transfronteiriço desta localidade, no próximo dia 23 (sábado), pelas 16 horas.

Irei fazer uma apresentação multimédia sobre o conteúdo da obra e estarão disponíveis exemplares para venda.


Por: Tiago Salgueiro

Alandroal e Olivença Assinaram Convénio de Colaboração

Os municípios de Alandroal e Olivença querem estabelecer “pontes” sólidas para o desenvolvimento conjunto dos dois territórios vizinhos, separados apenas pelo rio Guadiana, hoje Albufeira de Alqueva. O protocolo agora estabelecido, que visa o desenvolvimento de projectos e actividades de interesse público comuns, foi assinado na presença de um conjunto alargado de empresários dos dois concelhos e incide sobre as áreas das actividades económicas e empresariais, da cultura, do turismo, de ambiente e da educação.

Com este acordo os dois municípios afirmam a sua vontade comum de criar sinergias de desenvolvimento e promoção conjunta dos seus territórios, ao abrigo dos acordos de cooperação estabelecidos entre Espanha e Portugal e na expectativa de ver os seus projectos financiados por fundos comunitários.

O presidente da câmara do Alandroal, João Grilo, afasta desta colaboração qualquer tipo de polémicas por questões históricas e afirma que “estamos no século XXI, integrados na União Europeia, num território com grandes potencialidades de desenvolvimento mas que tem sido sucessivamente esquecido pelo poder central, e que a nível local também sempre esteve fechado sobre si mesmo, e que está a sentir a crise como todo o país”.

O autarca afirma que, “neste contexto é inadmissível que não alarguemos horizontes, que não esgotemos possibilidades e que não o façamos em primeiro lugar com que está mesmo ao nosso lado e tem objectivos e propósitos idênticos”. Os empresários e as populações de ambos os concelhos não nos perdoariam se não estivéssemos empenhados neste propósito. E ainda bem que o estamos, porque os benefícios são para ambos os lados mas o Alandroal pode ter muito a ganhar com este processo que agora iniciamos.”

Um dos grandes objectivos imediatos é a criação de uma solução de travessia para pessoas e veículos entre Juromenha e Villareal, mas dos planos dos dois municípios fazem parte, por exemplo, a promoção turística conjunta dos dois territórios em Portugal e Espanha através de produtos turísticos específicos, a criação de eventos culturais realizados alternadamente nos dois concelhos e um programa de intercâmbios entre os agrupamentos de escolas e universidades seniores, entre outras iniciativas.

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Município de Alandroal atribui 39 Bolsas de Estudo

A Câmara Municipal de Alandroal aprovou recentemente a atribuição de 39 bolsas de estudo para o ano lectivo 2012/2013, a estudantes do concelho que frequentam o ensino superior. Esta medida, que representa um investimento superior a 26 mil euros por parte da autarquia, tem como principal objectivo ajudar a garantir a continuação dos estudos a alunos economicamente carenciados. 

Recorde-se que a atribuição das bolas de estudo, com o valor anual de 675€ por aluno, obedece ao Regulamento Municipal de Concessão de Bolsas de Estudo, que pode ser consultado no site da autarquia, em www.cm-alandroal.pt.

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

PESCA DESPORTIVA - A CAPTURA DE LUCIOPERCAS

A época "oficial" de pesca ainda não começou, mas alguns pescadores não dão descanso aos peixes!

É o caso do António Correia, que já por várias vezes demonstrou que está um degrau acima dos demais pescadores da zona. Isto no que diz respeito à captura de "carniceiros", que é o caso dos luciopercas.

O António conseguiu na semana passada três excelentes pescarias de luciopercas, num dia capturou dez, no dia seguinte conseguiu quinze e no Domingo de Carnaval tentou mais uma vez e conseguiu mais nove  com outro colega.

Segundo as suas informaçõe,s os peixes foram capturados na zona de Juromenha com iscos vivos (abletes).

Na foto abaixo podem ver os exemplares conseguidos no primeiro dia da sua pescaria e pelo que pude ver, à vista desarmada, dois ou três exemplares tinham cerca de 3kg. Os restantes eram mais pequenos, mas tudo peixes com um tamanho aceitável.

O António Correia ostentando a sua pescaria.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

POSTAGEM DESPORTIVA - RESULTADOS

 

  OS ACONTECIMENTOS DESPORTIVOS DO FIM DE SEMANA

- FUTEBOL
A. F. Évora
Divisão de Honra

Cabrela 0 – Sporting de Viana 1
Bencatelense 0 – Lavre 2
Oriola  5– Perolivense 0
Borbense 1 – Arraiolense 2
Santiago Maior 0 – Portel 5
Escouralense 3 – Redondense 1
Estremoz 2 – Calipolense 0.
1ª Divisão
Valenças 1 – Outeiro 2
Alcáçovas 0 – Canaviais 3
S. Romão 3 – Morense 2
Santana do Campo 1 – Aldeense 2
Corval 3 – Brotense 5
Giesteira 0 – Arcoense 3
Lusitano 1 – Fazendas do Cortiço 1
TAÇA INATEL
Cabeção 2 – Alandroal United 0
Rosário 4 – Monsaraz 2
FUTEBOL JUVENIL
Distrital Iniciados
G.D.S. António  2 – Terena 2. 
Distrital Benjamins Fut 7
Terena 0 – Redondense 3.
PARTICULAR

Mina do Bugalho 1 – S.António do Baldio 4


Alandroal - Actividades Para Fim-de-Semana

Com mais um fim-de-semana a chegar, é altura de ficar a conhecer algumas das actividades em que poderá participar nos seus dias de descanso. 

Amanhã, sábado, as actividades começam bem cedo, a partir das 07:30, com a 1ª Tradicional Matança do Porco, em Aldeia da Venda, junto à sede do Centro de Cultura e Recreio. Não perca a oportunidade de reviver uma importante tradição, como é a matança do porco, e participe nesta iniciativa aberta a toda a população. 

Já no domingo, às 17:00 horas, o Fórum Cultural de Alandroal recebe mais uma sessão de cinema, desta feita com a exibição do filme “Zambézia”, que conta a aventura de Kai, um jovem Falcão que abandona o pai para seguir o seu destino: tornar-se um Furacão, a elite de aves que protege a Zambézia. Participe!

 Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Município de Alandroal e Autoridade Tributária Promovem Sessão de Esclarecimento Sobre Novas Regras de Facturação

A Câmara Municipal de Alandroal, em colaboração com a Autoridade Tributária (AT)/Direcção de Finanças de Évora, vai promover uma sessão de esclarecimento sobre as novas regras de facturação. A iniciativa vai realizar-se no próximo dia 19 de Fevereiro, no auditório do edifício sede do Município de Alandroal, pelas 14:30 horas. 

 A sessão será conduzida por dois formadores do projecto “e-factura” da AT/Direcção de Finanças de Évora e destina-se a empresários, comerciantes e a todo o público em geral. Para além da apresentação do tema, do novo regime de bens em circulação e dos direitos e deveres dos agentes económicos os participantes terão, ainda, oportunidade para ver esclarecidas as suas dúvidas sobre os assuntos abordados.

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

XVIII LIGA FANTASTICA AL-SPORT 2012/13

Classificação da 15ª jornada da XVIII Liga Fantástica Al-sport ´12/13, que se disputou à 18ª jornada da Liga Zon-Sagres.  

Atenção: Tudo o que se diga deste paragrafo para baixo, é da responsabilidade do Provedor Gomes. Eu só acrescento um lembrete: Lembram-se das expulsões que o Javi Garcia ficou a dever à liga? Que as pague agora o Matic!
 
Terminada que foi a 18ª. jornada da LIGA ZON- 15ª. da LIGA FANTÁSTICA ALSPORT, as pontuações conseguidas pelos jogadores profissionais da nossa Liga, teve como consequência a pontuação mais baixa, (que eu me lembre...) da  nossa Liga Fantástica...

Uns míseros  367 pontos - conseguidos pelas 31 equipas da n/ Liga. 

( UM ÀPARTE - NÃO PERCEBO A CELEUMA À VOLTA DA EXPULSÃO DO CACETEIRO MATIC... !!!!
NÃO FEZ FALTA? SERÁ UM FACTO REAL!!!! 
MAS PELAS DEZENAS DE FALTAS QUE JÁ FEZ IMPUNEMENTE, ACHO QUE AINDA ESTÁ A DEVER ALGUMAS ( EXPULSÕES- E SE INJUSTAS AINDA MELHOR...) AO CAMPEONATO! 
BOM TRABALHO DO PEDRO PROENÇA! A GENTE QUANDO TEM QUE BATER DÁ O EXEMPLO NOS DE CASA!!!!!...

DUAS NOTAS DE REALCE: 

1ª.  A MINHA VITÓRIA SEMANAL, FRUTO DAS SUBSTITUIÇÕES OPERADAS, NOMEADAMENTE A ENTRADA DO GHILAZ - 12 PONTOS - ( FUTURO AVANÇADO DO MEU SPORTING ) E AINDA AO SERVIÇO DO MOREIRENSE, 

2ª. - A MINHA VITÓRIA SEMANAL ACONTECERIA MESMO SEM OS 12 PONTOS DO GHILAZ, UMA VEZ QUE TODAS AS OUTRAS EQUIPAS FORAM PONTUADAS ABAIXO DOS 20 PONTOS,QUE EU FARIA SEM A AJUDA DO REFERIDO AVANÇADO...... LÁ TIVE UMA VEZ A ESTRELINHA DA SORTE! 

EIS AGORA AS CLASSIFICAÇÕES: 

PÓDIO SEMANAL:
1º. - M. GOMES  - 32pts. 
2º. - JEREMIAS - 19 pts. 
3º. - A. BASTOS  - 19 pts. 


CLASSIFICAÇÃO GERAL - ( TOP TEN )

1º. - ROSINHA -  681 PTS. 
2º. - MIGUEL - 678 PTS. 
3º. - P. FAUSTINO - 678 PTS. 
4º. - JEREMIAS - 635 PTS
5º..- A. BASTOS - 633 pts. 
6º. - NUNO MENDES - 631PTS.
7º. - MANGUITO - 630 PTS. 
8º. - P. T. 623 PTS. 
9º..- JORGE  MARTINS - 614 PTS 
10º. - NUNO COELHO - 587  PTS. 

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Alandroal - Carnaval 2013

 Este ano por motivos de saúde de um familiar não pude acompanhar o Carnaval como habitualmente, mas ainda assim fica aqui um pequeno apontamento do que me foi permitido presenciar.

Na foto de cima, os elementos da Banda do Alandroal, que com mais outros grupos tradicionalmente formam uma fanfarra que anima as ruas do Alandroal e os cafés locais. Foto tirada no Domingo à tarde.

O ponto alto do Carnaval alandroalense foi mais uma vez as noites de "bailarico" no salão dos Bombeiros Voluntários de Alandroal e que mais uma vez foram abrilhantadas pela "Banda os 5 do Ritmo" de Alandroal.

Em baixo, a entrega dos prémios aos contemplados do concurso de máscaras, durante a "matiné" de 3ª feira de Carnaval.

Os prémios e premiados:

- SÁBADO DIA 9.02.2013

PRÉMIO MELHOR MÁSCARA INDIVIDUAL CRIANÇA - JOÃO PEDRO COELHO
João Pedro Coelho ao colo da mãe
 PRÉMIO MELHOR MÁSCARA INDIVIDUAL - MANUEL JOAQUIM CLARÉ
Manuel Joaquim Claré
PRÉMIO MELHOR MÁSCARA GRUPO - GRUPO DA LIDIA SERRA
Grupo da Lídia Serra
- DOMINGO DIA 11.02.2013

PRÉMIO MELHOR MÁSCARA INDIVIDUAL CRIANÇA - IARA ALDINO
Iara Aldino ao colo do pai
 PRÉMIO MELHOR MÁSCARA INDIVIDUAL - JORGE MARTINS
Jorge Martins
 PRÉMIO MELHOR MÁSCARA GRUPO - GRUPO LUÍS GUERRA
O grupo do Luís Guerra
Por ultimo um Agradecimento Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alandroal, pela colaboração das várias entidades e cidadão.


PATRIMÓNIO ALANDROALENSE CONTINUA A DESAPARECER!

Desta vez foi o sino da antiga cadeia que desapareceu. Eu quando me disseram, pensei que fosse brincadeira de Carnaval, tive que me deslocar  para testemunhar "in loco" se era verdade ou não, mas infelizmente era verdade, o campanário da antiga cadeia, junto ao castelo de Alandroal está vazio!

Segundo consegui apurar, o roubo aconteceu já na semana anterior à do Carnaval e pelo que se sabe, os larápios aproveitaram o facto do castelo se encontrar em obras e com isso os acessos ao seu  interior estar facilitado e foi pelo castelo que  entraram para o telhado do edifício da cadeia, tendo ainda danificado o telhado do mesmo.

Muito património alandroalense tem desaparecido ao longo de séculos, mas nos últimos anos o desaparecimentos e roubos têm sido com uma frequência inusual, foi o "escudo de armas dos Gançosos" na Rua João de Deus, foi a "pira de prata" da igreja, foram as estatuetas da "Fonte das 6 Bicas"... E agora o sino da cadeia. 

O campanário já sem o sino.


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

1ª Edição do Programa de Ocupação Temporária de Jovens do Concelho de Alandroal: Candidaturas até 28 de Fevereiro

A Câmara Municipal de Alandroal informa que está a decorrer o período de candidaturas ao Programa de Ocupação Temporária de Jovens até ao próximo dia 28 de Fevereiro. O programa tem como objectivo proporcionar uma alternativa saudável à ocupação de tempos livres em actividades de interesse municipal, e tem como destinatários jovens à procura do primeiro emprego, desempregados e estudantes universitários, residentes no concelho e com idades compreendidas entre os 18 e os 32 anos. 

Todos os interessados, mesmo aqueles que já tenham feito a sua pré-inscrição, deverão formalizar a candidatura ao POTJ através do preenchimento do formulário disponível no site da internet do Município de Alandroal, na área do Balcão Único - Diversos, e entregá-lo no Balcão Único de Atendimento instalado no Edifício Sede da Câmara Municipal ou nas instalações da Junta de Freguesia de Santiago Maior juntamente com todos os documentos necessários. Deverão também escolher até 5, de entre as 8 áreas de ocupação do programa, disponíveis para o ano de 2013, com especial destaque para a área de apoio ao associativismo. 

A colocação dos jovens será por um período máximo de 6 meses, em dois grupos a entrar de forma sucessiva durante o ano, e por um período de mês e meio, a coincidir com o período de férias de verão, no caso dos estudantes universitários. Para além do seguro de acidentes pessoais será ainda atribuída uma bolsa mensal no montante de 275€, para “fazer face a despesas que decorram do desenvolvimento das actividades”, de acordo com o regulamento em vigor. 

Para qualquer esclarecimento adicional os interessados deverão contactar o Gabinete de Acção Social do Município de Alandroal, através do telefone 268 440 040 ou do email cm-alandroal@mail.telepac.pt

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

POSTAGEM DESPORTIVA - RESULTADOS

  OS ACONTECIMENTOS DESPORTIVOS DO FIM DE SEMANA

- FUTEBOL
A. F. Évora
Divisão de Honra
Sporting de Viana 3 – Bencatelense 0
Lavre 0 – Oriola 2
Perolivense 3 – Borbense 3
Arraiolense 7 – Santiago Maior 0
Portel  0– Escouralense 1
Redondense 3 – Estremoz 1
Calipolense 0 – Cabrela 3
1ª Divisão
S. Bartolomeu 0 – Alcaçovense 1
Canaviais 3 – S. Romão 1
Luso Morense – Santana do Campo
Aldeense 3 – Corval 3
Brotense – Giesteira
Arcoense 1 – Lusitano 3
Fazendas do Cortiço 2 – Valenças 1

TAÇA INATEL
Alandroal United 0– Azarujense 1
Montoito 0 – Rosário 1
FUTEBOL JUVENIL

Distrital de Juniores
União de Montemor 11– Rosário 0
Distrital de Iniciados
Terena 0 – União de Montemor 8.


Distrital Benjamins Fut.7
Calipolense 5 – Terena 1
Distrital de Infantis Fut 7
Terena 3 – Calipolense 9
DESPORTO AMIGÁVEL

ATIVIDADES CARNAVALESCA NO CONCELHO DE ALANDROAL

O Fim-de-Semana está a chegar e, com ele, chega também o Carnaval e todo o seu colorido. Por isso mesmo, um pouco por todo o concelho, terá a oportunidade de participar em animadas actividades de carnaval, como bailes e concursos de máscaras, que algumas das associações do concelho vão promover.
Alandroal, Aldeia da Venda, Casas Novas de Mares e Orvalhos são as localidades onde poderá divertir-se em animados bailes de carnaval, nas noites de Sábado e Domingo e na tarde de Terça-Feira de Carnaval. A boa disposição e o colorido típico do carnaval prometem não deixar ninguém indiferente.
Já no Domingo, dia 10, a praça de touros da Aldeia da Venda recebe uma garraiada tradicional, onde os amantes da festa brava poderão mostrar a sua coragem. Mas antes da animação carnavalesca, não pode perder mais uma sessão de cinema 3D, desta feita com o filme “A Vida de Pi” (nomeada para os Óscares), já hoje, a partir das 21:30, no Fórum Cultural de Alandroal. 

 Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal.

NOVAS NOTAS DE 5 EUROS (5€), ATENÇÃO AOS BURLÕES!

A 2 de Maio deste ano vai entrar em circulação uma nova nota de 5 euros (5€), o que não invalida que as atuais notas de 5€ saiam de circulação, vão pois coabitar as duas. A atual nota que todos conhecemos, mais a que virá em Maio deste ano.

Mas esta alteração pode dar aos habituais  burlões oportunidade para ludibriar os mais incautos, ou menos esclarecidos.

É bem capaz de começarem a aparecer estes meliantes, normalmente muito bem apresentados e a fazerem-se passar por funcionários de alguma instituição  junto das pessoas, a dizerem que a antiga nota vai deixar de circular. E com este argumento tentam convencer as pessoas a entregarem-lhe o dinheiro, que eles substituirão por outro "válido".

Aos leitores avisados por este meu alerta, sugiro que informem os vossos familiares, vizinhos, amigos...desta situação. Com a entrada das novas notas, as atuais notas não precisam de ser substituídas.
A frente e o verso da nova nota.


Loading...