segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ANTIGAS BANDAS DE BAILE DE ALANDROAL

Por causa da "Gala Musical" que se vai realizar no sábado que vem, muito se tem falado nas antigas bandas, conjuntos ou orquestras de Alandroal.

Como a polémica até tem sido grande, e com muitos leitores a dizerem-se conhecedores de tais bandas e admiradores dos seus executantes, deixo aqui dois desafios, como se chamavam estas duas bandas e como se chamavam os seus executantes?

Agora, já com a colaboração de alguns leitores:
Em Cima. Orquestra BASS: Zé Vieira no piano, Manuel Vieira (Baíco) no acordeon, Manuel Salomé vocalista, Manuel Roma na bateria, João Salomé no violino, António Berbem (Morcela) no contrabaixo, Barradas na trompete.

Em baixo: Conjunto 5 DO RITMO? ( Continua a dúvida do nome ): Zé Inácio no saxofone, Maria Catarina no acordeão, Manuel Roma na bateria, Lila na trompete e vocalista Zé Colunas.


Só lhes posso garantir duas coisas, são ambas de Alandroal e foram fotografadas na década de '50 do século passado.

ADITAMENTO:

Os que acompanham com frequência este blogue, sabem que muito raramente é dado destaque na página principal aos comentários. COMENTÁRIO 5 ESTRELAS, é o nome que costumo dar a esses comentários. O comentário que vou colocar aqui em baixo é um desses, porque é esclarecedor e complementa a postagem principal do blogue. Até porque também estou em total sintonia com o pensamento do comentador em relação à Gala, mas mesmo que não estivesse colocava-o na mesma, pelos motivos que enunciei primeiramente.

Já agora queria agradecer a colaboração ao Francisco Manuel e enviar-lhe um abraço.

COMENTÁRIO 5 ESTRELAS

Ora deixem-me lá meter o bedelho.
Tenho seguido com muita atenção a brilhante ideia da organização desta Gala, à qual só faltarei por motivos imprevistos. Parabéns a todos que meteram ombros a esta tarefa, que muito dignifica a minha terra.

Também, e é com muita pena que tenho que o dizer, custa-me ver que escondidos em comentários há muito boa gente que aproveita para destruir o que devia ser apoiado.A guerrinha Bass não tem qualquer motivo de existir e muito menos chamar de profissionais aos elementos da mesma. Profissionais são todos aqueles que vivem exclusivamente da profissão que desempenham, e segundo julgo saber (porque sou dessa época) todos os Elementos tinham uma profissão principal da qual viviam.

Por exemplo o Manuel Roma era funcionário da Câmara. Manelito Salomé, ourives. João Salomé, ferrador. Barradas, barbeiro. Etc...

Que se diga que tocavam como verdadeiros profissionais, isso sim. Mas catalogar como profissionais, como se fosse o único sustento das suas vidas, isso não.

No meu blogue, já por várias vezes se fez referência à BASS e colocadas fotografias elogiando quem levou o nome do Alandroal para tão longe e inclusive já aqui havia sido lançada (pelo Dr, Berbem) a ideia de dar nome de rua no Alandroal.

Foi na verdade um grande Conjunto à época e ao som do qual muitas vezes dancei ( na Esplanada, nos Casarões do Alabaça e noutras localidades limítrofes). Convém , para bem da verdade dizer que a Bass não tinha uma grande vontade em tocar no Alandroal, e que muitas poucas vezes o fez. Uns diziam que por vaidade, outros porque os elementos que vinham de fora (Redondo), não gostavam das nossas gentes, outros ainda por questões políticas, e outros por falta de recintos apropriados. Verdade seja dita, que os ensaios eram no recanto junto à entrada para a casa do Nicolau e que os mesmos eram assistidos por dezenas de Alandroalenses (como tal não privavam o povo de apreciar a sua belíssima música).

Tenho a certeza que por certo os organizadores deste evento (A Gala) por certo contactaram elementos da Bass. Mas sejamos coerentes: os vivos (talvez até algum esteja presente) à excepção do Vieira do Redondo, por certo mesmo que quisessem dar o seu contributo era de todo quase impossível devido à sua idade e ao tempo em que não devem tocar.

Assim e no meu entender parece-me não existir fundamento para a polémica que se instalou e que de qualquer forma poderá vir a contribuir para ofuscar o brilho desta bonita ideia.

Vamos então ao desafio lançado pelo Varandas:
BASS : Zé Vieira no piano, Manuel Vieira (Baíco) no acordeon, Manuel Salomé vocalista, Manuel Roma na bateria, João Salomé no violino, António Berbem (Morcela) no contrabaixo, Barradas na trompete.

O segundo Conjunto sem ter a certeza julgo que se Chamou os 5 DO RITMO: Zé Inácio no saxofone, a acordeonista Maria Catarina (Filha do Pingalhete da Mina), na bateria o Manuel Roma, o vocalista é o saudoso amigo Zé Colunas e o trompete o Lila.
Então até Sábado se Deus quiser
Um abraço
Xico Manuel

ALDEIA DA VENDA, AVISO DE CORTE DE ÁGUA



Clique nas imagens para ampliar.

ALANDROAL, AGENDA 21 LOCAL

Município de Alandroal está a preparar Agenda 21 Local

Agenda 21 Local é instrumento de planeamento que pretende alavancar o desenvolvimento local de forma sustentada

A Câmara Municipal de Alandroal está a preparar a implementação da “Agenda 21 Local”, um importante instrumento de planeamento, que integra quatro bases de desenvolvimento sustentável para o território do Município, a rentabilidade económica, a protecção ambiental, a responsabilidade social e a governação local.

A elaboração e implementação da Agenda 21 Local de Alandroal surge integrada num acordo de parceria, assinado pelos municípios pertencentes à Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), em 13 de Março de 2008. O referido acordo tem financiamento assegurado, através de uma candidatura conjunta ao programa INALENTEJO, no âmbito do Quadro de Referencia Estratégica Nacional (QREN).

O Município está convicto de que o desenvolvimento sustentável local apenas poderá ser alcançado através da articulação de esforços e partilha de saberes entre os vários agentes da sociedade civil, nomeadamente as autoridades locais e os agentes económicos, culturais e educativos. Assim, é desejo da Câmara Municipal de Alandroal que o processo de implementação da Agenda 21 Local possa contar com a participação de toda a comunidade local (Associações, GNR, Escolas, Juntas de Freguesia, população), para que se consiga delinear uma estratégia de desenvolvimento sustentável para o nosso concelho.

A melhoria da qualidade de vida da população, conjugando factores como o desenvolvimento económico, a protecção do ambiente, a justiça social e a governação, é o fim último do programa Agenda 21 Local. Para implementar a sua Agenda 21 Local a Câmara Municipal de Alandroal está a preparar um conjunto de iniciativas, abertas a toda a comunidade local, para debater e delinear as estratégias que levem ao desenvolvimento local sustentável. A realização de sessões públicas de discussão e de um questionário à população são algumas dessas iniciativas.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

ALANDROAL, AUTARQUIA APROVOU REGULAMENTOS DE APOIO SOCIAL E APOIO A EMPRESÁRIOS


A aprovação dos Regulamentos vem enquadrar as medidas de apoio previstas no “Plano de Intervenção e Combate à Crise”

A Câmara Municipal de Alandroal aprovou, em reunião ordinária do passado dia 26 de Janeiro quatro projectos de regulamento, que vêm operacionalizar as medidas de apoio previstas no “Plano de Intervenção e Combate à Crise do Município de Alandroal” aprovado no passado mês de Novembro.

O projecto de regulamento de apoio aos empresários e investidores no Concelho de Alandroal prevê, entre outras medidas, a redução em 10% da Taxa de Derrama, redução de 10% na aquisição de terrenos nas Zonas Industriais de Alandroal e Santiago Maior, e a isenção ou redução até 80% de taxas e preços municipais para a fixação de novas empresas ou novos investimentos em função dos postos de trabalho criados. Tendo em vista a apresentação e discussão das medidas propostas está prevista a realização de uma sessão de divulgação e de recolha de contributos junto dos empresários do concelho, em data ainda a definir.

O projecto de Regulamento de Apoio Social a Melhorias Habitacionais tem como objectivo apoiar as famílias mais carenciadas, e os idosos em situação de exclusão social, na melhoria das condições de habitabilidade das suas casas, através da comparticipação no custo de obras de conservação e reparação das mesmas.

Já o projecto de Regulamento de Intervenção Social no Município de Alandroal pretende constituir-se como um plano de acção social direccionado às famílias em situação de pobreza ou carência financeira, resultante da actual crise económica em que vivemos e motivadas por situações de desemprego de um ou dois elementos do agregado familiar. O apoio à compra de produtos alimentares e o apoio ao arrendamento de habitação são algumas das medidas previstas neste projecto de Regulamento.

Por último, o projecto de Regulamento “Alandroal ComVida” tem como objectivo primordial inverter a tendência de desertificação que se verifica nos concelhos de interior, promovendo a fixação de novas famílias no concelho de Alandroal, através de medidas concretas de incentivo à fixação. A atribuição de 500 euros a novas famílias que se fixem no concelho, ou a eliminação do limite de idade para atribuição do subsídio de nascimento, são exemplos de medidas previstas neste Regulamento.

De referir que os projectos de regulamento entrarão em discussão pública, por um período de 30 dias, após a publicação do respectivo Aviso no Diário da República. Durante a discussão pública poderão ser consultados e apresentados contributos na secretaria da Câmara Municipal de Alandroal e no site da Autarquia, em www.cm-alandroal.pt. A Câmara Municipal de Alandroal convida toda a população a participar neste processo dando o seu contributo.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

sábado, 29 de janeiro de 2011

TERTÚLIA DE SEXTA À NOITE

TERTULIANOS , suas "alarvidades" e leviandades

Ordem de Trabalhos:
1. Codornizes grelhadas, acompanhadas pela inevitáveis batatinhas fritas e salada mista..( Este ponto é variável semanalmente ).

Mais uma vez a aprovação foi generalizada, até porque a ementa já havia sido pedida a solicitação de vários tertulianos, entre os mais "prenhos", Aphia e Reileão, que só à parte deles "abalou" uma codorniz e meia! Mas e mais uma vez, tal como na semana transacta, desalinharam Air-Fado e KGB, que não estão virados para a passarada e assim passaram os dois o jantar aos "Segredos"!

2. Discussões infundadas, sobre matérias que não percebemos. ( Este ponto é invariável).

Ontem falou-se em politica e descolonizações africanas, mas quase em exclusivo de politica, nomeadamente dos resultados eleitorais das Presidenciais do passado fim de semana.

Alvitraram-se ideias e responsabilidades da derrota à esquerda, ou da vitória do Cavaco Silva, conforme a posição de cada um. Ele houve das explicações mais "brilhantes", ás mais disparatadas que vocês possam imaginar! Vou enumera-las, começando da que me parece mais assertiva, para a menos, sem nomear quem as disse, até porque algumas delas já nem me lembro do autor:

- Nesta conjuntura, o Cavaco ganhava sempre, disse-se o que disse-se!
- A culpa foi do Alegre, que centrou a campanha só em dizer mal do Cavaco, nada de ideias!
- O Cavaco foi esperto, pois só falava naquilo que as pessoas sabiam que era verdade, a crise!
- O problema foi a indefinição do Alegre, independente, socialista ou bloquista?
- O mal foi o Sócrates aparecer ao lado do Alegre, tá queimado!
- A esquerda com tantos candidatos, dispersou muito os votos!

Outro tipo de considerações, em ralação a outros candidatos:

O Coelho surpreendeu pela elevada votação que obteve, fruto de uma campanha descontraída e alicerçada nos descrentes. Ou, que o Nobre ficou aquém das expectativas, demonstrou seriedade, mas de retórica pouco apelativa e nenhuma maturidade politica. Isto foi em traços gerais as considerações dos tertulianos ao rescaldo das Presidenciais "11.

Felizmente e que eu saiba, o acto eleitoral decorreu normalmente, mas houve algumas passagens caricatas que ocorreram nalgumas mesas de voto e que foram contadas na Tertúlia ontem à noite, a saber:

Logo pela manhã, e em várias assembleias de voto, estavam afixados cartazes apelando ao boicote nas eleições, e como justificação a denuncia de corrupção nos políticos, mais a acusação dos candidatos descenderem de mães com desvios sexuais!

Ou de um eleitor, agora ainda não interessa o nome, que foi votar na mesa de voto instalada na sala da Assembleia Municipal de Alandroal e que na parede tem pendurados os retratos dos vários Presidentes da Assembleia Municipal, desde o 25 de Abril até ao ultimo presidente cessante, olhou para os retratos de relance e atirou: « Eu não vou votar em chulo nenhum desses e muito menos nos que estão ai no papel ( boletim ), vou votar no "Zé" Belo!

Ou ainda na mesma mesa de voto, o eleitor que desenhou no boletim uma funesta, mas bem delineada caveira, com uns impropérios inqualificáveis.

Já na assembleia de voto instalada no Fórum, o caso mais caricato foi o de um eleitor que descarregou o voto no Manuel Alegre e ainda lhe juntou duas fotografias do ex-Presidente João Nabais, uma cópia mais antiga, outra mais recente e com tamanhos diferentes. Qual seria o simbolismo?

Descolonização e Salazarismo, fica para outro dia, hoje já me falta "espaço" e tempo.

Quanto a alarvidades, ontem esteve fraquinho, assim decidi escolher a tirada do carismático Joel em plena assembleia de voto. Lembram-se?

Até para a semana, Rosinha.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

POSTAGEM DESPORTIVA - RESULTADOS

OS ACONTECIMENTOS DESPORTIVOS DO FIM DE SEMANA

- FUTEBOL

COMPETIÇÕES DA A. F. ÉVORA
U.Giesteira 1-4 O Calipolense
Bencatelense 0-4 Redondense
Oriolenses 3-2 GDR Canaviais
Portel 1-0 Santiago Maior
Sp. Viana 1-2 Lusit. Évora
Monte Trigo 5-0 Borbense
Perolivas 1-1 Escouralense

Classificação: 1ºRedondense 37, 2ºLusitano 33, 3ºM.Trigo 28, 4ºEscouralense 27, 5ºCalipolense 24, 6ºPerolivas 22, 7ºOriolense 19, 8ºViana 18, 9ºPortel 16, 10ºBorbense 15, 11ºBencatelense 14, 12ºCanaviais 14, 13ºS.Maior 13, 14ºGiesteira 1

1ªDISTRITAL
Lavre 1-0 Valenças
Luso Morense 4-4 São Manços
Aldeense 2-0 Cortiço
Arcoense 1-0 SBOuteiro
Desp. Cabrela 3-0 Santana do Campo
Alcaçovense 0-1 CF Estremoz
Vera Cruz 2-5 Corval
Rosário 0-0 Brotas

Classificação: 1ºEstremoz 43, 2ºValenças 31, 3ºArraiolense 29, 4ºLavre 29, 5ºArcoense 29, 6ºCabrela 26, 7ºS.Manços 26, 8ºSantana 24, 9ºMorense 23, 10ºCorval 23, 11ºAlcaçovas 18, 12ºAldeense 18, 13ºRosário 18, 14ºCortiço 17, 15ºBrotas 12, 16ºOuteiro 11, 17ºV.Cruz 5

O PELADO DO C.C.D. TERENA

Juvenis:
Redondense – Terena

Benjamins Futebol 7:
Estremoz – Terena

CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA E O SIMPLEX


Simplex facilita pedido de cartão de estacionamento para cidadãos com deficiência

Foi publicado, em Diário da República, o Decreto-Lei n.º 17/2011, de 27 de Janeiro, que simplifica o processo de emissão e renovação do cartão de estacionamento para cidadãos com deficiência ou condicionados na sua mobilidade.

No âmbito do Programa Simplex, vai ser possível pedir ou renovar o referido cartão de estacionamento através do site do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT) e sem necessidade de deslocação a um posto de atendimento do IMTT. Esta medida não invalida que, caso prefira, o cidadão possa solicitar o serviço presencialmente.

O cartão de estacionamento pode ser solicitado por cidadãos com deficiência motora de 60% ou superior e por cidadãos com deficiência física ou motora acompanhada de sensorial, intelectual ou visual permanente, num grau de incapacidade igual ou superior a 90%.

Com excepção dos casos em que a incapacidade seja susceptível de reavaliação, a validade do cartão aumenta de cinco para dez anos. O diploma legal prevê, igualmente, que os cidadãos fiquem dispensados de entregar, aquando da renovação, o comprovativo da deficiência e outros documentos que já se encontrem nos ficheiros do IMTT.

Fonte: Portal do Cidadão.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

ALANDROAL, MUNICÍPIO APROVOU PROTOCOLO DE ACESSO AO MICROCRÉDITO


O Protocolo estabelecido com o Banco Espírito Santo vai permitir que muitos munícipes possam beneficiar do Microdrédito

A Câmara Municipal de Alandroal, na sua reunião de 26 de Janeiro de 2011, aprovou estabelecer um protocolo de colaboração com o Banco Espírito Santo (BES) que prevê a implementação de uma linha de crédito bancário com o objectivo de apoiar a criação/implementação de negócios de pessoas singulares e colectivas do concelho de Alandroal.

O Microcrédito é um empréstimo bancário que pode ir até 12.000€ e se destina a pessoas que não têm acesso ao crédito bancário, mas querem desenvolver uma actividade económica por conta própria e, para isso, reúnem condições e capacidades pessoais, que antecipam o êxito da iniciativa que pretendem tomar.

João Grilo, Presidente da Câmara Municipal de Alandroal, salienta que “o microcrédito tem-se revelado como uma importante medida de apoio à criação de emprego nos vários locais onde já está a ser implementado. Fazendo parte do programa eleitoral, o microcrédito vai ainda de encontro às medidas de apoio aos empresários do concelho de Alandroal previstas no “Plano de intervenção e Combate à Crise” recentemente aprovado nesta Autarquia. Esta medida de apoio ao auto-emprego pode ainda contribuir para fomentar o espírito empreendedor no concelho e a inclusão social de grupos desfavorecidos”.

A autarquia vai agendar uma sessão de divulgação do Microcrédito no concelho, contudo todos os interessados poderão desde já obter mais informação junto do Gabinete de Inserção Profissional (GIP), que funciona na Rua Dr. Manuel Viana Xavier Rodrigues, nº7.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

GALA MUSICAL, ENSAIOS DAS BANDAS


A Gala Musical dos antigos conjuntos de baile de Alandroal é já no próximo dia 5 de Fevereiro, e os elementos das bandas não se poupam a esforços para que estejam todos "afinadinhos" no dia da Gala, pois assim que podem, é vê-los a ensaiar. Imagens tiradas na terça-feira em mais um ensaio.

Em cima: João Pua, Pua e Paixão, o trio de violas a "agitar" as cordas.


Aqui o baterista e vocalista Fernando, um dos mentores desta ideia e do aparecimento de muitas das bandas que vão ser homenageadas, acompanhado por mais duas violas, Pacheco e Pua.


"Manel" Delgado, um dos quatro teclas que irá com certeza fazer muitas "entradas"!


"Dino" Roma, a voz que leva tempo a afinar, mas depois de afinar, não há meio de a fazer calar.


Agora a tradicional viola fumadora, até faz chorar, não pela musica, mas por causa do fumo!

Para finalizar um curto vídeo, só para terem um pouquinho de movimento, porque, desde já aviso que a qualidade da imagem e do som é muito má, não por causa dos artistas, mas porque a máquina de fotografar, como fica aqui provado, nunca se deve substituir à máquina de filmar. E depois a acústica e luz da garagem também não ajudaram, não é?

video
Cliquem na seta para começar e coloquem o som no minimo.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

XVI LIGA FANTÁSTICA AL-SPORT

Resultados da 13ª jornada da Liga fantástica Al-sport ´10, que se disputou à 17ª jornada da Liga Sagres.Ora ai temos uma semana à antiga portuguesa, o Sporting ganhou folgadamente, os sportinguistas "alambasaram-se" com os lugares cimeiros da classificação semanal. Foi assim com o M. Gomes, Jeremias, Melrinho... Meteu-se o P.T ali pelo meio, mas esse é um lampião descrente. Só não percebi foi a pontuação do Reileão! 11 pontos e ultimo classificado? Então um homem que se diz o provedor dos sportinguistas do Alandroal e numa semana de glória do Sporting, deixa-se ficar em ultimo! Há fenómenos que nem a ciência futeboleira vai conseguir desvendar.

A 13ª ronda (17ª JORNADA) tem as seguintes pontuações no pódio:
1º M.GOMES- 60 PTS. Pouco há a dizer, o Sporting ganhou, o Gomes festejou!

2º P.T.- 52 PTS. Um consagrado Treinador Fantástico, mas que este ano tem andado distraído, ou será ocupado?

3º JEREMIAS- 48 PTS. Outro consagrado, mas este que até começou mal, está agora a encetar uma recuperação que já o deixa esperançado em chegar até mais altos voos. Cuidem-se...

Com a disputa desta 13º jornada da Liga A-sport, chegámos ao epicentro da Liga e é partir de agora que muita coisa pode mudar de rumo, assim esta semana dou a conhecer o Top 10 da Liga:

1º- N.COELHO- 528 pts;
2º- MIGUEL- 524 pts;
3º- A.BASTOS- 520 pts;
4º- M.CARLOS- 514 pts;
5º- P.FAUSTINO- 507 pts;
6º- TROCO- 500 pts;
7º- HUGO- 499 pts;
8º- JEREMIAS- 494 pts;
9º- M.JOÃO- 490 pts;
10º- RICARDO- 490 pts.

Na próxima jornada da Liga, já se podem fazer substituições na 2ª folha e com os novos jogadores e valores. Portanto, todos os treinadores vão ter direito a fazer até mais 15 substituições e até ao fim da época.

Atenção que ainda há que esperar que o mercado de jogadores feche até ao fim de Janeiro e em Fevereiro sairá a lista com o novo valor dos jogadores e que será a definitiva até ao fim da Liga.

NOVA VAGA DE ASSALTOS NO ALANDROAL?


Queijaria assaltada na madrugada de ontem.

A Alandroqueijo-Queijaria Tradicional de Alandroal Lda, situada no Largo Pero Rodrigues, muito perto da Zona histórica de Alandroal, foi ontem "visitada" pelos amigos do alheio.

Os estragos foram avultados, pois ao que o Alandroalandia conseguiu apurar os meliantes levaram uma grande quantidade de queijos/merendeiras, danificaram as portas de acesso à queijaria e ainda levaram maquinaria afecta à industria de lacticínios, inclusivamente uma máquina de médio porte, que teve que ser desaparafusada do pavimento e que servia para a embalagem em vácuo dos produtos transformados.

Este assalto deu-se, uma semana depois, de outra tentativa de assalto ao Supermercado Ribeiro, a cerca de 50 metros da Aladroqueijo. Esse felizmente saiu gorado, porque o Sr. Ribeiro depois de assaltado à cerca de 2 anos decidiu então investir numa porta com melhor segurança, o que lhe valeu desta vez. Não foi assaltado, mas ainda assim houve estragos na porta.

O Alandroal felizmente e há já algum tempo que não era noticia por estes motivos, agora numa semana foi aquilo que vos acabei de contar acima e é só o que eu sei, poderá ter havido mais. Será que é para continuar? É que estas coisas por vezes até parece que são por "simpatia"!

Por isso é de bom senso, as Autoridades Locais, nomeadamente a G.N.R., os comerciantes, empresários e até a população em geral, manterem uma maior vigilância nos pertences de cada um.

ALANDROAL, TEATRO NA UNIVERSIDADE SÉNIOR


Aulas de teatro para alunos da Universidade Sénior já começaram

Já iniciaram as aulas de teatro para os alunos do pólo de Alandroal da Universidade Sénior/Escola Popular Túlio Espanca. O Fórum Cultural de Alandroal recebeu, no passado dia 20 de Janeiro, a primeira sessão de trabalho, dirigida por Rosário Gonzaga, actriz do Centro de Artes Dramáticas de Évora (CENDREV), e que contou com a presença de mais de uma dezena de alandroalenses com vontade de “experimentar” o teatro.

Esta primeira reunião, que decorreu de forma bastante descontraída e informal, serviu essencialmente para a apresentação dos presentes e para delinear a abordagem mais adequada às aulas, tendo em conta a disponibilidade e os objectivos individuais de cada um. Assim, ficou decidido que as aulas irão decorrer nas segundas e quintas-feiras, a partir das 19:00 horas.

Nesta primeira reunião ficou ainda estabelecido que todos os participantes deverão contribuir com ideias e sugestões, para que, entre todos, se chegue a um tema final, que irá depois ser trabalhado para ser apresentado no próximo verão, já como peça de teatro. No final da reunião todos os presentes se mostraram bastante satisfeitos com o decorrer dos trabalhos e não se inibiriam de mostrar o seu entusiasmo.

A Câmara Municipal de Alandroal aproveita para relembrar que as inscrições para o Pólo de Alandroal da Universidade Sénior/Escola Popular Túlio Espanca continuam abertas e todos os munícipes são bem-vindos. Portanto, se gostava de experimentar as aulas de teatro, adquirir alguns conhecimentos de informática, inglês e outras áreas, não hesite. A idade não importa, basta que se inscreva no sector de Acção Social da Câmara Municipal de Alandroal.

Fonte: Gabinete Imprensa do Município de Alandroal.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

FÓRUM DE ALANDROAL EM EXPERIÊNCIA CINEMATOGRAFICA


“O Garoto”, filme mudo de Charles Chaplin, (1921), foi exibido com banda sonora ao vivo


O Fórum Cultural e Transfronteiriço de Alandroal viveu, no passado dia 22 de Janeiro, uma noite memorável, com a exibição de uma sessão de cinema inovadora, que despertou a curiosidade de muitos munícipes. O filme mudo “O Garoto”, de Charles Chaplin, foi exibido com banda sonora interpretada ao vivo, pela Banda da Escola de Musica do Centro Cultural de Alandroal, acompanhada pelos músicos Óscar Graça (piano) e Nuno Costa (guitarra).

Apesar do frio que se fez sentir na noite de dia 22 de Janeiro, muitos foram os munícipes que não quiseram deixar de comparecer no Fórum Cultural de Alandroal, para participar nesta experiência cinematográfica inovadora. Há qualidade e graciosidade do filme visionado juntou-se a brilhante interpretação musical que facilmente “transportou” os espectadores para o cenário do filme. Foram 65 minutos de uma experiência única e intensa, em que os espectadores acabaram por se abstrair da música e entrar nas peripécias e boa disposição característica do Charlot. A sincronização perfeita entre a imagem e a música conduziu os presentes a uma sessão de cinema do século XXI quando, de facto, se tratava de um filme mudo, de uma época em que o cinema dava os primeiros passos.

Relembra-se que o filme em exibição, “O Garoto”, é uma comédia dramática da autoria de Charles Chaplin (Charlot), estreou em 1921, e conta a história de um bebé que foi abandonado pela mãe por não ter condições para o criar. O bebé é encontrado na rua por um vagabundo (Charlot), que acaba por o acolher e criar. Enquanto os anos se vão passando, o menino e o vagabundo tornam-se uma dupla perfeita, engendrando esquemas para conseguir dinheiro para o seu sustento. Como curiosidade, refira-se que o filme é considerado uma das primeiras longas-metragens a combinar comédia e drama.

Fica uma nota final bastante positiva para a Banda da Escola de Música do Centro Cultural de Alandroal, para os músicos Óscar Graça (piano) e Nuno Costa (guitarra) e para o 9º Festival Internacional de Curtas Metragens (FIKE) que, assim, chegou ao fim. Os espectadores estiveram à altura da experiência apresentada e, no final, ficou apenas a vontade de que a mesma pudesse ser repetida muito em breve!

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

DIVULGAÇÃO - TARDES DE PARTILHA DE SABERES

A PARTILHA DE SABERES SERÁ TODAS AS TARDES DE TERÇAS DO MÊS DE FEVEREIRO.
Clique na imagem para ampliar.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

DIVULGAÇÃO - GALA MUSICAL

Ainda na passada " Tertúlia ", escrevi sobre o arranque desta iniciativa, do qual ainda nem o nome se sabia, sabe-se agora que se chama Gala Musical.

A Gala Musical é uma iniciativa de vários músicos Alandroalenses, que pretendem juntar músicos dos vários conjuntos de baile que houve no Alandroal, desde o anos '70, e numa noite só, tocarem todos na mesma banda de modo a que se faça "um baile à antiga portuguesa".

Volto a recordar que esta é também uma oportunidade ímpar da Diáspora Alandroalense se encontrar e matar saudades prometidas ou inesperadas, por isso, Alandroalenses e amigos dançantes das redondezas vão agendando para dia 5 de Fevereiro uma vinda ás Pirâmides de Sº Pedro, no Alandroal, onde podem jantar e em seguida dançar ao som das músicas de sempre.

Clique na imagem para ampliar.

MUNICÍPIO DE ALANDROAL E CENDREV RENOVAM PROTOCOLO


CENDREV e Autarquia preparam novo ano de colaboração

Após o primeiro ano de cooperação, onde o balanço foi extremamente positivo, a Câmara Municipal de Alandroal e o Centro de Artes Dramáticas de Évora (CENDREV) encontram-se já a preparar o novo ano de actividades culturais, dando continuidade ao protocolo estabelecido em 2010.

O novo protocolo prevê a realização de novos espectáculos promovidos pelo CENDREV, mas também a continuidade do périplo pelas Aldeias do concelho, ainda não visitadas, pelos tão saudosos Bonecos de Santo Aleixo.

Além do objectivo central, de potenciar a promoção cultural da região através da criação de sinergias com associações e entidades locais e regionais, que possam constituir e apresentar no Alandroal um conjunto de propostas culturais diversificadas, de qualidade e direccionadas para o nosso público, o protocolo a assinar entre o CENDREV e a Câmara Municipal de Alandroal para 2011 prevê ainda o estreitamento das relações entre as duas entidades.

Exemplo disso é o facto de estarem a ser preparadas acções de formação, destinadas aos técnicos do Município, tendo em vista a melhoria do serviço prestado aquando dos espectáculos e a optimização dos sistemas de som e luz instalados. Está, igualmente previsto o início das aulas de representação - Teatro, conduzidas pelos artistas do CENDREV e destinadas, em primeira mão, ao grupo de teatro da Universidade Sénior de Alandroal.

A Câmara Municipal de Alandroal não pode deixar de expressar o seu contentamento com a forma como decorreu este primeiro ano de colaboração com o CENDREV. Desde a qualidade dos espectáculos à disponibilidade e profissionalismo de todos os elementos do grupo, passando pela própria afluência de público, com muitas casas cheias por este concelho fora.

José Russo, Presidente da Direcção do CENDREV, faz o balanço do protocolo com a Câmara Municipal de Alandroal no ano de 2010.

“O balanço que fazemos é francamente positivo. Tivemos uma afluência de público muito grande em todos os espectáculos. Nestas coisas da cultura o factor da continuidade é absolutamente determinante. Para se formarem públicos e para fomentar o gosto pela cultural é fundamental a continuidade nas apostas culturais. Para nós essa é a aposta que tem que ser feita. Nesse sentido, este protocolo entre a CMA e o CENDREV parece-nos o instrumento mais eficaz, uma vez que prevê uma relação bilateral, que passa pela apresentação de espectáculos, pela prestação de formação e apoio em áreas técnicas, pelo desenvolvimento de actividades específicas para as crianças em idade escolar, etc. Além disso, e muito importante, tem uma preocupação de sustentabilidade financeira, quer para nós CENDREV, quer para as próprias Autarquias, uma vez que implica valores de investimento bastante reduzidos”.

Não perca a entrevista na íntegra na próxima edição do Coordenadas

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

domingo, 23 de janeiro de 2011

PRESIDENCIAIS '11 - RESULTADOS


ANÍBAL CAVACO SILVA VENCE PRESIDENCIAIS 2011.

Às 20 horas do dia 23 de Janeiro, todas as projecções indicam que Cavaco Silva será reconduzido como Presidente de Portugal. Cavaco Silva ganhará as eleições à 1ª volta, com uma margem entre os 52 e os 58 por cento.

Resultados globais actualizados ás 22 horas:

Cavaco Silva-----------52,94%. Votos-----2.23.104
Manuel Alegre---------19,75%. Votos------831.959
Fernando Nobre-------14,10%. Votos------593.868
Francisco Lopes---------7,14%. Votos------300.840
José Coelho-------------4,50%. Votos------189.340
Defensor de Moura------1,57%. Votos-------66.091

Abstenção - 53,37%

Quanto aos resultados a nível do Concelho de Alandroal, eles foram ligeiramente diferentes dos Nacionais. Aqui o candidato mais votado foi Manuel Alegre.

Resultados finais apurados, para o Concelho de Alandroal:

Manuel Alegre- ------- 30,35% ----- votos 713
Cavaco Silva-----------29,08% ----- votos 683
Francisco Lopes-------27,59% ----- votos 648
Fernando Nobre-------8,68% ------ votos 204
José Coelho------------ 3,66% -------votos 86
Defensor de Moura----0,64%--------votos 15


Votos em branco 1,74% - votos 42
Votos nulos 1,03% - votos 25

Eleitores inscritos 5407, não votaram 2991. Abstenção 55,32%.

ALANDROAL, FREGUESIA A FREGUESIA:

Nª Sra da Conceição:
Cavaco Silva-------------- 272 votos ( 39%)
Manuel Alegre------------ 192 votos ( 28%)
Francisco Lopes---------- 117 votos ( 17%)
Fernando Nobre-----------73 votos ( 10%)
José Coelho----------------24 votos ( 3,5%)

Capelins - Santo António:
Manuel Alegre------------83 votos ( 34%)
Cavaco Silva--------------66 votos ( 27%)
Francisco Lopes----------59 votos ( 24%)
Fernando Nobre----------19 votos ( 7,9%)
José Coelho---------------13 votos ( 5,4%)

Juromenha - Loreto:
Cavaco Silva--------------30 votos ( 57%)
Manuel Alegre------------11 votos ( 21%)
Fernando Nobre-----------6 votos ( 11%)
Francisco Lopes-----------3 votos ( 5,8%)
José Coelho---------------2 votos ( 3,9%)

Santiago Maior:
Francisco Lopes-----------345 votos ( 37%)
Manuel Alegre------------284 votos ( 31%)
Cavaco Silva--------------194 votos ( 21%)
Fernando Nobre-----------62 votos ( 6,8%)
José Coelho----------------23 votos ( 2,5%)

Mina - Sº Brás:
Francisco Lopes-----------44 votos ( 30%)
Cavaco Silva--------------42 votos ( 28% )
Manuel Alegre------------30 votos ( 20%)
Fernando Nobre----------18 votos ( 12%)
José Coelho---------------12 votos ( 8,2%)

Terena - Sº Pedro:
Manuel Alegre------------113 votos ( 36%)
Francisco Lopes-----------80 votos ( 25%)
Cavaco Silva--------------79 votos ( 25%)
Fernando Nobre----------26 votos ( 8,3%)
José Coelho---------------12 votos ( 3,8%)

sábado, 22 de janeiro de 2011

TERTÚLIA DE SEXTA À NOITE

TERTULIANOS , suas "alarvidades" e leviandades


Ordem de Trabalhos:
1. Sopa de legumes e como prato principal, pescada assada no forno e batatas, acompanhadas por uma salada mista de derivados do aquênio e frutos do tomateiro. ( Este ponto é variável semanalmente ).


De comer e chorar por mais aquelas corpulentas e suculentas postas de pescada. Esta avaliação não foi unânime porque o "Air-fado" já ao almoço havia comido uma « caldeirada tão reles que lhe tirou o apetite d0 peixe » e assim tal como a "KGB" decidiram "espiar" um 3º prato, composto por carne, porque a "KGB" considera que « peixe não puxa carroça!».


2. Discussões infundadas, sobre matérias que não percebemos. ( Este ponto é invariável).

As duas principais discussões da noite andaram á volta de bailes tradicionais e outro tipo de dança, politica - Presidenciais.

Mas começo pelas danças genuínas, os bailes tradicionais. Ontem voltou-se muito a falar do arrojado projecto de se juntarem os antigos elementos dos vários conjuntos musicais Alandroalenses das décadas de '60, '70 e '80 do século passado. O evento está já aprazado para o próximo dia 5 de Fevereiro, mas por enquanto as coisas não têm corrido de feição.

Tudo porque os ensaios marcados, têm sido anulados ou pouco participados por várias contingências e todas elas por motivos de força maior. Mas em todo o caso a confiança dos participantes não tem sofrido qualquer abalo, pois são todos músicos experimentados e isto de tocar e bailar « é como andar de bicicleta, quem sabe nunca esquece!».

A expectativa é moderada a elevada, em ver muitos dos "jovens" casais desses anos e ainda os casais de agora a dançarem as velhas musicas do BASS, BASS II, Orbitnic, etc...

Esta é também uma oportunidade ímpar da diáspora Alandroalense se encontrar e matar saudades prometidas ou inesperadas, por isso, Alandroalenses e amigos dançantes das redondezas vão agendando para dia 5 de Fevereiro uma vinda ás Pirâmides de Sº Pedro, no Alandroal, onde podem jantar e em seguida dançar ao som das músicas de sempre.

Foi ainda na embalagem deste contexto musical que o "Reileão" largou a alarvidade da noite, que lá mais para o fim darei conta.

Quanto à politica, ontem até me fizeram levantar a voz!

Então não é que os adoradores do "Chiquinho" Lopes ainda têm a veleidade de pensar que o homem pode chegar à 2ª volta! Quando é que esta gente cai na real?!

Não porque:
Primeiro, possivelmente não haverá 2ª volta.
Segundo, a haver, as sondagens e a história mostram que candidato apoiado só pela CDU nunca chegará à 2ª volta.
Terceiro, o Francisco Lopes "não" é um candidato presidencial, é como todos os outros candidatos presidenciais da CDU nos últimos 20 anos, uma manobra intelegentissima da CDU, para ter um vasto tempo de antena, para defender as suas politicas e atacar as politicas dos adversários, mas sempre longe da lógica de uma campanha presidencial. Aqui tenho mais uma vez de tirar o chapéu à máquina comunista.
Quarto e ultimo, é mais uma maneira de financiarem o partido, com o dinheiro a que têm direito pelo candidato presidencial e com donativos dos simpatizantes. Tudo legal.

Depois tive de explicar a minha "tese" da vantagem de haver vários candidatos de esquerda, contra um só de direita, a mesma máxima se aplicaria se fosse ao contrário, vários de direita, contra um só de esquerda. Mas este ano é assim, 5 de esquerda contra Cavaco Silva. Sendo que todos os de esquerda serão indirectamente "aliados" do candidato melhor posicionado à esquerda, no caso Manuel Alegre, par se atingir uma hipotética 2ª volta.

Não vou agora apresentar a tese, porque a Tertúlia já vai longa, assim, vou mas é já saltar para a alarvidade da noite.

Se bem se lembram, contei mais acima, que muito se falou de música e bailes, e vai dai o "Reileão" com a conversa ficou com um apetite voraz de dançar e tentou tudo para arranjar uma boleia para ir ao Bail'aki a Vila Viçosa. Não o conseguindo, ficou indignado e replicou:

« Ai não me levam!? Vou buscar a minha "casaleira", meto para lá 0,5l. de vinho, dá para chegar até Évoramonte e não levo ninguém!». E pronto.

PS: Só para justificar, se é que preciso fosse, porque é que se fala tanto de politica nas tertúlias, é que dos 10 membros que irão amanhã para as mesas de voto no Alandroal, 4 deles são tertulianos. E porque regra geral, todos gostamos de falar de politica, mesmo que por vezes os políticos não nos percebam!

Até para a semana, Rosinha.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

POSTAGEM DESPORTIVA - RESULTADOS

OS ACONTECIMENTOS DESPORTIVOS DO FIM DE SEMANA

- FUTEBOL

COMPETIÇÕES DA A. F. ÉVORA
Taça Distrito de Évora
3ª Eliminatória

Sp.Viana 3-2 Estremoz (ap)
Redondense 1-0 Canaviais
Oriolenses 1-0 Desp.Portel (ap)
Monte Trigo 2-3 O Calipolense (ap)

Jogos das meias-finais, dia 10 de Abril de 2011 são:
Redondo - Oriola
Sporting de Viana - Calipolense.

1ªDISTRITAL (Jogos em Atraso)

Aldeense 1-2 Luso Morense
Sp.Arcoense 0-0 Lavre
Cortiço 2-2 S.B. Outeiro

Classificação: 1ºEstremoz 40, 2ºValenças 31, 3ºArraiolense 29, 4ºLavre 26, 5ºArcoense 26, 6ºS.Manços 25, 7ºSantana 24, 8ºCabrela 23, 9ºMorense 22, 10ºCorval 20, 11ºAlcaçovas 18, 12ºRosário 17, 13ºCortiço 17, 14ºAldeense 15, 15ºBrotas 11, 16ºOuteiro 11, 17ºV.Cruz 5.

AGENDA DE FIM DE SEMANA


ACTIVIDADES

COLÓQUIO

-
Discussão pública do Plano de Salvaguarda e Reabilitação da Vila de Juromenha. Sexta-feira às 21h. na Junta de Freguesia de Juromenha.

- Iº Encontro de Associações Jovens do Alentejo. Sábado ás 15h. no Fórum Cultural e Transfronteiriço de Alandroal.

CINEMA

-
“O Garoto”, filme mudo de Charles Chaplin (1921), com banda sonora ao vivo a cargo da Banda E. M. de Alandroal. ( Ver programa próprio ).

LAZER

- Futebol Veteranos, Veteranos do CCD Terna Vs Alandroal United. Sábado ás 15h. em Terena.





ALANDROAL MONUMENTOSO, ESPECIAL

Já esta semana, no Alandroal Monumentoso, falei aqui no pelourinho de Juromenha aproveitando o facto de se estar a discutir o Plano de Salvaguarda e Reabilitação da Vila de Juromenha, hoje inclusivamente há uma sessão publica nas instalações da Junta de Freguesia de Juromenha, pelas 21 horas, referente ao tema.

Ainda dentro desta temática, gostaria de lhes dar a conhecer um trabalho sobre o património de Juromenha, estudado pelo GTL - Alandroal ( Gabinete Técnico Local ), para o Plano de Salvaguarda.

Este trabalho reforça a ideia em como o Concelho de Alandroal, neste caso Juromenha, é riquíssimo em património histórico e arquitectónico, ainda que por vezes esteja ao completo abandono, como é também o caso. Por isso a importância de se aprovar e executar o plano que se está agora a discutir.

Imóveis representativos do interior da fortaleza de Juromenha:

IGREJA DA MISERICÓRDIA

A fundação da Misericórdia da vila de Juromenha data do século XVI, contudo a igreja actual não é desse período, mas posterior, pois a primitiva foi destruída na explosão do paiol em 1569 (ESPANCA, 1978, p.44).

A fachada principal é composta por um portal de ombreiras rectas em mármore, uma empena triangular e encimado por uma janela de arco de volta perfeita. Sobre a empena existe um campanário com decoração baseada em volutas de enrolamento (ESPANCA, 1978, p.44). No cunhal direito desta fachada pode-se observar uma pedra mármore, possivelmente de lavor romano (ESPANCA, 1978, p.44).

A igreja apresenta uma planta rectangular, com uma nave e abóbada de berço. A capela-mor possuí arco - mor e três nichos abertos na parede frontal (ESPANCA, 1978, p.44). Os altares laterais estão tapados ou sem os seus ornamentos.

O interior da igreja encontra-se, totalmente, arruinado e o seu espólio, completamente, saqueado, só restando a base do púlpito, que se encontrava deitada por terra no interior do espaço e ameaçada pela eminente ruína do mesmo. Por iniciativa do Gabinete Técnico Local, em 2003, foi removida, encontrando-se actualmente à guarda do Município do Alandroal.
IGREJA DE SÃO FRANCISCO

A igreja de São Francisco, que albergava a Ordem com o mesmo nome, encontra-se num deplorável estado de conservação e muito descaracterizada devido às obras realizadas pela Direcção Geral dos Monumentos Nacionais, nos anos 60 do século XX (PAJUR, 2000, p.19).

O imóvel de planta rectangular, não contém telhado, nem alçado esquerdo. Da Sacristia subsistem alguns vestígios de estuques e de pavimento de tijoleira (PAJUR, 2000, p.19). Na fachada principal resiste, ainda, a portada de vergas rectas marmóreas (PAJUR, 2000, p.19).


CADEIA COMARCÃ

A cadeia comarcã foi construída na século XVII (ESPANCA, 1978, p.37), mas hoje em dia, só resta o alçado esquerdo encostado a uma antiga torre, que remota ao período romano (PAJUR, 2000, p.20).

O edifício de dois pisos, dispõem de uma fachada principal com três janelas gradeadas de ombreiras rectas e cantaria marmórea (ESPANCA, 1978, p.37). Da mesma cantaria e traça é o portal, que seria o único acesso ao imóvel (ESPANCA, 1978, p.37). As armas reais, trabalho relevado em alvenaria, localiza-se entre os lintéis das duas janelas cimeiras (ESPANCA, 1978, p. 37).
No interior encontra-se meia parede coberta de mármore, em ambos os pisos (PAJUR, 2000, p.20). Os três lanços de escada, em mármore, dão acesso ao primeiro andar, onde existe uma sala com lareira e vários espaços para acomodação do corpo de guarda (PAJUR, 2000, p.20). Ao centro deste piso, permanece uma pedra de mármore quadrada, antigamente gradeada, que servia para observar os prisioneiros, que estavam no piso térreo. Este piso inferior era coberto até meio por mármore e a entrada deveria ser feita por uma porta aberta na parede e que acedia à porta principal (ESPANCA, 1978, pp.37-38).


CASA DA GUARDA

A casa da guarda, em conjunto com a Cadeia Comarcã e a Torre forma um ângulo recto, que se situava numa pequena praceta (ESPANCA, 1978, p.37).

O edifício, apesar de muito arruinado, mantém as proporções originais e é composto por dois pisos: o térreo, onde eram as cavalariças e o superior, local de aquartelamento (ESPANCA, 1978, p.37). As portas e as janelas são de linhas rectas e de xisto regional (PAJUR, 2000, p.20).


QUARTÉIS

Os quartéis, conjunto de casarios construídos, possivelmente, em seiscentos, mas que sofreram alterações arquitectónicas posteriores. Os imóveis, de arquitectura tradicional alentejana, são baixos, de traça simples, edificados em alvenaria e sem cantaria (ESPANCA, 1978, p.37). Algumas destas divisões terão sido utilizadas como estábulos, pelos habitantes da vila (PAJUR, 2000, p.25). O conjunto encontra-se em avançado estado de ruína (PAJUR, 2000, p.25).


ANTIGA CASA DO GOVERNADOR

Da antiga Casa do Governador restam, apenas, alguns vestígios que nos permitem ter uma ideia da sua imponência arquitectónica, como é o caso das grandes salas com arcos de volta perfeita e o vasto espaço que a edificação ocupava na vila murada (PAJUR, 2000, p.21).

O terramoto de 1755 destruiu por completo o edifício e D. José ordena a sua recuperação, sendo desta época os vestígios existentes (PAJUR, 2000, p.21).


CISTERNA

A cisterna pública situada no interior da cerca, encontra-se muito arruinada e em parte entulhada.

De planta rectangular, com três naves, três tramos e arcos de volta perfeita, apresenta boca, em tijoleira presa com argamassa, de forma quadrada, sendo caiada no exterior (ESPANCA, 1978, p.37).

No exterior, em redor da cisterna, existiria um abrigo para quem fosse buscar água, restando, actualmente, de pé a portada (PAJUR, 2000, p.21).


IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO LORETO

Fundação
A origem da Igreja Matriz remonta, provavelmente, ao período da reconquista definitiva de Juromenha, no século XIII.

A primeira referência existente sobre a igreja data de 1255, com o nome de Santa Maria, aquando do acordo assinado entre a Ordem de Avis, o bispado e cabido de Évora, à qual pertencia como paróquia, para repor os direitos tributários episcopais (ESPANCA, 1978, p. 40).

A Matriz sofreu algumas reconstruções, nomeadamente, quando se deu a explosão de 1659 e após o Terramoto de 1755 (ESPANCA, 1978, p. 40).

Quase todas as irmandades de compromisso que teve foram aprovadas eclesiasticamente, à excepção da de São João Baptista (ESPANCA, 1978, p. 40). As outras irmandades foram Nossa Senhora do Loreto (confirmada em 1603), São Sacramento, Almas Santas (reformada em 1763) e Nossa Senhora do Rosário (ESPANCA, 1978, p. 40).
Nas primeiras décadas do século XX foi abandonada ao culto e as suas insígnias paroquiais mudadas para a sufragânea e restaurada ermida de Santo António, antes que o seu desmoronamento sacrificasse os poucos valores sumptuários. (ESPANCA, 1978, p. 40).
Caracterização arquitectónica e recheio artístico.

Igreja gótica, ainda hoje apresenta alguns vestígios, como é o caso do portal do século XIII/XIV, situado no alçado lateral esquerdo junto à Torre Sineira, um gigante e parte da antiga fachada de alvenaria (PAJUR, 2000, p.13). No citado alçado esquerdo é possível observar-se o reaproveitamento de alguma cantaria granítica romana. D. Dinis, dedicou esta igreja Matriz a Nossa Senhora do Loreto, Virgem, que nesta época, estava a fazer muitos milagres (PAJUR, 2000, p.13).

Igreja Nª Srª do Loreto – Torre Sineira e cúpula

A nova portada quinhentista, de lintel e ombreiras rectas, encimada por uma Cruz de Avis em mármore da época, foi aberta lateralmente ao lado de uma já existente, localizada junto à Torre Sineira. Esta porta, em granito, tem marcada uma Cruz de Cristo e um Signum Salomonis. A antiga porta, do século XIII/XIV, apresenta características góticas e é, também, encimada por um Cruz da mesma ordem, em estuque (ESPANCA, 1978, p. 41).
No ano de 1659, uma explosão, com consequências desastrosas, abateu parte do corpo da Igreja, tendo que se proceder à sua reconstrução. As alterações construtivas são visíveis na capela-mor, principalmente, na cobertura raiada e na sua planta quadrangular (ESPANCA, 1978, p. 41). O restante corpo da igreja é composto por planta rectangular, com três naves, cinco tramos, arcos de volta perfeita e colunas toscanas. Em conjunto com a Matriz, a Torre Sineira, de planta quadrada com quatro olhais, atesta a avultada obra realizada.

O interior da igreja seria ornamentado com estuques, que cobririam, possivelmente, todo o templo. No século XVIII, quando o estuque foi aplicado na capela-mor e rodapés, os painéis de azulejos setecentistas foram destruídos. A decoração da abside, neoclássica, utilizou a técnica de ilusão tromp l’oeil na imitação das janelas (PAJUR, 2000, p.15).

As cinco capelas laterais, de setecentos, seriam revestidas com frescos, como é o caso do altar das Almas (segunda capela da nave direita), onde, ainda, subsistem partes dos frescos policromados representando as almas no Purgatório. Infelizmente, estas encontram-se em avançado estado de degradação.
Matriz de Nossa Senhora do Loreto, capela-mor – Foto Paulo Jaleco

Cada capela possuía os seus oragos, as suas alfaias religiosas e objectos de adorno. O altar de evocação a Nossa Senhora do Rosário, primeiro altar lateral direito, continha, somente, a imagem desta Santa e era cuidado pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário (PAJUR, 2000, p.15). Esta irmandade detinha, para o seu sustento, diversas terras e recebia esmolas para a sua festa, actos de caridade e sepultura dos seus irmãos.

O altar das Almas Santas do Purgatório, sito na mesma nave, era cuidado pela Irmandade das Almas (PAJUR, 2000, p.15). Frescos de São Miguel salvando as alminhas do Purgatório (ESPANCA, 1978, p.41) decorariam esta capela.

O altar do orago do Senhor Jesus, com imagens de um Santo Cristo, São João Evangelista, Santa Maria Madalena e um Senhor morto no túmulo situava-se na nave lateral esquerda (PAJUR, 2000, p.15). Não se sabe ao certo qual a irmandade que aqui se localizava, podendo ser a Irmandade do Santíssimo Sacramento (PAJUR, 2000, p.15).

Nossa Senhora da Soledade encontrava-se no altar da nave lateral esquerda, assim como a imagem de São Joaquim e um pequeno crucifixo (PAJUR, 2000, p.15).

A maior parte destas imagens foram levadas para a Igreja de Santo António, aquando da extinção do culto na Igreja Matriz, no século XX.

Igreja de Nossa Senhora do Loreto, Torre Sineira e Porta da Fortaleza – Foto Paulo Jaleco

E é todo este património que tem de ser restaurado!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

ALANDROAL, ESTÁGIOS PROFISSIONAIS

Clique na imagem para ampliar.

Os interessados em concorrer a estes ou outros estágios, entrem em www.portalautarquico.pt

" I ENCONTRO DE ASSOCIAÇÕES JOVENS DO ALENTEJO "



Alandroal vai receber “I Encontro de Associações Jovens do Alentejo”

O Fórum Cultural e Transfronteiriço de Alandroal vai receber, no próximo dia 22 de Janeiro, a partir das 15:00 horas, o I Encontro de Associações Jovens do Alentejo. O evento vai ser organizado pela Associação Jovem de Santiago Maior e conta com o apoio da Câmara Municipal de Alandroal.

Com o objectivo central de preparar e discutir estratégias para a constituição de uma Federação de Associações Jovens no Alentejo, o encontro contará com a presença de cerca de quinze Associações Jovens, provenientes de toda a região Alentejana. Cada Associação participante deverá preparar uma pequena apresentação das suas actividades e contribuir com algumas ideias para a constituição da Federação. Propostas de nome, estatutos e corpos dirigentes, serão alguns dos aspectos abordados durante o encontro.

Carlos Bia, presidente da Associação Jovem de Santiago Maior, assegura que “é um privilégio organizar este I Encontro de Associações Jovens do Alentejo, com o objectivo de constituir a futura Federação de Associações Juvenis do Alentejo. Vamos receber uma comitiva de 20 dirigentes associativos representando os 3 distritos alentejanos, portanto, não poderíamos estar mais satisfeitos e honrados por ser o Alandroal a acolher este encontro."

Importa referir que a constituição de uma Federação de Associações Jovens no Alentejo vem possibilitar e fomentar a trocar de experiências e saberes entre as Associações que a venham a constituir. Além disso, pretende-se promover a criação de sinergias e o trabalho em rede. As Associações interessadas em participar no encontro poderão inscrever-se através do link http://ajcforms.wufoo.com/forms/federaaao/.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

XVI LIGA FANTÁSTICA AL-SPORT

Resultados da 12ª jornada da Liga fantástica Al-sport ´10, que se disputou à 16ª jornada da Liga Sagres.

Esta 12ª jornada da Liga Al-sport não trouxe grandes novidades, veio foi só confirmar um dado, a boa campanha do Guerra, nesta 2ª metade da 1º volta.

O pódio semanal ficou assim ordenado:

1º LUIS GUERRA- 55 PTS. Tinha dito anteriormente que este Treinador Fantástico não era o melhor do Mundo, e que se nunca anda no fim da tabela, também dificilmente o veriamos no topo. Olha... esta semana calou-me!

2º N.COELHO- 54 PTS. Este não desiste, quer revalidar o titulo conquistado na época transacta. Mas a concorrência é feroz.

3º RICARDO- 52 PTS. O Ricardo está a ser a grande surpresa pela positiva esta época. Está cada vez mais na luta pelo ceptro final.

Acumulado "top five":

Miguel ----- 491pts.
N. Coelho -- 482pts.
A. Bastos --- 479pts.
M. Carlos -- 472pts.
P. Faustino 471pts.

Esta semana saiu o Troco e reentrou o P. Faustino.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

CINEMA NO ALANDROAL EM EXPERIÊNCA INOVADORA

Fórum Cultural de Alandroal Exalta Magia do Cinema com Experiência Inovadora

“O Garoto”, filme mudo de Charles Chaplin, (1921) vai ser exibido com banda sonora ao vivo

O Fórum Cultural e Transfronteiriço de Alandroal vai receber, no próximo dia 22 de Janeiro, uma sessão de cinema, onde a banda sonora será interpretada, ao vivo, pela Banda da Escola de Musica do Centro Cultural de Alandroal, que vai ser acompanhada pelos músicos Óscar Graça (piano) e Nuno Costa (guitarra).

“O Garoto”, comédia dramática que estreou 1921, da autoria de Charles Chaplin (Charlot), é o filme que vai ser exibido, a partir das 21:30. O filme conta a história de um bebé que é abandonado pela mãe, por não ter condições de o criar. O bebé é encontrado na rua por um vagabundo, que acaba por o acolher e criar. Enquanto os anos se vão passando, o bebe e o vagabundo tornam-se uma dupla perfeita, engendrando esquemas para conseguir dinheiro para o seu sustento. Como curiosidade, refira-se que o filme é considerado uma das primeiras longas-metragens a combinar comédia e drama.

A exibição do filme esteve agendada para 29 de Outubro de 2010, no âmbito do FIKE (Festival Internacional de Curtas de Évora). No entanto, devido às características inovadoras desta experiência foi necessário intensificar os ensaios e adiar o evento.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Municipio de Alandroal.

Clique na imagem para ampliar.

ALANDROAL MONUMENTOSO

O PELOURINHO DE JUROMENHA

6ª Edição do "Alandroal Monumentoso". Esta é uma edição muito especial, pois irá dar-vos a conhecer o monumento menos visto e conhecido do Concelho de Alandroal. Menos conhecido e menos visto porque não está erguido em parte nenhuma, está guardado, pelo menos o que resta dele, num armazém municipal.

Já aqui falei no pelourinhos de Alandroal e Terena, deixei propositadamente para o fim desta trilogia o de Juromenha para falar nele quando fosse anunciado o inicio do Projecto de Recuperação da Fortaleza de Juromenha, porque estava prevista a restauração do monumento com a recuperação da fortaleza, mas agora parece-me apropriado falar do mesmo, uma vez que se está a discutir ao PLANO DE SALVAGUARDA DE JUROMENHA, assim e num trabalho do Gabinete Técnico de Alandroal ( GTL ) apresento-lhes a história conhecida do Pelourinho de Juromenha.

O Pelourinho terá sido construído após a atribuição do Foral de Leitura Nova a Juromenha, em 1512 (PAJUR, 2000, p.22). O monumento encontrar-se-ia junto aos antigos Paços do Concelho, na Praça da Fortaleza, perto do alçado esquerdo da Igreja Matriz da Nossa Senhora do Loreto (ESPANCA, 1978, p.38).

O Pelourinho de Juromenha está classificado como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto-lei nº 23: 122 de 11 de Outubro de 1933.

Base do Pelourinho de Juromenha

Os fragmentos atribuídos ao monumento foi encontrado abandonado e quebrado num quintal do arrabalde de Santo António (PAJUR, 2000, p.21), estando actualmente em posse do Município do Alandroal. Quando foi localizado apresentava-se quebrado na junção Base - Fuste e Fuste - Capitel, nesta última falta parte da cantaria e no capitel falta a coroa ou a cruz que o encimava (PAJUR, 2000, p.22). O seu estado de conservação é bom.

A base do Pelourinho, constituída por plinto e toro da Ordem Toscana, apresenta trabalho de seiscentos ou setecentos posteriores ao d fuste. A cimalha do toro, onde supostamente assentaria o fuste, possuiu um diâmetro superior a esse último, o que indica que a base não seria a original, mas um reaproveitamento (PAJUR, 2000, p.22). Alguns pelourinhos não tinham base, assentando o fuste directamente no chão ou numa plataforma, como são os casos dos pelourinhos do Canal, Arraiolos e Redondo (CHAVES, 1938), poderia, também, ser o caso do Pelourinho de Juromenha.

Pormenores do capitel do Pelourinho de Juromenha

O fuste apresenta sinais de trabalho à picota e um capitel de forma esférica, que está separado por dois hemisférios distintos, com ranhuras centrais que formam duas linhas contínuas e paralelas (PAJUR, 2000, p.22). A decoração é composta por círculos côncavos, que percorrem os dois hemisférios, unindo-se nos pólos do capitel por uma ligação, igualmente côncava. Toda a estrutura foi trabalhada em mármore do Alandroal (PAJUR, 2000, p.22).


Agradeço antecipadamente a colaboração dos leitores para um melhor conhecimento dos nossos monumentos, por isso, se alguém souber algo mais sobre este monumento, não se abstenha de participar, comente neste post.

Próxima edição do Alandroal Monumentoso, A Pedra Alçada.

PLANO DE SALVAGUARDA DE JUROMENHA EM DISCUSSÃO

Sessão pública dia 21 de Janeiro apresenta directrizes a todos os interessados

O período de discussão pública do Plano de Salvaguarda e Reabilitação da Vila de Juromenha prevê a realização de uma sessão de apresentação e esclarecimento da proposta do Plano, a realizar no próximo dia 21 de Janeiro, pelas 21,30 horas, na Junta de Freguesia de Juromenha.

Vista aérea de Juromenha e Monte Branca.

Este Plano baseia-se numa proposta de intervenção que passa pela regeneração de uma área habitacional profundamente envelhecida, pela recuperação e ocupação do interior da Fortaleza de Juromenha, com um projecto turístico numa parceria públicoprivada, e com a salvaguarda de áreas patrimoniais naturais e construídas. Subjacente ao Plano está uma estratégia de desenvolvimento sustentado para a Vila de Juromenha, com o seu património riquíssimo e a sua localização estratégica, onde Alqueva começa, como um dos pilares do desenvolvimento turístico de todo o concelho de Alandroal.

Recorde-se que o Plano de Salvaguarda e Reabilitação da Vila de Juromenha começou a ser elaborado em Novembro de 2003, ainda pelo Gabinete Técnico Local – GTL, e que se encontrava num longo impasse à data da tomada de posse do novo executivo municipal, sem parecer favorável do Turismo de Portugal e do IGESPAR. O trabalho entretanto desenvolvido permitiu obter estes pareceres, encerrar o processo de conferência de serviços e levar o Plano para discussão pública.

Depois da entrada em vigor do Plano de Salvaguarda de Juromenha estarão reunidas todas as condições para que o projecto turístico para a fortaleza de Juromenha possa avançar. O projecto prevê a construção de um hotel de luxo, turismo rural, habitação, comércio e serviços previstos para o interior da muralha. A construção de um cais fluvial, um ancoradouro com restaurante e uma estação de serviço de apoio a embarcações são as outras infra-estruturas previstas no projecto.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Alandroal.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

ELECTRICIDADE, NOVA TARIFA SOCIAL


Tarifa Social da electricidade disponível para cidadãos carenciados.

Os consumidores em situação de carência económica podem beneficiar, já em 2011, da Tarifa Social que garante a subida de apenas 1% no preço da electricidade. Para isso devem apresentar um comprovativo da sua situação até 30 de Junho 2011.

O Decreto-Lei n.º 138-A/2010, de 28 de Dezembro, criou uma Tarifa Social para proteger as pessoas em situação de carência económica perante as variações do preço da electricidade.

Podem beneficiar dessa tarifa os cidadãos que recebem o complemento solidário para idosos, o rendimento social de inserção, o subsídio social de desemprego, o abono de família (primeiro escalão) ou a pensão social de invalidez, desde que sejam titulares de um contrato de electricidade com potência eléctrica igual ou inferior a 4,6 kVA, informação que pode ser confirmada na factura.

O desconto aplica-se apenas à electricidade usada para fins domésticos, em habitação permanente, e os consumidores têm até 30 de Junho 2011 para entregar ao comercializador de energia contratado uma declaração que lhes será enviada pela Segurança Social a comprovar que recebem um dos apoios referidos.

Fonte: Portal do Cidadão.

PRESIDENCIAIS 2011


As eleições Presidenciais são já no próximo Domingo, dia 23 de Janeiro de 2011. O Alandroalandia dá-lhes a conhecer os candidatos e os links dos sites oficiais, para que possam conhecer melhor cada candidato.

Cavaco Silva – Presidente desde 2006, recebeu apoio do Partido Social Democrata, do CDS – Partido Popular e do Movimento Esperança Portugal.
Site de Cavaco Silva

Defensor Moura – independente, membro e deputado do Partido Socialista.
Site de Defensor de Moura



Francisco Lopes – apoiado pelo Partido Comunista Português e pelo Partido Ecologista “Os Verdes”.
Site de Francisco Lopes

José Manuel Coelho – deputado do PND-Madeira.
Site de José Manuel Coelho

Manuel Alegre – apoiado pelo Partido Socialista, pelo Bloco de Esquerda e pelo Partido Democrático do Atlântico.
Site de Manuel Alegre


Fernando Nobre – independente, presidente da AMI.
Site de Fernando Nobre

Pode ainda acompanhar as "ultimas" da campanha e votar no barómetro das Presidenciais, no site oficial das Presidenciais 2011. Aqui.

NO DOMINGO É IMPORTANTE QUE CADA UM EXERÇA A SUA CIDADANIA E DIREITO DE VOTO.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

ALANDROAL, AUTARQUIA REUNIU COM G.N.R. E JUNTAS DE FREGUESIA PARA MELHORAR TRANSPORTES ESCOLARES

O Executivo da Câmara Municipal de Alandroal reuniu com representantes da Guarda Nacional Republicana (GNR) e das Juntas de Freguesia do concelho, no passado dia 14 de Janeiro, com o objectivo de afinar estratégias para aumentar a segurança e a qualidade dos transportes escolares.

Actualmente, ainda existem alguns ajustes a fazer, nomeadamente nos veículos das Juntas de Freguesia, que ainda não estão totalmente adaptados para o transporte de crianças. Também ao nível da formação de motoristas e das acompanhantes estão a ser preparadas acções que formação que os capacitem para fazer o transporte das crianças da melhor forma.

É preciso lembrar que as juntas de freguesia não têm capacidade financeira para comprar novas carrinhas e, adaptar as actuais, também é bastante caro. Neste contexto, a reunião de trabalho serviu para se apurar onde é que a Autarquia pode ajudar, nomeadamente alterando as carreiras existentes ou, eventualmente, colocando mais um autocarro no apoio aos transportes que as Juntas de Freguesia têm a seu cargo.

De referir que a Câmara Municipal de Alandroal só está em condições de poder ajudar as Juntas de Freguesia e, em consequência, prestar um melhor serviço nos transportes escolares do 1º ciclo, porque fez uma reestruturação no sector dos transportes, afectando à Rodoviária do Alentejo os transportes das crianças do 2 e 3º ciclo.

BOLETIM MUNICIPAL " COORDENADAS "

O Boletim Municipal Coordenadas, na sua edição nº3, começou esta semana a ser distribuído à população no formato papel, em simultâneo, o Gabinete de Imprensa do Município está a disponibilizar o boletim em formato digital às plataformas digitais.

A acompanhar o Coordenadas vem um extenso anexo com as deliberações da Câmara Municipal de Alandroal, o " Plano de Intervenção e Combate à Crise e Medidas de Redução da Despesa do Município " e uma lista de fornecedores a quem a Câmara pagou no passado, recorrendo ao "factoring".

Por ser um folheto muito extenso, é editorialmente desaconselhável a sua publicação na integra, assim deixo-vos aqui o link onde o podem ver na totalidade. COORDENADAS

No entanto gostaria de destacar o anuncio da contra-capa do Coordenadas: A realização da " II MOSTRA GASTRONÓMICA DO PEIXE DO RIO ", que é já no próximo mês de Fevereiro, de 18 a 27, mais precisamente. O Município de Alandroal " Volta a fazer render o peixe "!

Clique na imagem para ampliar.

domingo, 16 de janeiro de 2011

A TERTÚLIA DE SEXTA À NOITE

TERTULIANOS , suas "alarvidades" e leviandades


Ordem de Trabalhos:
1. Cozido à Portuguesa. ( Este ponto é variável semanalmente ).


Menu sempre muito solicitado e apreciado pelo tertulianos e desta vez não fugiu à regra, se mais houvesse, mais se tinha comido. Principalmente a farinheira cozida, que é de entre os enchidos, sempre o mais disputado. Quem não teve tempo de a disputar foi a Ladyleo, distraiu-se com a conversa e nem a cheirou, ficou indignadissima. Não sei se é defeito se feitio, mas as mulheres acontece-lhes muitas vezes isto, conversam, conversam e quando dão por ela! já passou...

2. Discussões infundadas, sobre matérias que não percebemos. ( Este ponto é invariável).

A sessão de sexta-feira foi longuíssima, os assuntos variados, mas mais uma vez pouco apanhei, pois a Tertúlia estava muito alargada e com algumas discussões muito longe do meu limite auditivo.

Ainda assim posso dizer que a conversa começou bem e prometedora, era sobre sexo. Principalmente o "Air-fado" e a "Folk", que estavam com os níveis da libido no vermelho. A contenda entre estes dois não chegou a "vias de facto", porque o "Air-fado" jogou uma cartada infeliz, ao considerar que « nem sempre as mais bonitas, são as melhores ». Com uma jogada destas "lerpou", como outros ao longo da noite e fez a "Folk" arrepiar caminho.

Ainda alguns começavam a saborear o tema e já o "Aphia" estava: Presidenciais? Então as Presidenciais? E pronto, "morreu" o sexo para dar lugar à politica!

Na Tertúlia há de tudo um pouco, mas a julgar pelas posições e reacções, o Nobre e o Alegre colhem a maioria da simpatia, com os Cavaquistas e Lopistas a serem menos entusiastas. Dos restantes nem os nomes foram pronunciados. Mas digo-vos já que a discussão não foi "bonita", muito parecida com os debates televisivos dos políticos. Ninguém apresentou ideias, nem politicas, nem sequer a defesa de candidatos.

O que é que se fez? Apontar defeitos aos outros candidatos, denunciar podres dos outros e ninguém quer saber das ideias do candidato que apoia! Isto é o espelho da politica nacional, importada para a politica local!

Mais ou menos consensual foi o facto de se admitir, que, ganhe quem ganhar, e aqui foram equacionados o Cavaco, Alegre e Nobre, o Pais fica exactamente na mesma, nem pior nem melhor, independentemente de quem venha a ser o Presidente da Republica. Pois considera-se que um Presidente da Republica não tem poderes governativos.

Já fora das Presidenciais, mas ainda falando de politica, quando se discutiam os sistemas capitalista e socialista, o "Aphia" conquistou proeza de receber duas nomeações para alarvidade da noite, escolha o leitor qual a maior:

Há cerca de 25 anos o pai do "Aphia" foi à ex-URSS e o petiz só fez um pedido, a Perestroika. Conta agora o "Aphia", « Ao olhar para a Perestroika e apesar de não perceber nada de cirílico, percebia-se que era um livro grandioso »!

Ou esta: « O socialismo é uma invenção comunista »!

Até para a semana, Rosinha.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

COMUNICADO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ALANDROAL



ALERTA GERAL






É obrigação das associações de bombeiros alertar as populações que abnegadamente servem para o que aí vem. A Administração do Estado, nomeadamente o Ministério da Saúde, pensando apenas nos aspectos economicistas para superar a crise do deficit orçamental, que, os próprios Governantes criaram ao longo dos anos, está dar uma machadada no Serviço Nacional de Saúde, logo com prejuízo directo e evidente para os Utentes, e de entre eles também para os mais desfavorecidos.

A nossa Região/Distrito é pobre, vivendo a grande maioria das populações no activo, de vencimentos perto do ordenado mínimo nacional e os não activos, isto é, os reformados, de pensões de miséria.

Perante todo este quadro cinzento a rondar o negro, o Ministério da Saúde, através dos seus braços armados – ARS, Hospitais, Centros de Saúde – procedem agora a restrições profundas na emissão de credenciais para o transporte de doentes.

As consequências mais gravosas são, como é evidente, para os utentes que, em alguns casos, sem recursos económicos, irão deixar de ir a consultas e tratamentos, acelerando a sua morte o que, para os serviços é um bem, macabro mas real. Mas as consequências não são só para os desesperados dos utentes.

As Associações de Bombeiros para onde, por incrível que pareça, a ARS e os Centros de Saúde empurram as pessoas – Utentes – indicando-as como a solução para o problema mas não pagando, vêm-se confrontadas com pessoas que necessitam de serviços e sem dinheiro para pagar, ficando com o odioso da questão. Nos últimos anos as Associações de Bombeiros, foram-se munindo de meios humanos e materiais para corresponderem, com prontidão e eficiência, às solicitações que da parte do Serviço Nacional de Saúde iam surgindo em catadupa. Compraram ambulâncias, empregaram pessoas e agora?

Agora sem serviços, os gestores, também eles voluntários nas Associações, vão ser obrigados a vender parte desses meios, designadamente ambulâncias, e a despedir grande parte dos assalariados entretanto admitidos. Com tais medidas as Associações deixarão necessariamente de poder acudir a todas as chamadas de emergência ou não, não só para o Serviço Nacional de Saúde, mas também na própria segurança na área da protecção civil, por falta de bombeiros.

E quando chegar o verão e os incêndios? Sem Bombeiros para os combater que fazer?

E, se esta situação é gravosa, o que dizer do aumento de desemprego para o qual iremos contribuir com as agravantes resultantes dos despedimentos e a sua consequência económica para a vida das Associações.

Tudo isto é inacreditável, mas real e com consequências gravíssimas para as populações.

Numa altura em que o Associativismo está cada vez mais em decadência e o voluntariado em decréscimo, é dada esta machadada nos Bombeiros que assim ficam realmente em perigo.

A situação é esta e as entidades e população em geral devem tomar as atitudes e os procedimentos que entenderem necessários tanto mais, que, a postura do Ministério da Saúde, tão depressa assina acordos e protocolos, como mais depressa ainda os viola, mantém agora uma atitude unilateral de força e intransigência não revendo a sua atitude face ao transporte de doentes não urgentes.

Apelamos à compreensão e ao apoio das populações para com os seus Bombeiros.

Évora, 13 de Janeiro de 2011
A Federação dos Bombeiros do Distrito de Évora
Loading...