terça-feira, 29 de janeiro de 2008

C R JUROMENHA - ATLETISMO




Critério Paulo Guerra

Realizou-se no dia 26, em Montemor-o-Novo, a 4ª. e última prova da edição deste ano do " Critério Paulo Guerra ", em Corta-Mato.

O C.R.J. fez-se representar por 7 atletas, que tiveram uma prestação global positiva. Paulo Moreira, ao conseguir o 2º. lugar no escalão de juvenis, voltou a ser o atleta em destaque, tendo , neste escalão, Fábio Tavares obtido o 5º. lugar e Nuno Mourinho o 9º. Francisco Tavares foi 9º. em benjamins, David Tavares, 4º. em infantis e Carlos Maneiras, 13º. no escalão sénior. A única representante feminina, Cátia Serra, classificou-se em 4º. lugar em absolutos femininos, sendo, no entanto, a 2ª. do seu escalão.

Colectivamente, e apesar do número reduzido de atletas, o Clube de Rugby de Juromenha conseguiu o 5º. lugar final , repetindo a classificação do ano passado. O G.D.Diana, de Évora, sagrou-se vencedor da competição.

CARNAVAL 2008 - ORVALHOS

CARNAVAL 2008 - ALDRABAR

CARNAVAL 2008 - INTERDITO BAR

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

C R JUROMENHA - RUGBY


O C. R. Juromenha, deslocou-se ontem ao Couço para disputar, contra o R. C. Montemor a ultima partida da 1ª fase da 2ª Divisão Nacional de rugby.

A equipa de Juromenha, necessitava de pelo menos um empate, para aspirar a estar presente na seguinte fase.

Mas fase ao poderio da equipa de Montemor, tal não foi possível, saldando-se a contenda em:

Rugby Clube de Montemor 37 - Clube Rugby de Juromenha 10

SERÁ VERDADE? ALELUIA IRMÃOS!!!

REFORMA DO ESTADO

Administração pública vai " pagar a tempo e horas"

O Conselho de Ministros de 24 de Janeiro aprovou, na generalidade para consultas, o Programa «Pagar a Tempo e Horas», que visa a redução gradual, sustentada e significativa dos prazos de pagamento a fornecedores praticados pelas entidades públicas.

Serão, nomeadamente, simplificados os procedimentos administrativos de controlo da gestão orçamental e estabelecidos objectivos de prazos de pagamento aos serviços públicos, havendo sanções para os incumpridores.

As regiões autónomas e os municípios poderão, em certos casos, contratualizar empréstimos de médio e longo prazo, ao abrigo da Lei do OE 2008, para substituir dívida comercial contraída.

JUROMENHA - APRESENTAÇÃO DO PROJECTO


Já foi no Sábado passado, mas ainda mantém a actualidade a apresentação do projecto de requalificação da Fortaleza de Juromenha.

De relembrar que este projecto vai criar 100 postos de trabalho directos, numa zona muito carenciada de emprego, como é todo o interior Alentejano.

Clique aqui para ver o vídeo, videos.sapo.pt

domingo, 27 de janeiro de 2008

A. F. ÉVORA - TAÇA



Este fim de semana, não se disputou qualquer jogo para os campeonatos regionais da A.F.E.
Disputou-se apenas um jogo em atraso para a Taça da A.F.E.

São Manços 2 - Azaruja 0

Depois deste jogo, ficou assim o alinhamento para a 3ª eliminatória

DIA 10 DE FEVEREIRO DE 2008 14:30 horas

Torre de Coelheiros - Atl. Reguengos
B.S.António - J S Alandroalense
Alcaçovense- Oriolense
S. Manços - Luso Morense

sábado, 26 de janeiro de 2008

ALQUEVA "DA MAIOR IMPORTÂNCIA"


Alqueva. Projectos turísticos vão criar 3.754 empregos

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje que os complexos turísticos projectados para o distrito de Évora, sobretudo para o Alqueva, são da «maior importância», devido ao peso nacional do sector para o emprego, exportações e investimento.

José Sócrates falava no final de uma sessão, hoje realizada na vila medieval de Monsaraz, onde foram apresentados 11 novos projectos turísticos de «excelência» para o distrito de Évora, num investimento de quase dois mil milhões de euros e que prevêem a criação de 3.754 postos de trabalho.

«Estes projectos turísticos, com grande qualidade ambiental, são da maior importância», disse Sócrates, destacando o peso económico da actividade turística em Portugal.

O Chefe do Governo enumerou ainda outros investimentos públicos em curso ou projectados para o Alentejo, como a ligação ferroviária de alta velocidade entre Lisboa e Madrid, atravessando o Alentejo, o aeroporto de Beja e complexo industrial e portuário de Sines.

Os onze novos projectos turísticos previstos para o distrito de Évora, sobretudo para Alqueva, representam um investimento total de 1,8 mil milhões de euros.

Quatro dos complexos estão projectados para Évora, dois para Reguengos de Monsaraz e outros dois para Mourão, estando os restantes previstos para Alandroal, Redondo e Montemor-o-Novo.

O projecto para o concelho do Alandroal, é feito através de uma empresa municipal de capitais mistos, vai aplicar 20 milhões de euros na recuperação e reabilitação da antiga Fortaleza de Juromenha, criando 71 habitações, para aluguer turístico e venda.

C R JUROMENHA - RUGBY


O C.R.J./A.I.R.Guadiana tem, no próximo domingo, no magnífico relvado da Estalagem do Sorraia, no Couço, um encontro importantíssimo com o R.C.Montemor. O CRJ necessita, pelo menos, de um empate , para conseguir apurar-se para a 2ª. fase, do Campeonato Nacional da 2ª divisão.

Tarefa que se antevê difícil, mas não impossível , face ao que aconteceu na partida da 1ª. volta, em que os atletas de Juromenha, apesar de derrotados por 10-6,deram mostras de conseguir vencer a equipa de Montemor.

C R JUROMENHA - ATLETISMO

Hoje sábado, dia 26, em Montemor-o-Novo, disputa-se a quarta e última prova deste ano do Critério Paulo Guerra, em Corta-mato.

O Clube de Rugby de Juromenha irá estar presente com alguns atletas, entre eles Cátia Serra e Paulo Moreira, que, no passado fim de semana, foram uma vez mais convocados pela Associação de Atletismo de Évora para uma acção de formação, de fundo e meio-fundo, que decorreu em Vendas Novas.

SIMPLEX ACABA COM ESCRITURA PÚBLICA


O Alandroalandia chama a atenção de quem vai vender, comprar ou herdar casa.

O Governo está a ultimar um decreto-lei que acaba totalmente com a obrigatoriedade de escritura pública para as transmissões de imóveis, incluindo compra, venda, doação e alienação por herança.

No projecto de diploma (que altera o decreto 255/93), diz-se que as escrituras vão poder ser realizadas por "documento particular autenticado, sendo que as conservatórias, os advogados, os solicitadores e as câmaras de comércio e indústria, já o podem fazer com segurança acrescida".

Esta medida, vai fazer que os cidadãos que pretendam efectuar qualquer transmissão de imóveis, poupem cerca de mil euros e essa mesma transmissão seja muito mais célere.

PROJECTOS PARA O ALQUEVA


A barragem do Alqueva é o principal ponto de atracção para os 11 projectos do sector turístico no distrito de Évora que serão hoje apresentados na vila medieval de Monsaraz, numa sessão que conta com o primeiro-ministro, José Sócrates.

O pacote de projectos representa investimentos no valor global de quase dois mil milhões de euros (1876 milhões) no distrito de Évora divididos por 11 projectos cujas obras, na maioria dos casos, arrancam este ano.

O projecto de maior dimensão é o Parque Alqueva, que prevê mil milhões de euros e a criação de dois mil postos de trabalho ao longo de duas décadas. O promotor é a Sociedade Alentejana de Investimentos e Participações de José Roquette. Classificado como PIN (Projecto de Interesse Nacional), o Parque Alqueva prevê aldeamentos turísticos, hotéis, agricultura biológica, campos de golfe, centros equestres e de conferências, desporto náutico e unidades de saúde. O projecto, cujo estudo de impacte ambiental está em consulta pública, aguarda também a declaração de utilidade pública dos terrenos.

Ainda em Monsaraz, fica a Herdade do Barrocal onde será realizado um investimento de 90 milhões de euros promovido por uma parceria entre a família Maria do Carmo Martins Pereira e o grupo Aquapura, de Diogo Vaz Guedes, António Mexia e Miguel Simões de Almeida. Um hotel, unidades de alojamento e agricultura biológica são as valências.

O concelho de Mourão irá receber dois projectos. A Herdade das Ferrarias é uma parceria da Guadiana Parque e do Grupo Bernardino Gomes e prevê um investimento de 75 milhões de euros num hotel, zona desportiva, aldeamento turístico, e um "Medical SPA". Na Herdade do Mercador, o Grupo Sousa Cunhal quer investir 120 milhões de euros numa área com hotel, centro náutico, SPA e aldeamentos turísticos. O grupo conta ainda investir 45 milhões de euros na Herdade das Valadas em Montemor-o-Novo, num aldeamento turístico de luxo com heliporto, pomares de citrinos, e vinha.

Évora recebe quatro projectos. A Frontino de Jaime Antunes vai aplicar 250 milhões de euros no Évora Resort que prevê dois hotéis, residências, complexo de desporto ao ar livre, agro-pecuária e vinha. Para a herdade dos Almendres, está previsto um investimento de 100 a 150 milhões de euros com hotel e campo de golfe. O pacote tem ainda dois hotéis para a cidade de Évora. No Redondo, o grupo Atlântica investirá 100 milhões de euros na Herdade da Palheta, com hotel, turismo imobiliário e equipamentos de lazer. No Alandroal, uma empresa municipal de capitais mistos aplicará 20 milhões de euros na reabilitação da antiga Fortaleza de Juromenha

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

FORTALEZA DE JUROMENHA

O Director-Geral do Tesouro e Finanças, Dr. Durães da Conceição e o Presidente do Município do Alandroal, João Nabais, no momento da assinatura.

Ontem de tarde foi dado o primeiro grande passo, para o surgimento do grande projecto de requalificação da Fortaleza de Juromenha.

Decorreu no Auditório do Edifício Sede do Município de Alandroal, a assinatura formal do Auto de Cessão a Título Definitivo do “Castelo” correspondente ao interior da Fortaleza de Juromenha, por parte da Direcção-Geral do Tesouro e Finanças ao Município de Alandroal.

Agora todos os Alandroalenses e em especial os Juromenhenses, já podem dizer, "tomámos o castelo"!.

Ainda, e para dar sequência ao desenvolvimento do dito projecto, o 1º Ministro José Sócrates estará amanhã no castelo de Monsaraz no âmbito da iniciativa “Governo Presente”, para apresentar o programa, " Évora - Novos Projectos Turísticos de Excelência ". Onde também estará incluido o projecto da Fortaleza de Juromenha.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

DIVULGAÇÃO - ESCOLAS DE FUTEBOL

NOTA INTRODUTÓRIA.

Quem me conhece e me atura no dia à dia, sabe qual a minha opinião em relação à politica do desporto para o Concelho. Deve começar desde tenra idade, com o apoio das autarquias, clubes, escolas, pais e sociedade civil.

Só assim se conseguem resultados, tanto desportivos como de integração social e educativos.

Ora aqui temos uma iniciativa, que vai de encontro aquilo que sempre tenho defendido. Por isso apelo aos pais que tenham filhos das idades referidas nos cartazes abaixo, que incentivem os seus petizes a estarem presentes nos locais assinalados.

CINE - FÓRUM, ALTERAÇÃO

Aos mais desatentos o Alandroalandia informa que, a película a passar no Fórum esta sexta feira dia 25, será: " ELAS NÃO ME LARGAM ".

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

DIVULGAÇÃO - INTERDITO BAR

DIVULGAÇÃO - ALDRABAR




PENSAMENTOS DO EDITOR - ASSALTOS



Nos últimos dois anos, a Vila do Alandroal tem sido fustigada por uma onda de assaltos sem paralelo.

Que eu me recorde e socorrendo-me só da memória foram assaltados a Casa da Mala, a Junta de Freguesia, o Bar do Mercado, o Bar das Piscinas, O Papa-tudo, a Al-sport, o Talho Varandas, a Igreja de Nª Srª da Conceição, o Centro Paroquial, a Pastelaria Arco-iris, a Loja da D. Graciete, o Restaurante Monte Maria, as Bombas de Gasolina, a Alandroqueijos e a noite passada o Mini Mercado Elsa Lérias. Alguns destes já foram assaltados mais do que uma vez.

Como podem constatar, só referi casas comerciais e instituições da Vila, porque do resto do Concelho e de particulares a maior parte não chega ao meu conhecimento.

Eu sei, vocês sabem, que o problema não é exclusivo do Concelho do Alandroal, nós ouvimos nas noticias todos os dias e cenário é assim por todo o pais. E Segundo parece é da conjuntura actual de falta de emprego, imigração ilegal, toxicodependentes, núcleos familiares degradados....

Em minha opinião, o problema reside e resume-se a uma só palavra, IMPUNIDADE.

Acham normal que de entre tantos assaltos, nenhum “meliante” tenha sido capturado? Há excepção de um que foi denunciado pela família.

Eles fazem-no porque gozam de total impunidade, sabem que se forem capturados, não serão punidos. E as autoridades se os capturarem, sabem que eles “já” não serão mais punidos. São INIMPUTÁVEIS, querem que repita? Não vale a pena já entenderam.

Há até quem diga: “... háaa, os furtos são de pouca monta.”, “ ... coitados andam a passar fome.”, “...tá mal, mas por uma questão humanitária e tal...”

Certo e sabido, é que reina um clima de insegurança nas pessoas, que as traz preocupadas e que as está a levar a reforçar a segurança dos seus pertences. Ao ponto de quererem comprar armas de fogo para se protegerem, como alguns já comentaram comigo.

E depois é tipo far-west? O mais provável, se até lá nada for feito, é um dia um assaltante, armado ou não, entrar na propriedade de alguém e esse alguém por infelicidade estar lá e armado. Reacções? Consequências? Imprevisíveis, mas que algum dia alguém se vai aleijar, ai vai..., vai...

Mas nós não queremos que isso aconteça, ou queremos?

Então se não queremos, que se reuna já o Conselho Municipal de Segurança e a Protecção Civil competente.

Manuel Varandas.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

LIGA AL-SPORT, VENCEDORES

Paulo Tátá. Vencedor da Liga na época 96/97

Esta semana, a Liga Fantástica Al-sport teve mais uma jornada de descanso.

Sendo assim, aproveito para lhes apresentar mais um vencedor da Liga Al-sport.

O inexplicável vencedor da época 1996/1997, foi o Paulo Tátá. Que logo no ano em que se estreou na Liga venceu!

Génio?, Sábio?, Inteligente?, Muito à frente?, Era a pergunta que todos fazíamos. Como tinha possível que um "rookie", tenha ganho a Liga!

O mistério desvendou-se na época seguinte, quando o referido treinador foi apanhado a tentar subornar o contabilista da Liga e este o denunciou.

Ao treinador foi aplicada uma multa exemplar, que não aceitou e apresentou recurso. Ao recurso, não foi dado provimento e afastou-se da Liga.

Eu, ainda hoje penso que se afastou por vergonha, de ter sido apanhado em flagrante delito. Porque é uma pessoa séria, afastou-se. É um problema daqueles que têm uma costela benfiquista, boas pessoas, mas sempre a tentar corromper os " centros de decisão ".

No entanto, o contabilista, pessoa acima de qualquer suspeita, assegurou que no ano transacto "facilitou", o normal tratando-se de um novo Treinador. Pelo que o titulo de Melhor Treinador do Ano, foi-lhe entregue com inteira justiça.



Sala de Sessões da Marisqueira em Santiago Maior, onde decorreu a Assembleia de consagração do Treinador Paulo Tátá.

PESAMENTOS DO EDITOR - "GAZEADOS"

No espaço de três dias rebentou a “Bomba a Gás”, em Évora e Lisboa. Bem, em Lisboa parece que não foi bem assim, depois de evacuado todo um quarteirão da Capital, apurou-se que foi um “descuido” mal cheiroso de uma funcionária da faculdade de farmácia.

Mas o alerta já estava dado, e o Pais já não dormiu descansado e muito menos os Eborenses, depois de duas explosões sem que se soubesse a origem das fugas.

Mas antes de acontecerem estas desventuras, já eu sabia que os ares de Évora eram diferentes. Amigos que foram para lá, aqui do Alandroal e de outras paragens, até que eram” atiladinhos”, mas agora quando os vejo, parecem Judeus acabados de sair das câmaras de gás do campo de extermínio de Auschwitz, estão completamente “ esgazeados”, ou será que já eram!?


A sério, será o gás canalizado uma boa opção?

Num pais, onde ninguém se responsabiliza por nada, onde os seguros se descartam sempre e a culpa morre solteira, será que é boa ideia investir-mos nas nossas casas numa rede de gás canalizado?

As minhas dúvidas ganham legitimidade, porque a lei que regula as novas construções, obriga a que a planta de qualquer casa tenha projecto de gás canalizado, entre outras obrigatoriedades.

E tudo isto comporta mais custos, que fazem aumentar o preço final das casas. E o preço que pagamos a mais, traduz-se em segurança? Que afinal é o que mais importa.

Depois do que vimos em Setúbal, vários andares de um prédio completamente devastados, em Évora, dois rebentamentos que deixaram uma mulher gravemente ferida e várias famílias desalojadas. Recordo-me de ver na Holanda, um quarteirão inteiro ficou completamente destruído.

Em Portugal, a maioria das canalizações actuais, são relativamente novas. Mas e quando começarem a precisar de manutenção? Nós sabemos como funciona o Português!

Fica sempre para depois, o particular porque é desleixado ou não tem dinheiro, a empresa concessionária porque quer ter mais e maiores lucros. E sabe se houver azar, em tribunal safa-se sempre, porque no nosso pais, nunca se apuram responsabilidades.

O “ depois “, para muita gente, pode já ser demasiado tarde. E um dos meus lemas é a prevenção, por isso todos esta interrogações neste meu pensamento.

Também eu vou construir uma casa nova, onde não posso “fugir à dita tubagem, mas não será aconselhável a tradicional “ bilha”? Ao menos se eu for descuidado, rebento só com a minha casa e não com o quarteirão todo. E ainda fico com a esperança de um dia me aparecer à porta a imortalizada “menina do gás”!

Se houver algum sábio na matéria, por favor dê uma ajudinha a elucidar este pobre leigo e de certeza que ajudará muitos outros que têm as mesmas duvidas.

Manuel Varandas.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

C R JUROMENHA - RESULTADOS



C.R.JUROMENHA/A.I.R.GUADIANA-14;R.C.LOULÉ-10

O C R Juromenha obteve uma importante vitória sobre o R.C.Loulé, mas que pode ser escassa para os objectivos pretendidos.

O jogo não foi muito bem jogado,mas foi bastante disputado, havendo um ascendente do CRJ, nomeadamente na 2ª. parte, onde dispôs de algumas ocasiões para aumentar a vantagem. A equipa algarvia deu uma excelente réplica, conseguindo marcar um ensaio na 2ª. parte, bastante consentido pelas linhas atrasadas, que lhe deu uma vantagem momentânea no marcador.

Faltam agora disputar 2 encontros desta fase, o próximo dia 27, no Couço, com o R.C.Montemor e o seguinte em Loulé, tendo o CRJ de , pelo menos, empatar um deles, para seguir em frente.

Pelo CRJ jogaram : Florido, Nico e Gonzalo, António e Pepe, Jordi, Jesus Herrera e Fino ( 5 ); Epa e Guillermo; Luisma, Patrico, Fonta e Casaseca, Román ( 5+2+2 ).Jogaram ainda Paulo Lourenço, Victor, Manuel Couto, javier, Yaco e Porri.


domingo, 20 de janeiro de 2008

A.F. ÉVORA - RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES


Bencatelense 2- Oriolenses-1
Monte Trigo 0- O Calipolense-1
Estremoz 0- T. Coelheiros-6
Alandroalense 0- At. Reguengos-2
Borbense 0- Escouralense-1
Sp. Viana 1- Redondense-2
São Manços 0- Portel-4

1º Reguengos 39, 2ºM.Trigo 28, 3ºCalipolense 26, 4ºPortel 23, 5ºAlandroal 21, 6ºEscoural 20, 7ºOriola 17, 8ºBencatelense 16, 9ºRedondo 15, 10ºTorre 14, 11ºViana 13, 12ºBorbense 8, 13ºS.Manços 7, 14ºEstremoz 3

SERIE A

Arraiolense 2- Valenças-2
Canaviais 1- Luso Morense-4
Aguiar 0- Giesteira-6
Fazendas do Cortiço 2- Cabrela-0
Brotense 1- Alcaçovense-2

1ºMora 32, 2ºArraiolense 25, 3ºCabrela 22, 4ºValenças 20, 5ºGiesteira 20, 6ºCortiço 16, 7ºAlcaçovense 16, 8ºCanaviais 15, 9ºSantana 9, 10ºBrotense 4, 11ºAguiar 1


SERIE B

Vera Cruz 1- Rosário-1
Santiago Maior 3- Perolivense-1
Arcoense 2- Aldeense-3
Amieira 3- Bairro Santo Antonio-3
Azarujense 2- Corval-1


1ºSantiago Maior 30, 2ºArcoense 23, 3ºS.António 21, 4ºAzarujense 21, 5ºAldeense 19, 6ºRosário 13, 7ºAmieira 12, 8ºCorval 10, 9ºV.Cruz 10, 10ºS.Romão 9, 10ºPerolivas 8

RECORDAÇÕES DO J. S. ALANDROALENSE

Estas duas fotografias, já com 14 anos, documentam a ultima fase do futebol no escalão de juniores no Juventude Sport Alandroalense.

Foram três anos com um conjunto de bons rapazes, alguns com talento e todos com muita vontade.

Vou tentar identificar todos, mas pelas alcunhas, porque pelos nomes é-me muito difícil, já naquela altura eles não me permitiam que os tratasse uns aos outros pelos nomes próprios. Era uma ciumeira uns terem alcunha outros não!

Jogo no Campo Estrela em Évora, entre o Lusitano e o J. S. Alandroalense.

Em cima: Treinador, Experiência ( actual presidente do JSA ), Chouriço, Pica, Toninho ( actual presidente do C. Fiscal do JSA ) Tino Peças ( já ex-presidente do JSA ), Dipapo, Rogério (dirigente desportivo em Santiago Maior), e Eu (trolha, fazia de tudo).

Em baixo: Faneca (capitão), Manguito, Cabanas, Rodinhas, Pouca Tripa ( agora árbitro), Beta ( actual capitão do Santiago Maior e o único em actividade) e Gijo.



Jogo no Estádio Sanches Miranda em Évora, entre o Juventude de Évora e o Juventude Sport Alandroalense.

Em Cima: Treinador Adjunto, Valente, Janita, Chouriço, Tino Peças, Caganeira, Acelera, Rogério e Eu.

Em baixo: Dipapo, Rodinhas, Cabanas, faneca, Manguito, Gijo e Pouca Tripa.

Todos os jogadores, destas duas equipas residiam no Concelho do Alandroal, tínhamos um que as equipas adversárias diziam que era Holandês " ... cuidado com ele". Era o Dipapo e nasceu Alandroalense, seria da alcunha ou da altura?

Não está na fotografia, mas quero deixar aqui o meu apontamento da pessoa que era o meu braço direito, juntos éramos dirigentes, massagista, roupeiro, técnico de campo..., o Manuel da Boa Nova Ramalho Pais - "Fera".

Já agora, por: " Rosinha "

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

PENSAMENTOS DO EDITOR - COMPENSAÇÕES

E o Alentejo?

Agora que definitivamente parece que o Aeroporto Internacional de Lisboa, vai mesmo ser construído na margem sul, mais precisamente nos concelhos do Montijo, Alcochete e Benavente, que estão englobados nas regiões da Estremadura e Ribatejo.

Vêm agora os concelhos circundantes á Ota, que são igualmente da Estremadura e Ribatejo, só que do outro lado do Rio Tejo, exigir compensações financeiras e favorecimentos para os seus munícipes, alegando que as suas expectativas foram goradas e que muitos projectos imobiliários estiveram parados 10 anos, á espera de uma decisão que não lhes foi favorável.

Eu não levo a mal aos Autarcas, quererem zelar pelo bem dos seus munícipes, nem da sua região. Mas ao Governo entrar nestas jogatanas! Chamar e reunir com os Autarcas para lhe anunciar facilitismos?

Ò meus amigos!!! A quase totalidade daqueles terrenos e interesses são de privados, que jogam com a especulação imobiliária, ora a estes está ligado o “ capital de risco “, umas vezes perde-se outras ganha-se, a lei do mercado é assim mesmo.

Quem perde sempre, é o interior Alentejano.

Que não vai ter um metro quadrado de aeroporto ( felizmente fica perto ), não tem uma única auto-estrada sem portagens, não tem um tecido industrial patrocinado pelo estado, não tem uma Barragem de Alqueva, a funcionar nem a 10% da sua capacidade, porque falta sempre um parecer disto ou daquilo. Foram décadas de abandono.

Já agora, alguém compensou aquela geração de Alentejanos que estiveram 40 anos á espera de Alqueva? E quantos mais anos vai ter de esperar esta geração, para que os deixem começar a construir os seus projectos.

Vai sendo hora dos Presidentes dos Municípios Alentejanos, chegarem também junto do Governo e reivindicarem os seus direitos e compensações.

Manuel Varandas.

A. F. ÉVORA - FUTEBOL DISTRITAL


Jogos para este fim de semana.

Divisão de Honra
Jornada 13 20-01-2008

Bencatelense - Oriolenses
Monte Trigo - O Calipolense
Estremoz - T. Coelheiros
Alandroalense - At. Reguengos
Borbense - Escouralense
Sp. Viana - Redondense
São Manços - Portel


1ªDIVISÃO DISTRITAL SERIE A 19-01-2008
Arraiolense - Valenças
Canaviais - Luso Morense
Aguiar - Giesteira
Fazendas do Cortiço - Cabrela
Brotense - Alcaçovense

SERIE B 20-01-2008
Vera Cruz - Rosário
Santiago Maior - Perolivense
Arcoense - Aldeense
Amieira - Bairro Santo Antonio
Azarujense - Corval

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

C R JUROMENHA


C.R.JUROMENHA/A.I.R.GUADIANA - R.C.LOULÉ

UNIVERSIDADE DE BADAJOZ, 19 DE JANEIRO, 15H.

A equipa do CRJ tem um importante encontro no próximo sábado, em Badajoz, com o R.C.Loulé, respeitante a um jogo em atraso da 1ª.volta. A vitória é obrigatória para se conseguir atingir um dos dois primeiros lugares do grupo, que dão acesso à fase seguinte.

O C.R.J. já defrontou o R.C.Loulé, precisamente no primeiro encontro da temporada, para a Taça de Portugal, também em Badajoz, tendo vencido por 31-7.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

ESTATUTOS DA LIGA AL-SPORT

A Liga Fantástica Al-sport, começou a disputar-se na época 1995/96 e na altura foram lavrados e aprovados os seguintes estatutos:

ARTIGO 1°

(Fins da Liga)

1. A liga AL-SPORT é, fundamentalmente, uma instituição desportiva, constituída por pessoas de bem, com o fim do fomento da prática futebolística a nível táctico-intelectual, seguindo para isso o culto e os rituais do Deus Baço, que será eleito como símbolo da Liga, assim como a veneração da Deusa Vénus, que será igualmente uma referência para os Marroquinos, e, sempre que possível, a adopção de condutas inspiradas na mesma.

2. O objectivo principal da Liga no campo social será, a médio prazo, o envolvimento dos jovens do Alandroal num conjunto de valores de elevada nobreza e grande utilidade económica nos circuitos alimentares, vitivinícolas e médicos da zona, de maneira a que consiga afastar as gerações mais influenciáveis e os espíritos mais fracos dos caminhos da podridão e da desgraça assim como do desemprego e da inércia social que àqueles conduzem.

ARTICO 2º

(Condições de Participação)

1. Poderão inscrever-se e participar na Liga todos os indivíduos que:

A) Reconheçam a importância potencial do Alandroal no sucesso do futebol nacional;

B) Denotem, aos olhos de uma comissão técnica a nomear pela direcção em funções, um profundo sentimento de gratidão aos ilustres membros fundadores por finalmente terem oportunidade de seguir os caminhos do bem, na companhia dos bons, numa envolvente e luminosa estrada de sucesso e felicidade, ladeada por árvores de “sereias sem escamas” e “copos de vinho”.

(2) Apresentem um certificado de bom comportamento e um registo de boas acções na comunidade. Deste registo devem constar pelo menos 6 boas acções ou 3 belíssimas acções praticadas na semana anterior à data da Assembleia Geral em que decorre a aceitação e iniciação do novo participante na prestigiada comunidade da Liga AL-SPORT.

D) Nos casos de integridade moral ou honestidade duvidosa do candidato poderá ser exigido registo criminal. Qualquer suspeita de envolvimento em práticas proxenetas, pedófilas ou de prostituição será motivo de indeferimento liminar do pedido de participação, sujeitando-se ainda o requerente a eventuais sanções físicas por parte da Liga.

13) Atestado de sanidade a passar pela referida comissão.

Artigo 3°

(Emolumentos)

1. Juntamente com o pedido de participação e os documentos atrás referidos deverá ser paga a taxa de 1000$00, que será actualizada anualmente, e em casos excepcionais, poderá ser agravada. A pedido da Direcção e por decisão da Mesa da Assembleia Geral.

2. São casos excepcionais, nomeadamente:

A) Ter difamado publicamente a Liga ou duvidado das suas boas intenções e grande importância na projecção do Alandroal assim como dos fins desportivos sociais e económicos plasmados no presente regulamento.

8) Conhecimento por parte de qualquer membro da Liga de que se trata de um indivíduo que pratica excessivamente, ou por outro lado sem convicção, os rituais de adoração ao Deus Baco.

Artigo 4°

(Direitos dos participantes)

1. Os ilustres membros fundadores terão o direito de:

A) participar em todas as assembleias gerais;

B) concorrer aos corpos sociais da Liga;

C) exprimir livremente as suas opiniões e repreender, sempre que necessário, os novos participantes;

1)) ser informado de todas as deliberações e destinos da Liga;

E) isenção de uma taxa semanal se o respectivo nome aparecer classificado no jornal Record. O direito previsto nesta alínea caducará se não for reclamado pelo próprio na lª semana seguinte à do aparecimento do nome no jornal, salvo se nessa semana o participante ficar em 1° lugar, passando nesse caso o direito para a semana subsequente e assim sucessivamente.

2. Os novos participantes gozam dos direitos consagrados no n°. 1 alíneas A); 13); D); E).

Artigo 5°

(Deveres dos participantes)

1. Os novos participantes têm o dever de tratar com lealdade respeito e gratidão os ilustres membros fundadores pela possibilidade que estes lhe deram de poderem usufruir da sua enorme experiência e vasta sabedoria.

2.Participar com zelo, e assiduidade nas assembleias gerais e desempenhar com responsabilidade qualquer outra função da Liga.

3. Todos os participantes têm o dever de pagar as seguintes quotas de acordo com a classificação semanal atribuída a cada equipa pelo jornal Record

1° classificado --o
2° —-50$00
3° ----50$00
4° ---100$00
5° ---100$00
6° ---100$00
7° —-150$00
8° ---150$00
9° —-150$00
10° ---200$00
11° —-200$00
12° ---200$00
13° ---200$00
14° ---200$00
15° —-200$00 e assim sucessivamente.

3.a) O pagamento deverá ser efectuado, com delicadeza e bons modos, até 6° feira seguinte à semana em causa, sob pena de um agravamento de 20$00 por cada dia de atraso.

4. Em caso de empate na pontuação semanal a hierarquia classificativa estabelece-se a favor daquele que melhor classificação obtiver até ao momento; se ainda assim o empate persistir e se verificarem entre um
ilustre membro fundador e um novo participante a mesma hierarquia estabelece-se a favor do 1°.

5. As substituições permitidas processar-se-ão nos termos previstos nas instruções da Liga Fantástica do jornal Record e, para serem eficazes na Liga Al-Sport, deverão ser comunicadas ao Ex.mo Sr. Manuel da Rosa Varandas até 3ª feira anterior à jornada em que se pretende em vigor.

Artigo 6°

dos Órgãos da Liga

1. São órgãos da Liga

- A Assembleia geral

- A Direcção

- O Conselho de Disciplina

2. A Assembleia Geral é constituída por todos os participantes com a situação financeira e disciplinar regularizada. Tem uma Mesa composta por um Presidente, um Secretário e um Vogal.

3. A Assembleia Geral reúne ordinariamente uma vez por época, extraordinariamente sempre que qualquer participante faça chegar ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral a sua convicção de que se justifica a convocação de uma Assembleia Geral extraordinária. Esta realizar-se-à com um mínimo de 2/3 em 1ª convocação e com qualquer número em 2ª convocação.

4. A convocação é feita a cada participante pela Mesa da Assembleia Geral com pelo menos 8 dias de antecedência e da forma mais eficaz possível.

Artigo 7°

Competência da Assembleia Geral.

1. À Assembleia Geral compete:

A) Aprovar as contas da Liga

B) Eleger os órgãos da Liga através da aprovação, por maioria simples, de listas conjuntas; as listas devem ser compostas por participantes e devem ser apresentadas e publicitadas até 1 hora antes da Assembleia Geral.

C) Aprovar e fazer alterações aos estatutos e ao regulamento disciplinar.

C)1) A decisão sobre a iniciativa de alteração bem como a aprovação dos instrumentos atrás referidos deverão ter o acordo da maioria simples dos participantes na Liga.

D) Deliberar e julgar em recurso, por maioria de 2/3 dos presentes desde que 6 sejam ilustres membros fundadores, as questões decididas em 1ª instância pelo Conselho de Disciplina.

Artigo 8°

Da Direcção

1. A Direcção é composta por um Presidente, um Secretário e um Tesoureiro.

Artigo 9°

Competência da Direcção

1. Compete à Direcção:

A) Executar as deliberações da Assembleia Geral

B) Representar externamente a Liga

C) Coordenar as actividades e o funcionamento da Liga

D) Executar as sanções disciplinares aplicadas pelo Conselho Disciplinar nos termos do competente regulamento

E) Propor a admissão de novos participantes

2. Excepcionalmente, e com a autorização prévia da Mesa da Assembleia Geral, pode a Direcção proceder ao lançamento de derramas sobre os participantes para acorrer a despesas de reequilibro financeiro da liga (sem que os participantes tenham direito de ficarem derramados); assim como pode fixar taxas de agravamento individuais sobre as quotas semanais até 50% destas, quando as dimensões do aparelho digestivo ou a propensão para o consumo de álcool de cada um, a verificar na Assembleia Geral, assim o justifique.

Disposições Finais

Artigo 10°
Os estatutos ao serem aprovados adquirem automaticamente eficácia retroactiva a 1/9/96; e traduzem uma livre e espontânea adesão de cada participante a todas as normas nele constantes, sem qualquer reserva.

Artigo 11°
Os casos omissos nos presentes estatutos serão supridos através de deliberação resultante da reunião dos presidentes dos órgãos da Liga e sujeita a ratificação da Assembleia Geral por maioria simples.

Regulamento Disciplinar

Artigo 12°
Este regulamento complementa e integra materialmente o estatuto da Liga AL-SPORT.

Artigo 13
As sanções previstas neste diploma e aplicadas pelos órgãos competentes da Liga, serão principalmente de tipo monetário, e acessoriamente do tipo repreensão verbal, salvo o disposto no artigo 19°.

Artigo 14°
Competência disciplinar do Conselho de Disciplina

1. O CD. é composto por um Presidente e um Secretário técnico

• 2. Ao CD. compete apreciar as eventuais violações dos estatutos assim como instruir e julgar, nos termos do regulamento os procedimentos disciplinares instaurados a qualquer participante.
Artigo 15°

Desde que tenha conhecimento, por qualquer meio, da prática pelos participantes de condutas susceptíveis de integrar alguma previsão disciplinar o CD., tem a obrigação de iniciar o procedimento previsto no regulamento disciplinar.
Artigo 16°

Das decisões do CD. cabe recurso para a A.G.

Artigo 17°

Procedimento Disciplinar e Garantias do acusado

1. O participante acusado de infracção disciplinar tem o direito de pedir conselhos e auxilio para a sua defesa a um dos Ilustres Membros Fundadores.

2. Tem o direito de pedir a mesma ajuda ao protector da Liga-Baco; quaisquer ofertas pelo acusado a um dos I.M.F., nomeadamente bom vinho, é reconhecida por Baco e não deixará de ser tida em conta como atenuante pelo CD.

3. Tem o direito e o dever de ouvir atenta e resignadamente toda e qualquer repreensão feita em execução de decisão condenatória emanada do competente C.D. e seus digníssimos representantes.

4. tem o direito de exultarem de alegria pelo facto de os I.M.F. se dignarem a prestar-lhes atenção na medida em que isso contribua para a sua formação moral e futebolística.

5. Tem o direito a contribuir para o fortalecimento da boa vontade do julgador através da prestação a este de qualquer digna e agradável lembrança. O julgador ficará obrigado a dar conhecimento do facto à AO.

6. A prática pelo acusado do previsto no número anterior constituirá prova de forte arrependimento pelo que será considerada como atenuante, reduzindo os limites mínimos e máximos da coima prevista em 4/5.

7. Tem ainda o direito de saber do que é acusado durante a instrução e julgamento do processo, assim como o direito de ser ouvido, mas sempre através de um I.M.F, e desde que pague a quantia de 100$00 ou 2 taças de vinho para emolumentos.

Artigo 18°

1. As sanções monetárias variam entre um mínimo de 20$00 e um máximo de 500$00, de acordo com a gravidade da infracção, a culpa do agente e o justíssimo critério do julgador.

2. No caso de acusação e condenação em mais do que uma infracção simultaneamente o cúmulo jurídico da sentença será feito de maneira a que aquela, na sua vertente monetária não exceda os 2000$00.

Artigo 19º

1. Excepcionalmente, e em caso de infracção grave pode ser aplicada a sanção de expulsão da Liga com perda de todos os direitos ganhos até aí e de todas as contribuições até aí prestadas.

Artigo 20°

1. Dado o altruísmo benevolência, e as maravilhosas intenções dos membros da Liga, as receitas geradas com aplicação do regulamento serão entregues em 90% á A.A.A.A., sendo o restante destinado aos cofres da Liga.

Artigo 21°

Comportamentos Punidos por este Regulamento

1. Desrespeito para com os Ilustre Membros Fundadores dentro ou fora das assembleias gerais.

2. Atraso doloso no pagamento das quotas.

3. Não ingestão de bebidas alcoólicas tio decurso das Assembleias Gerais.

4. A libertação de gases tóxicos e mal cheirosos durante as assembleias gerais.

5. A cobiça por parte dos novos participantes de alguma namorada ou familiar de um dos ilustres Membros da Fundação; a cobiça mental é punida, desde que por manifestação de sinais exteriores e seja manifesta.

Artigo 22°

Podem constituir infracção grave

1. A prática repetida de algumas das infracções previstas no artigo anterior.

2. A condução de vida e da personalidade por padrões de vida desconformes dos instituídos na Liga.

3. A visita, durante a Assembleia Geral, de alguma namorada ou familiar de algum dos novos participantes sem que este proceda à apresentação desta exclusivamente aos Ilustres Membros Fundadores.

4. Abuso de autoridade por parte de algum dos participantes em relação a outro correlegionário da Liga. Assim qualquer participante que seja força da autoridade fica impedido de, em serviço passar qualquer multa, relativamente a outro membro da Liga. Obrigando-se ainda a, tendo havido outra autoridade ou outro agente a passar essa multa ou a levantar qualquer auto, a tomar todas as diligências para que o processo tenha fim sem qualquer incómodo ou despesa para o seu correlegionário membro da Liga.

( Estatutos elaborados pelo jurista da Liga, Dr. António Balsante )

DIVULGAÇÃO - ALDRABAR, KARAOKE

LIGA FANTÁSTICA AL-SPORT 16ª JORNADA

No fim de semana passado realizou-se mais uma jornada da Liga Al-sport.

Em 1º lugar ficou o treinador Jeremias, mercê da desgraça do Sporting. Não sei que diabo de sportinguista é ele, que nunca aposta nos jogadores do seu clube!

No 2º lugar ficou o inevitável Paulo Faustino, que não desarma e já começa a chatear com tantos pontos. Desta forma está a ficar insustentável a perseguição a este maquiavélico treinador!

Com quem é que, um treinador honrado e cumpridor tem de falar para fazer um bocadinho de batota nesta Liga?

PESCA - PROVAS NACIONAIS DA 1ªARPDR


Calendário das provas Nacionais a disputar pelos Marujos na época 2008

03 Fevereiro - Amadores Pesca Abrantes /Barragem Maranhão

02 Março - Juventude Sport Alandroalense/ Barragem Maranhão

09 Março - Clube Amadores Pesca Caça Pego/ Barragem Maranhão

16 Março - Prova de Abertura /Barragem Maranhão

30 Março - Clube Eborense Amad. Pesca Desp./ Barragem Maranhão

13 Abril - Pesquévora Clube Competição /Barragem Maranhão

25 Abril - Clube Amador Pesca Desp. Estremoz /Barragem Maranhão

04 Maio - Clube Amador Pesca Desp. Estremoz /Barragem Maranhão

29 Junho - Assoc. Desp. Paço dos Negros /Rio Sorraia - Coruche / Stª Justa

13 Julho - União Desportiva de Santarém /Rio Sorraia - Coruche / Stª Justa

03 Agosto - Amadores Pesca Abrantes/ Barragem Maranhão

10 Agosto - Clube Amadores Pesca Ribatejo /Rio Sorraia - Coruche / Stª Justa

24 Agosto - Associação Académica Santarém /Rio Sorraia - Coruche / Stª Justa

07 Setembro - Clube Amadores Pesca Caça Pego /Barragem Maranhão

26 Outubro - Prova de Encerramento

DIVULGAÇÃO - FORUM CAFÉ CONCERTO

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

DIVULGAÇÃO - ALANDROAL NA BTL




Este ano integrando a representação da Associação Transfronteiriça dos Municípios das Terras do Grande Lago Alqueva, o Município de Alandroal irá, pelo 3.º ano consecutivo, participar na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), a decorrer na FIL de amanhã, dia 16, até ao próximo dia 20 do corrente mês.

O certame, que celebra nesta edição o seu vigésimo aniversário, é considerado a maior Feira de Turismo a nível nacional, contando com a participação de cerca de novecentos expositores nacionais e internacionais, distribuídos por quatro pavilhões.

A participação do Concelho de Alandroal na BTL 2008 tem, para além da mostra e prova de produtos regionais bastante procurados e apreciados pelos visitantes nas anteriores edições, o "artesanato ao vivo", onde estarão presente vários artesãos do Concelho.

A animação cultural estará a cargo da Banda da Escola de Música do Centro Cultural de Alandroal, que às 20.00 horas dará um concerto no local.

Reunindo, além do Alandroal, mais 10 Concelhos (Portugueses e Espanhóis) da área de influência da Barragem de Alqueva, a Associação Transfronteiriça dos Municípios das Terras do Grande Lago Alqueva inaugura nesta 20ª edição da BTL o seu stand promocional, o que representa uma mais valia para a Região.

Para o Município de Alandroal, com base na experiência já adquirida na sua participação neste e em eventos internacionais de notoriedade semelhante, a presença em mais uma edição da Maior Feira de Turismo em Portugal conduzirá, sem dúvida, a grandes proveitos ao nível da promoção turística do Concelho, acrescidos à maior dimensão que a participação integrada na Associação Transfronteiriça dos Municípios das Terras do Grande Lago Alqueva trará ao Alandroal.

Amanhã, no dia de abertura ao público deste certame, no expositor da Associação Transfronteiriça dos Municípios das Terras do Grande Lago Alqueva, o dia será dedicado aos Municípios de Alandroal e de Alconchel, mostrando aos milhares de visitantes que diariamente acorrem a esta Feira as riquezas paisagísticas, arquitectónicas, naturais e humanas que cada Concelho tem para oferecer. Nos restantes dias, será a vez dos outros 9 Municípios, que integram a Associação, terem o seu dia de destaque no evento.

Com a entrada da nova legislação em vigor, que determina a existência de apenas cinco Regiões de Turismo no país, a zona de Alqueva ganha bastante autonomia, tornando-se num pólo de desenvolvimento turístico com grande potencialidade, razão pela qual esta participação conjunta dos Municípios que integram a Associação Transfronteiriça dos Municípios das Terras do Grande Lago Alqueva será, certamente, bastante proveitosa.

Promover o Alentejo como um todo, promover Alqueva como um destino turístico de qualidade, são as razões fundamentais que orientam a participação conjunta dos Municípios das Terras do Grande Lado de Alqueva, desafio aceite pela Autarquia de Alandroal, que pretende ter um papel activo na realização destes objectivos.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

INSTANTÂNEAS DO ROSÁRIO-SANTIAGO

.Na parte final, o "sururu" do costume. Os Rosarenhos inconformados, ainda sem perceber como é que se pode perder com uma equipa de camisolas meio "abichanadas", à Benfica. E o Treinador Zé Manel Cavacas, qual " Camachito" explicando como foi, a " joder chavales, a joder!"


De seu nome Xalita, aquece..., aquece..., que até faz cair o sol sobre o pelado, e mesmo envolto na aureola criada pelas suas sobrenaturais forças, não consegue convencer o seu treinador, que ele é a solução para todos os males do Rosário. Nunca entra!


Pica, como sempre um dos melhores do Santiago, a marcar aqui o quarto golo da sua equipa e a matar definitivamente o jogo, num golo de belo efeito.


O guarda-redes Balixa, sempre ao seu nível, " frangando "; mas enquanto foi podendo, foi adiando o inevitável



Festejos do 2º golo do Rosário, o jogo estava ao rubro e o resultado em aberto.

DIVULGAÇÃO - CENTRO CULTURAL DO ALANDROAL



A Banda da Escola de Musica do Centro Cultural de Alandroal vai estar presente na FIL em Lisboa, mais propriamente na Bolsa de Turismo de Lisboa(BTL) a convite da Câmara Municipal de Alandroal para realizar um concerto pelas 20horas da próxima quarta-feira dia 16 de Janeiro.

A banda para este concerto vai tocar o seguinte repertório:

Concerto no Parque - Marcha de concerto- Álvaro Reis

Recordações do Passado - Rapsódia - arr. A Madureira

Latin Gold - Medey - Arr. Paul Lavender

The Bule Factory - Blues - Jacob de Haan

Latin Band Parede - Tema ligueiro - Harns Evers

Lisboa à Noite - Canção de Lisboa - Afonso Alves

PESCA - BARRAGEM DA VIGIA


Realizou-se ontem o 1º Convívio piscatório da época 2008, na Barragem da Vigia. Organizado pela Casa Rosado de Redondo.

A Secção de Pesca do Juventude Sport Alandroalense, " Os Marujos ", participaram com cinco elementos e obtiveram uma sensacional participação.

Classificação Geral:

1º Eliseu Fusco, com 2500 pts do CAP de Estremoz

2º Miguel Rosinha, com 1180 pts do J. S. Alandroalense

3º Carlos Silveira, com 1080 pts do J. S. Alandroalense

4º Jorge Camões, com 1000 pts do J. S. Alandroalense

Os outros dois atletas do J.S.A. " Os Marujos ", não se classificaram.

domingo, 13 de janeiro de 2008

INCONFIDENCIAS DO EDITOR - JORNALISTA

Coluna do jornal Boa Nova, ora escrita por Manuel Varandas ora por Rosinha.

Agora que ganhei a pretensão que sei dactilografar algumas palavras ( não sei o que me deu! ), vou tentar explicar-vos como isto me aconteceu.

Andava eu no meu 11º ano em Vila viçosa, quando ainda no principio do ano cheguei ao pé da minha mãe e lhe pedi mil e tal escudos para o livro de jornalismo.

"... Iiiii, filho jornalista!!! nan dexo , ind'ontem d'sserom na tlevisão que mataram um, naquela guerra, coitadinho..."

Nem eu queria, nem quero ser, mas lá expliquei que fazia parte do programa curricular daquele ano e assim apanhei os mil e tal dos antigos " paus" e adquiri o livro.

Professor? O Padre Mário, homem de grande sapiência e com uma notável biblioteca e fototeca privadas. Material indispensável para motivar os alunos a fazer trabalhos de grupo , era coisa que não faltava.

E que resultou num ano muito proveitoso, na aprendizagem da linguagem e truques jornalísticos básicos. Alguns ensinamentos persistem outros não, mas aqueles que foram assimilados, serviram para anos mais tarde receber um convite para director do jornal, Voz do Alandroal.

Esta também mais uma experiência inolvidável, que despertou em mim a vontade de manter os meus conterrâneos informados, e de levar àqueles que estão longe noticias do "sitio". Pena que tenha durado só dois anos, 89/90.

Em 96/97, outra nova incursão pelas noticias do Alandroal, uma coluna sobre desporto, no jornal Boa Nova.

Depois do desaparecimento deste, foi a travessia do deserto nas noticias escritas do Alandroal, até ao aparecimento do blogue Alandro al. Publicação que comecei a acompanhar periodicamente, para saber "do longe, o que se passava cá perto". Incontingências só possíveis graças ás novas tecnologias.

E foram estas novas tecnologias, que me alimentaram novamente a pretensão para a escrita, primeiro com alguns textos que enviei para o " Xico Manel", o editor do Alandro al, que me ajudou e encorajou nesta nova aventura, que é o Alandroalandia.

Aventura que também espero, não dure por muitos anos. Rouba muitas horas, das muitas que tenho! Por isso, quando estiver a ser mais pretensioso que aquilo que possam aceitar, avisem-me para que possa descansar. Pararei, mas voltarei quando mais aprender.

Fiquem bem. Manuel Varandas

A.F. ÉVORA - RESULTADOS


Divisão de Honra

Jornada 12 13-01-08
Oriolense- 1 Monte trigo - 2
Calipolense- 3 Estremoz - 1
T.Coelheiros-1 Alandroalense - 1
At.Reguengos-5 Borbense - 1
Escouralense-4 Sp.Viana - 1
Redondense- 0 S.Manços - 0
Portel- 1 Bencatelense - 0

1ºDivisão Série A

Jornada 12 12-01-08
Santana- 2 Canaviais - 1
Morense- 5 Aguiar - 1
Giesteira- 1 Faz.Cortiço - 1
Cabrela- 4 Brotense - 0
Alcaçovas- 1 Arraiolense - 2

SÉRIE B

S.Romão- 3 Vera - 0
Rosário- 2 Santiago Maior - 4
Perolivense- 1 Arcoense - 4
Aldeense- 5 Amieira - 0
Santo António- 1 Azarujense - 2

ATLETISMO - C. R. JUROMENHA


Disputou-se ontem sábado , em Évora, a 3ª. prova do Critério Paulo Guerra, em Corta-Mato, que coincidiu com os Campeonatos Regionais de Évora.

O Clube de Rugby de Juromenha esteve representado por 7 atletas, que conseguiram os seguintes resultados:

Benjamins - João Bom em 8º e Francisco Tavares em 11º

Infantis - David Tavares em 2º e simultâneamente sagrou-se vice-campeão do distrito de Évora.

Juvenis - Paulo Moreira foi igualmente vice-campeão do distrito de Évora e amealhou mais um 2º lugar para o Critério. Nuno Mourinho foi 9º. classificado, no mesmo escalão.

Juvenis Femininos - Cátia Serra classificou-se em 2º lugar.

Seniores - Carlos Maneiras foi 11º.

A próxima e última prova deste Critério realiza-se no dia 26 de Janeiro , em Montemor.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

PESCA - ÉPOCA DOS MARUJOS


O Juventude Sport Alandroalense é com certeza o Clube mais representativo do nosso Concelho e a sua Secção de Pesca " Os Marujos ", é a equipa que leva mais vezes o nome do Alandroal para fora da nossa terra, inclusivamente ao estrangeiro.

Agora que o ano acabou, deixo-lhes aqui o balanço da época piscatória da Secção de Pesca do J.S.Alandroalense, " OS Marujos ".

Em termos organizativos os Marujos levaram a efeito:

- XVII Convívio Piscatório na Barragem da Oleirita
- III Concurso Nacional na Barragem do Maranhão
- II Convívio Piscatório à Americana na Barragem da Oleirita
- IV Concurso Nacional na Barragem do Maranhão.
- XVIII Convívio Piscatório na Barragem da Vigia.

Ainda há a registar a colaboração na organização do Convívio Piscatório da Expo-Guadiana 2007.

Em termos competitivos, os Marujos estiveram presentes em 40 concursos ao longo do ano, totalizando 128 presenças. Onde obtiveram vários primeiros lugares e outras classificações de mérito.

A época desportiva da 1ª Associação Regional Pesca Desportiva de Rio, da qual fazem parte os Distritos de Évora, Santarém e Castelo Branco, terminou em Outubro.

No Mapa de Presenças dos Concursos Nacionais disputados durante a época há a salientar o bom desempenho da União Desportiva de Santarém que ficou em 1º lugar com 277 pts. Destronando o Amadores de Pesca de Abrantes, que ficou em 3º lugar com 232 pts e que foi ainda ultrapassado pelo C. Eborense APD, 2º com 234 pts.

Num universo de 38 Clubes, a Secção de Pesca do Juventude Sport Alandroalense, “ Os Marujos “, ficou num honroso 7º lugar e com 150 pts. na referida classificação.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

AEROPORTO EM ALCOCHETE



O Primeiro Ministro José Sócrates, anunciou hoje que o novo Aeroporto Internacional de Lisboa vai ser construido no Campo de Tiro de Alcochete. Isto após as conclusões do estudo encomendado ao Laboratório Nacional de Engenharia ( LNEC ), que assim o recomendaram.

Se bem se lembram, ainda muito recentemente aqui escrevi sobre este assunto, onde expressava o meu desagrado por as forças vivas do Alentejo e Península de Setúbal não se manifestarem abertamente a favor da opção Alcochete em detrimento da OTA.

Mas felizmente, eu não estava sozinho nesta cruzada como cheguei a temer. Ganhei dois aliados de peso, a lógica e a razão.

O Aeroporto em Alcochete será a "ponte" para o desenvolvimento do Alentejo e principalmente dos concelhos ribeirinhos do Alqueva.

E no que nos concerne a nós Alandroalenses, agora que sabemos que o projecto turístico para Juromenha será uma realidade a breve trecho, nada melhor que receber mais esta " Boanova ", que pode dar mais um impulso ao projecto.

Agora é " levantar voo " com os nossos pensamentos e projectos.

A. F. ÉVORA - JOGOS FIM DE SEMANA


Divisão de Honra

Jornada 12 13-01-08
Oriolense-Monte trigo
Calipolense-Estremoz
T.Coelheiros-Alandroalense
At.Reguengos-Borbense
Escouralense-Sp.Viana
Redondense-S.Manços
Portel-Bencatelense

1ºDivisão Série A

Jornada 12 12-01-08
Santana-Canaviais
Morense-Aguiar
Giesteira-Faz.Cortiço
Cabrela-Brotense
Alcaçovas-Arraiolense

Série B

S.Romão-Vera Cruz
Rosário-Sant.Maior
Perolivense-Arcoense
Aldeense-Amieira
Santo António-Azarujense

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

J. S. ALANDROALENSE - CALIPOLENSE

Instantâneos da "Grande Batalha"

Alinhamento do J. S. Alandroalense, antes do jogo com o Calipolense. Suaram bem as camisolas e mereciam melhor sorte no final do jogo.


O momento em que Ricardinho é levado em braços, antes da chegada da ambulância e depois de ter sofrido uma violenta agressão de um adversário, sem que o árbitro tenha punido o prevaricador.


Golo mal anulado ao J. S. A., por off-side inexistente. ( Foto está um pouco tremida, tal como a minha certeza :)

LIGA FANTÁSTICA AL-SPORT - 15ª JORNADA


Disputou-se este fim de semana a 15ª jornada da Liga Al-sport.

Ficaram empatados em 1º, com 43pts três Treinadores. Paulo, Melrinho e Jeremias. E agora perguntam vocês, porque ficou então Paulo em 1º?

Simples. Foi o primeiro a dizer que pagava uma cervejinha logo á noite ao contabilista da Liga!

Já agora há salientar que o Paulo cimentou ainda mais o primeiro lugar no acumulado e que mais uma vez o Inácio ficou em ultimo. Vê-se mesmo que não sai ao Padrinho ( Treinador Fantástico ).

RESCALDO DO ALANDROALENSE-CALIPOLENSE

Momento em que Ricardinho foi evacuado de ambulância para o hospital


O jogo Alandroalense - Calipolense, do passado fim de semana ainda dá que falar, nas conversas de rua no Alandroal.

De facto eu que também assisti ao referido jogo, também me custa a acreditar como é que o Concelho de Arbitragem da Associação de Futebol de Évora, ainda permite que árbitros como os que apitaram no Domingo no Alandroal, andem a promover a violência nos recintos desportivos do nosso distrito!

Quando um árbitro erra no capitulo desportivo, já é grave, mas não passa de um resultado desportivo. Mas quando esse mesmo árbitro permite impunemente que os jogadores de uma equipa agridam os de outra barbaramente, isso deveria sair do foro desportivo para o foro criminal.

No Domingo alguns jogadores do Calipolense, como se diz na gíria, "entravam a matar" perante a passividade do árbitro, que não punia disciplinarmente os referidos jogadores e nalguns casos nem falta marcava, como foi o caso da entrada sobre o jogador do Alandroalense Ricardinho, logo aos 30' de jogo e que teve de sair do campo de ambulância para o Centro de Saude do Alandroal, e dai foi transferido de urgência para o hospital de Elvas.

Senhor árbitro ( Carlos Rodrigues?, pelo menos era o que estava nomeado ), todos estes jogadores são amadores, gostam de jogar futebol no fim de semana, mas durante a semana precisam de estar fisicamente aptos para puderem trabalhar e seguir com as suas vidas.

Árbitros em campo, como este nunca mais. "Jamais...", "jamais...", como diz o Ministro Mário Lino.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

ATLETISMO - C. R. JUROMENHA


CLASSIFICAÇÃO DA 2ª PROVA DO CRITÉRIO DE CORTA MATO PAULO GUERRA

Na 2ª Prova do IX Critério de Corta Mato Paulo Guerra, disputado no dia 5 de Janeiro de 2008, na qual participaram mais uma vez os atletas do C..J., destacamos os excelentes lugares de Paulo Moreira que ficou no 2º lugar em Juvenis Masculinos e de Cátia Serra que ficou em 4º em Absolutos Femininos mas em 2º no escalão respectivo (Juvenis Femininos) e ainda o João Bom que ficou em 8º nos Benjamins Masculinos.


CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS APÓS A 2ª PROVA

Loading...