terça-feira, 27 de novembro de 2012

Alandroal: Condenação em Tribunal por Processos de 2001 Leva a Retenções de 20% das Transferências do Estado Durante 10 Meses

Numa câmara em dificuldades, as más notícias nunca param de chegar. A Câmara Municipal do Alandroal foi condenada a pagar à massa insolvente da empresa “Pavia – Pavimentos e Vias S. A.” cerca de 900 mil euros à razão de 88 mil euros por mês, com início a 15 de Novembro e durante os próximos 10 meses. Os pagamentos serão feitos, por ordem do tribunal, através da retenção de 20% das transferências que o Estado faz mensalmente para o município.

Em 2001, quando tomou posse o executivo PS liderado por João Nabais, estavam por pagar na câmara facturas da Pavia num total de cerca de 300 mil euros relativas a pavimentações e arruamentos realizados no concelho nos meses anteriores. Por opção de João Nabais, e apesar de as obras estarem inequivocamente contratadas, realizadas e facturadas, não foram pagas, nem foi feito qualquer acordo de pagamento com a empresa. Optou-se por levar os processos para tribunal.

“É uma irresponsabilidade inqualificável”, acentua o actual presidente, João Grilo. “Não ter negociado o pagamento num processo em que o município não tinha qualquer hipótese de ganhar as acções. Se havia eventuais defeitos de construções deviam ser corrigidos no âmbito de um acordo como sempre se faz nestes casos. Esta opção custou ao município mais de meio milhão de euros de juros de mora pelos anos em que o processo se arrastou, a que acrescem ainda despesas com advogados ao longo de todo esse tempo. E para cúmulo, os alegados erros de construção, se existiam, lá ficaram por corrigir!”

“Onde estaria esta câmara se eu tivesse adoptado a mesma atitude em relação aos milhões de euros de dívidas aos construtores que encontrei nas mesmas circunstâncias?” Questiona o actual autarca. “Ou em relação a obras não contratadas mas já realizadas? Ou em relação a adiantamentos pagos a empreiteiros para obras que não chegaram a ser iniciadas?” Quando assumi funções não havia um cêntimo pago de obras tão diversas como a requalificação da Praça de República, do Complexo Desportivo de Alandroal, do Centro Escolar de Santiago Maior, do Loteamento da Tapada do Cochicho. Todas elas estão hoje concluídas e pagas quase na totalidade.

Para João Grilo esta é mais uma evidência do modo como as irresponsabilidades do passado vão continuar a penalizar o concelho por muito tempo. “As nossas receitas mensais não chegam aos 500 mil euros. Mais de 85% deste valor vai para vencimentos, despesas de funcionamento, e todos os compromissos que temos na educação, acção social, saúde, cultura, desporto, etc. Se juntarmos a isto tudo o que o município está a pagar em acordos de pagamento de dívidas antigas, juros de mora de dívidas ainda existentes concluímos que temos vivido num equilíbrio dificílimo, com condenações como a que agora nos chega, a situação torna-se insustentável.”

A título de exemplo, o município ainda deve 300 mil euros relativos a aluguer de tendas da Expo-Guadiana de 2009 e está a pagar mensalmente despesas realizadas com palcos, luz e som das Festas de Setembro do mesmo ano.

Recorde-se que, por iniciativa do presidente da câmara, a Assembleia Municipal de Alandroal declarou em Junho passado o “estado de desequilíbrio estrutural e de ruptura financeira”, mas o Plano de Reequilíbrio Financeiro elaborado, de acordo com a lei, pelo executivo MUDA em consequência desta decisão tem sido sucessivamente chumbado pelos vereadores do PS e da CDU.

Este plano previa a reestruturação total da dívida do município e o recurso  ao PAEL, linha de crédito de 1000 milhões de euros a uma taxa de juro de cerca de metade da praticada pela banca. Uma linha que o governo criou para que as autarquias em dificuldades pagassem dívidas antigas a fornecedores. Ao Alandroal estavam atribuídos 4 milhões de euros que assim se perderam.

João Grilo adianta que “mesmo sem PAEL, continua a ser fundamental aprovar um Plano de Reequilíbrio Financeiro do município sob pena de, se tal não acontecer, este entrar em absoluta rutura. Com isso perdem todos os munícipes e não ganha nenhuma força política”, pelo que diz acreditar que o bom senso vai prevalecer e o município vai sair deste impasse. “Esta dívida à Pavia está contemplada no plano e assim que este seja aprovado será possível interromper imediatamente as retenções em causa”.

Fonte: Gab. Imp. Município de Alandroal.

25 comentários:

Anônimo disse...

Basta!!! Chega!!!

Demita-se!!! Este executivo é constituido por incompetentes demais!!!

Quer dizer: Não sabem realizar a defesa do municipio em tribunal e agora a culpa ainda é do Nabais!!!

Sejam sério!!

O Povo do Alandroal, não é parvo!!

E não acredita mais nessas choradeiras!!!!

Quando se é incampaz!!! demitimo-nos dos cargos e damos lugar a outros...

Agora, 3,5 anos de choradeira e demonstrando uma incapacidade total na resolução dos problemas da população do Alandroal! Já chega!!!

E mais, sempre servindo com arranjinhos os amigos e compadrios, daqueles que apoiaram a candidatura que sustenta esta DESGOVERNAÇÃO!!!!!

Pelo Anlandroal e pelos Alandroalenses!!! - Basta

Francisco Lopes

Anônimo disse...

Mas o problema é que o Nabais deveria ter pago, e o Grilo também deveria tentar negociar com a empresa, mas não o fez, nem com a Pavia nem comigo nem com muitos, depois o zé povinho é que paga essas birrinhas dos senhores que se dizem presidentes.
A minha divida era de 89 758.36€, trez anos depois já vai em 129 437.25€, espero ter lá o dinheiro mais uns 5 anitos a 13% de juros ao semestre, sempre é melhore que ter o dinheiro no banco.

Ilidio Martinez

Anônimo disse...

Votem Nabais para fazer mais dívida nas próximas eleições. O povo está louco, façam-lhe a vontade. Nunca mais vou votar seja quem for

Anônimo disse...

Eu, pergunto aos senhores, quando é que a câmara do Alandroal começa a ser governada por una senhora??????????

Anônimo disse...

O PÊÉSSE TIROU O TAPETE... HIHIHIHHI!

Anônimo disse...

A Camara do Alandroal já foi governada por uma senhora, qual foi o resultado?

Anônimo disse...

O resultado foi indo ao rigor do tempo, conservou a estabilidade e nada mais, bastou ser CDU...

Anônimo disse...

muitos estavam acostumados a mama mas a mama agora acabou-se
o dinheiro das tornidades aos trabalhadores veio grilo devolveu
fica grilo que eu voto em ti .

Varandas disse...

Ao comentador Sérgio Gomes,

Para o seu comentário entrar terá de se identificar correctamente. Pode fazê-lo enviando um e-mail para a minha caixa de correio:

alsport.varandas@gmail.com

Não que é o comentário tenha alguma coisa de mal, mas pelo seu conteúdo preciso de saber se é mesmo o Sérgio Ramos que o escreve.

Manuel Varandas.

Anônimo disse...

Sérgio Gomes ou Sérgio Ramos
afinal no que ficamos?

Anônimo disse...

é engraçado ver uma senhora que agora se mostra muito interessada pelo concelho do Alandroal quando durante muitos anos nunca cá colocou os pés, elogiando o grilo por tudo e por nada, até mete n...., só porque ele lhe arranjou um taxinho de uns milhares de euros por ano para um pseudo centro do endovelico.

Ainda a vamos ver na lista do grilo

Varandas disse...

Sérgio Gomes, peço desculpa pela atrapalhação.

Manuel Varandas

Anônimo disse...

eu fiz o som das festas de setembro 2012 e ainda não veio nada e já vão 60 dias de espera

Anônimo disse...

se as dividas da camara fosssm pagas com choradeiras então as da camara de alandroal já estavam todas pagas. Só diz que nao tem dinheiro .mas só vejo entrar doutores(as)para a camara. e espioes também lá não faltam. isto é uma vergonha.

Anônimo disse...

Deixem-me fazer umas perguntas.
Quem fez a dívida? Porque não a pagou em devido tempo? Quem começou com o braço de ferro entre a CMA e a empresa?
Tomaram os anteriores executivos iniciativas de acordo?
Este executivo porque não chegou a um acordo, sabendo que iria perder a causa?
Será que deixaram arrastar a situação para mais um ataque ao ex-presidente?
Há anos que se houve na cãmara falar deste assunto. Esclareçam, mas sem truques.

Funcionário que não se identifica.

Anônimo disse...

AGORA APARECERAM LOGO OS LAMBE BOTAS DO MUDA ARMADOS EM HEROIS. NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES VÃO SER A 3ª OU 4ª FORÇA POLITICA NO CONCELHO

Anônimo disse...

ÚLTIMA HORA - NOTÍCIA SOBRE POLITICA LOCAL

Transcrevemos na integra a noticia hoje divulgada pela Rádio Campanário

ALANDROAL – JOÃO NABAIS SEM APOIO DO PS
Escrito por Redação
Os vereadores eleitos pelo Partido Socialista, João Nabais e Zélia Santos, na Câmara Municipal de Alandroal, deixaram a partir de hoje, 28 de novembro, de representar esta força politica passando a exercer o respetivo mandato autárquico na qualidade de independentes.

Segundo fonte próxima da Rádio Campanário, a falta de confiança recíproca, levou a que os eleitos nas últimas autárquicas, passem a partir de hoje a exercer os seus mandatos de vereadores sem pelouros na autarquia alandroalense como independentes.

Recordamos que João Nabais, já esteve à frente dos destinos do Município de Alandroal pelo Partido Socialista dois mantados e que no passado mês de Setembro, em declarações à Rádio Campanário, demonstrou a intenção de voltar a ser candidato à autarquia, nas eleições autárquicas do próximo ano.

A Rádio Campanário, tentou contactar João Nabais e Bravo Nico, Presidente da Federação Distrital do PS, tendo sido impossível obter qualquer declaração.

------------------------------

Porque será que o PS tirou o apoio a João Nabais???...

Branco é, galinha o põe!

Anônimo disse...

Ò senhores do MUDA o PS não tirou apoio nenhum, o que está em causa são as regras do partido e mais nada.
O GRilo se penssasse em governar em vez de sonhar com o Nabais de noite e de dia talvez não precizasse de PAEIS nem emprestimos nenhuns.
Ele gasta mais dinheiro em campanha contra o Nabais do que com aquilo que devia gastar em prol das populações.
E o resto é conversa

Anônimo disse...

Vão falando,mas quem vai ser o próximo presidente da Camara do Alandroal é o ora vereador DANIEL PADILHA,anotem isto...

Anônimo disse...

É bom rapaz, mas só isso não chega,com todo o respeito, o gaiato tem lá pedalada para ser Presidente? nem para vereador.
Eu sou comunista, mas já chega de brincarem aos autarcas e aos politicos é só gente incompetente , que nunca governaram coisa nenhuma, e querem governar um concelho.
Espero que o meu partido seja digno do nome e da sua história e saiba destinguir o trigo do joio, o rapaz daqui a uns aninhos pode ser que vá lá. mas ainda tem que pedalar mais um pouco.
Se for ele o candidato, eu e muita gente com algum tato, não votamos,não é nada pessoal mas não estamos em altura de brincar aos Presidentes, já chega.

Anônimo disse...

"não estamos em altura de brincar aos Presidentes, já chega"

É assim mesmo isto é uma coisa séria e o que nos apresentam não tem um mínimo de seriedade tanto faz do Padilha como do Nabais e outros qua tais.

Anônimo disse...

Daquilo que ja li acerca da noticia sobre o Sr. João Nabais deixar de ser militante do Partido Socialista, pareceu-me a mim, que não foi o Partido que o expulsou, mas sim ele próprio que tomou a decisão de abandonar! Só me resta desejar-lhe sorte para que consiga voltar a ganhar as próximas eleições! Seja com apoio ou sem apoio do partido! Pois felizmente não serão só os votos do Partido Socialista que o voltarão a colocar na Autarquia!

Anônimo disse...

De tudo isto que li, tirei a seguinte conclusão: ó Maria traz-me a escada que eu não chego lá com o banco....

Anônimo disse...

Conjunto de doidos...

Anônimo disse...

Ficaram assim desde que se acabaram as passeatas à conta do Zé Povinho. E agora fugiu-lhes o tapete debaixo dos pés. Aguardemos o resultado das audiências que estão para breve....

Loading...