sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

ALANDROAL, ILUMINAÇÃO DE NATAL

Em tempo de crise, não se está para grandes gastos! Esta parece ter sido a máxima da Câmara de Alandroal, no que concerne à iluminação de Natal no centro da vila.

De facto, numa conjuntura destas, vale mais canalizar os recursos disponíveis, para necessidades mais prementes. Mas ainda assim a quadra foi assinalada com a iluminação do edifício sede do Município, o habitual presépio gigante e a tradicional Fogueira de Natal, onde se queimam vários cepos.

Frontaria do edifício da Câmara Municipal de Alandroal


Presépio gigante, instalado no Jardim das Meninas.


Infelizmente o presépio já foi vandalizado, foi roubado o "Menino Jesus" e um cordeiro, que estava a entrada da cabana. Como podem ver na foto em cima, o berço encontra-se vazio. Ele há pessoas para tudo!

Ontem foi a primeira noite em que a Fogueira de Natal foi ateada, estavam uma bela fogueira e apareceram logo alguns indígenas que trataram de fazer um churrasco e malhar mesmo ali umas garrafitas de tintol!

Houve então um, que mesmo já jantado de casa, não se negou a mais umas garfadas. Mas avisou logo, não digas nada à minha mulher! Se ela sonha que eu já depois de jantado ainda me vim meter no entrecosto, temos o caldo entornado! Eu pu-lo à vontade, e disse-lhe, ela da minha boca não vai saber nada...

27 comentários:

Carlos Damas disse...

Bonito, a lareira está fora de sério, parecem estrelas em miniatura?

Anônimo disse...

Os troncos arderam depressa... já não há lenha como antigamente ..:))))

Varandas disse...

Estive agora a ver a foto da lareira com mais atenção. Será impressão minha ou está ali uma cabeça de cordeiro a entrar para o lume? Será que o entrecosto não eram mais uma costeletas de cordeiro? Não sei! Mas como têm desaparecido para ai uns cordeiros, nunca se sabe...

Bom Natal, Rosinha.

Anônimo disse...

Se a lenha fosse de azinho velho, durava 3 dias e 3 noites

Bom Natal

Anônimo disse...

Ora, como só agora tive oportunidade de ver o comentário da postagem da lareira Natalícia, e fala em desaparecimento de cordeiros, desapareceu-me do rebanho um cordeiro que até hoje ainda não encontrei, se alguém o ver por ai contacte-me com n: 00005000...

Anônimo disse...

A lareira no inicio, é feita por piada, em se apagando mais ninguém se interessa por a reacender, isto é que vai uma crise de falta intrece e colaboração continua no Alandroal.

Anônimo disse...

Isto é que vai aqui uma falta de "intrece" no teu comentário....

Carlos Damas disse...

Lareira de Dão e Eva
Existe no Alandroal
Com lenha de Alqueva
Em passagem de Natal.
____________________
Ela está maltratada
Há anos sem ver sol
Está toda encharcada
Não vale um carcanhól.
____________________
Estive em roda da lareira
Senti que estava tremendo
Foi sempre fraca braseira
Brasas a foram mantendo.
____________________
Um pouco mal colocada
Os cabos pode derreter
Um pouco mais desviada
Para cima sem mal fazer.
_____________________

Carlos Damas disse...

Dão comida e bebida
Se a lareira visitar
Nem bebida nem comida
Não à nada pa tragar.
_____________________
Era grande ilusão
Comer sem trabalhar
Não façam confusão
Não há nada que manjar.
_____________________
Foi no primeiro dia
Ao pé do santo novo
Ensinar como se fazia
Dando alegrias ao povo.
____________________
O amigo que anda à pesca
Não sabe qual pescar
Corre o suor na testa
Deixa os peixes a nadar.
_____________________

Carlos Damas disse...

Onde estão os poetas
Parece que tem medo
Ver poesia sem metas
É só guardar segredo.

Carlos Damas disse...

A melhor lareira
foi no primeiro dia
Seria feita à maneira
Ou teria sido magia.
____________________
Talvez questão de sorte
E não faltou a alegria
Podia ser do vento norte
Ou seria do primeiro dia.
____________________

Anônimo disse...

Esta fogueira foi uma vergonha para quem visitou o Alandroal nestes dias. Será que não havia boa lenha neste concelho. Não houve ninguém que não criticasse o facto de a fogueira estar apagada

Carlos Damas disse...

Isto foi uma miséria
Terá de voltar acontecer
Parecia uma cratéria
Passei frio podem crer.
_____________________
Quando ouvi a gemer
Debaixo das sapatas
Estavam-se a esconder
Uma ninhada de baratas.
____________________

Carlos Damas disse...

As sapatas da lareira
Ficaram em alto preço
Baratas faziam fogueira
Adorar o menino no Berço.
________________________
O barato até sai caro
Só serve a desenrascar
Arranjam o amparo
Lenha para se queimar.

Anônimo disse...

Para mim, o pior do que se passou em 2011, (e vai continuar a ser assim), é haver quem pense que os outros é que têm de fazer as coisas. Conheço muitos lugares com esta tradição e quem alimenta a fogueira são os munícipes e que satisfeitos ficam por fazer e proporcionar essa confraternização!! M Subtil

Anônimo disse...

Deixem ficar ali as raises de oliveira que com a quantidade de terra que têm em sima ainda vão rebentar novas árvores

Anônimo disse...

por acaso passei pela praça e estava um grupo de municipes a TENTAR acender a lareira. chama não se conseguiu mas fumo muito.
lá se vai no alandroal acabar com o ditado "onde há fumo há fogo".
ou será simplesmente que falta "chama" ao alandroal? ainda bem que o rosinha conseguiu uma bela imagem da "chama" alandroalense mas parece-me que foi "sol de pouca dura". esperemos que o 2012 traga mais "chama" e menos fumo.

a todos um bom ano de 2012

Anônimo disse...

As raízes tem terra em "CIMA".

Em "sima"????????????????????

ANALFABETISMO NO SÉCULO XXI ??????

Vai ser bonito vai

Carlos Damas disse...

Mais chama e menos fumo
Diz o anónimo desiludido
Dou razão e assumo
Alandroal estás perdido.

Anônimo disse...

Espero que nunca mais ninguém queime o concelho como um ex-presidente incendiário resolveu fazer. Que esse tipo de chama envolta em fumaça nunca mais deite labareda para os lados do alandroal, assim espero!

Anônimo disse...

Pois é.....o outro era incendiário e este deitou tanta água na fogueira que a lenha ficou podre..........eheheheheheh

Anônimo disse...

Ê CÁ GOSTO D'AGUADÊROS E LENHA PODRE, DEUS ME LIVRE D'INCENDIÁRIOS.......

Anônimo disse...

Amigo Rozinha ainda hoje passei por Vila Viçosa e dá gosto ver aquela fogueira a arder, não é muito grande, mas nota-se que arde bem e foi feita com lenha aconselhável.

Anônimo disse...

Livrai-nos Senhor dos incendiários!

Anônimo disse...

E dos aguadeiros!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

E como é que apagavas o fogo???

Anônimo disse...

Roubaste-me a deixa..."e quem é que apaga o incendio?"
O blogue do rosinha começou 2012 muito brandinho...

Loading...