terça-feira, 26 de novembro de 2013

Presidente do Município de Alandroal em entrevista à TVI24

A Presidente da Câmara Municipal de Alandroal, Mariana Chilra e o Presidente da Câmara Municipal da Nazaré Warter Chicharro estiveram anteontem na TVI24, mais concretamente no programa Portugal Português a falar sobre as dividas do poder local. 

Veja a entrevista através do seguinte link: Portugal Português


7 comentários:

Anônimo disse...

Caro Varandas tenho alguma dificuldade em entender o porquê de as pessoas estarem admiradas com estas dividas e a falência da câmara. Há muita coisa que é do domínio público e que todo a gente sabe, vou só referir alguns exemplos, quer dos mandatos do senhor Nabais, quer do senhor Grilo.
Do primeiro, quem não sabe das dezenas e dezenas de viagens que fez por esse mundo fora sem qualquer beneficio para o concelho, quem não viu na TV as dezenas e dezenas de corridas de toiros a que foi assistir no campo pequeno tudo à "pala" do município. Quem não soube dos milhares de euros que "deu" aos seu amigo Jaleca por meia dúzia de máquinas velhas para este se pirar para o Brasil, uma vez que estava cheio de dividas para com as finanças e segurança social.

Do Grilo quem não sabe da avença (2500 € por mês) que fez com um amigalhaço só para andar a desligar contadores, quando os funcionários da autarquia que ganham 500 € o podiam fazer. Quem não sabe dos 8000 € que "deu" a um amigalhaço para limar as arestas dos lancis, quando a câmara o podia fazer por umas centenas de euros.

Isto são só alguns exemplos, dos que são públicos, que levaram a câmara à actual situação. Foram muitos e muitos exemplos destes, praticados pelos 2 últimos presidentes que levaram a autarquia à falência.

(Publique se entender)

Anônimo disse...


DA SITUAÇÃO DO CONCELHO
O Sr. Dr. João Grilo fez uma verdadeira caça ao homem apregoando aos sete ventos que a decadência financeira da Câmara Municipal de Alandroal se devia a um único fator: a gestão danosa e desastrosa do seu antecessor João Nabais. Foram 4 anos de mandato MUDA a tentar justificar a divida camarária mas sem nunca ter sido capaz de dar aos munícipes a hipótese de saber verdadeiramente as contas da Câmara. Creio até que nem a Assembleia Municipal, órgão regulador, o soube. Falaram-se em milhões. Primeiro uns milhões depois outros milhões e ainda mais milhões. Prometia o Sr. Dr. João Grilo a MUDANÇA. MUDA (r) o concelho para outros níveis, para outra realidade. Aliás, ainda em pré campanha eleitoral, antes de ser afastado da corrida escrevia no blog oficial do seu movimento vários postes onde apresentava essa mudança: O que mudou com o MUDA assim se dominava. Em jeito de balanço lá foi dizendo o que foi fazendo de diferente numa procura no passado de um futuro alternativo.
Ora chegamos à conclusão que afinal NADA MUDOU COM O MUDA. Aliás várias vezes foi dito na blogosfera que a realidade era bem diferente da que existia nos bonitos planfetos da propaganda cmarária, que nada efetivamente tinha mudado a não ser a forma diferente do lider do MUDA se afirmar como pessoa e como gestor.
A diferença pretendida, a marca da diferença, só existia na forma e no estilo.
Por isso não é surpresa o aumento da divida. Quem estava atento e não ébrio pelas bonitas palavras do Sr. Dr. João Grilo, previa este descalabro. Foram 4 anos de continuidade de uma gestão camarária danosa e desastrosa. Sem surpresas. João Nabais e João Grilo transformaram o concelho de Alandroal numa gigantesca feira onde eles foram o centro das atenções e o epicentro da calamidade.
A única surpresa resultante de tudo isto foi que o eleitorado se reviu nesta forma de gestão porque ambos, João Nabais e João Grilo, receberam apoio e confiança do eleitorado alandroalense. A CDU tem na sua vitória o voto pessoal do Sr. ex presidente João Grilo e de todos os seus fiéis seguidores e o Sr. João Nabais é hoje vereador sem pelouro, da Câmara Municipal de Alandroal, sendo a segunda força mais votada, com o seu movimento independente (DITA).
As razões para tal são – me desconhecidas. E a democracia tem destas coisas por isso temos de aceitar. Temos de aceitar a vontade do voto. O que eu gostava, como munícipe era saber a verdadeira realidade e deixar de entrar no diz que disse, de ver nesta nova gestão:
que a assembleia municipal soubesse EXATAMENTE o valor da divida, a quem se deve, o que se deve e a forma possível e estudada (bem estudada) de como se pode pagar, quanto tempo demora a pagar e a projeção do futuro do Concelho de Alandroal, para uma possível consolidação orçamental, isto é, se, apesar de tudo o Concelho do Alandroal tem viabilidade financeira e económica para continuar a ser CONCELHO, no contexto atual.
Estamos todos dispostos a lutar por isso, por um Concelho que reflita a dignidade das suas gentes. Por um Concelho que deixe de ser conotado na TV nacional como o Concelho que se lamenta mas que seja exemplo da forma como resolve os seus problemas. Temos é de saber, a real dimensão das suas feridas e curá-las. De vez.

Alandroal 28 de novembro de 2013

Anônimo disse...

Excelente comentário. Acredite caro comentador que os fieis seguidores dos dois ex-presidentes à medida que se forem apercebendo de todas as falcatruas que eles cometeram ao longo dos seus mandatos, vão-se afastar deles como o azeite se separa da água.

Manuel Sucia disse...

meu caro e amigo nao percebo o porque de alguns comentadores deste seu blogue ao fazerem certos comentarios nao se identifiquem para que quem estiver a ler como eu saber quem e a pessoa que faz certos comentarios.
Manuel Sucia

Varandas disse...

Ao meu caro Manuel Súcia,

Tu tens toda a razão, mas o que é que se pode fazer? Alguns comentadores optam pela solução do anonimato e desde que não ofendam ninguém, não há problema.

Como podes ver até entraram aqui alguns comentários bastante válidos, possivelmente se que postou esses comentários tivesse que se identificar, não o postaria e ter-se-iam perdidos alguns bons contributos para esclarecer os alandroalenses.

Abraços ai para Arraiolos, Rosinha.

Anônimo disse...

mais um mandato do mesmo: divida ,se calhar era novidade para esta gestão.
para que se candidataram ,para falar outra vez de divida em mais quatro anos ,trabalhem e deixem da treta da divida ,puxa a morte tem sempre um desculpa,mais quatro anos de atrazo

Anônimo disse...

Senhor Administratador
Em primeiro lugar vou começar por lhe pedir desculpa por meu comentário mais ainda por ser anonimo.
Ainda assim questione-me pelos poucos comentários publicados, por isso das duas uma ou senhor faz uma apertada escolha ou os muito e devem ser não devem ser publicados poe injuriosos. Nestes termos e volto a pedir-lhe desculpa por esta minha opinião, haveremos de elevar o nível dos mesmos para que este blog volte a ter o interesse do qual o senhor poderia orgolhar, pela minha parte e tendo em conta que o senhor tem sido deputado municipal, por isso merecedor de respeito, vou tentar, embora por enquanto sob anonimato,dar outra dimensão opinativa, informativa, séria, honesta, resitadora, convidadiva á discussão participativa e altruísta de todos os alandroalenses interessados no desenvolvimento da sua terra.

Loading...